Farta dos meus pais

Eu tenho 19 anos e sempre vivi a sombra da minha irmã verdadeira e os meus pais nunca esconderam que gostavam mais dela do que de mim porque ela mandava bem na escola estava sempre no quadro de honra tinha as melhores notas nas escola e até na faculdade.
A partir dos meus 12 anos eu comecei a fazer coisas para chamar atenção deles e aos 17 anos eu reparei que não valia apena continuar a fazer isso porque me estava a prejudicar.
Aos 18 anos o meu pai ficou mais presente na minha vida mas a minha mãe começou a me tratar como uma empregada em casa e como uma desconhecida.
Agora aos 19 anos eu não consigo nem sair de casa para ir ter com amigos sem os meus pais gritarem comigo, eu estou em chamada com o meu namorado e eles discutem e quando contei que estava noiva decidiram que eu tinha de mudar de cidade.
Se eu já não tinha privacidade eu agora me sinto numa prisão mesmo porque nem no telemóvel eu posso estar sozinha.
Não sei mais o que fazem

Ler
Os meus pais estão a passar por uma situação financeira muito complicada

2 Comentários

  1. Suponho que tenhas avós. Sugiro conversar com eles. Se você e seu namorado trabalham quem sabe já cogitem a possibilidade de casarem e conversa com os pais deles para de repente darem acolhida a você nesse momento.

  2. Busca seu espaço, já t idade para ser independente, se essa guerra não vai ter fim, ao menos saindo de casa você terá uma trégua.
    Já me senti assim quando jovem, éramos em 3 e minha irmã mais velha era filha só da minha mãe, ela fazia de tudo por ela, tudo era dela, e eu e a mais nova não tínhamos nada. Meu pai nos defendia, porque via a indiferença que éramos tratadas, até mais eu.
    Essa minha irmã para desgosto de minha mãe casou com sem futuro, leva uma vida difícil, pois não seguiu os planos de minha mãe. Já eu casei com um bom homem, fiz faculdade, sou concursada, tenho casa própria, carro e moro em outra cidade, minha mãe só pode contar comigo.
    Há um ano meu pai faleceu e mesmo com as dificuldades, sou eu que vou lá ficar com ela, levo ao médico, enfim, a filha querida dela? Só se preocupa em beber cerveja aos finais de semana e parece que gosta mais da sogra do que dela! São as voltas que o mundo dá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar