COMPARTILHAR
problemas no casamento

Tenho 19 anos e já estou casada e tenho uma filha.
Não me sinto bem nesse casamento não consigo sentir nada pelo meu marido nem na hora de transar não sinto absolutamente nada só fico la parada como se fosse um robot, cumprindo seu papel, e eu fico frustrada com isso me sinto presa nesse casamento, já não amo o meu marido. Meus amigos podem sair ir para balada eu não já que meu marido não gosta de sair.
Eu penso seriamente em terminar com tudo, mas fico com medo de a minha decisão prejudicar minha filha, de ela ficar com raiva de mim, quando for mais velha, por não ter tido o pai por perto.
Não sei o que fazer…alguém pode me dar algum conselho?

46 COMENTÁRIOS

  1. Faz bem em esperar as garotas crescerem para, então, mais independente, poder ter mais liberdade e dispor de mais tempo para si mesma.
    Mas entendo o seu truma desde já, sofrendo esse verdadeiro assédio por parte do seu esposo, o de usar as garotas e ‘despejá-las’ nos locais onde você se encontra quando sai. Ele é manipulador ao extremo, e de certo modo violento emocionalmente, não vendo as consequencias de proceder desse modo subreptício para com você e para com as próprias filhas. Ele as usa como estorvo. Não as respeita, portanto.
    Falar com ele talvez pouco adiante, exceto se você estivesse disposta desde já ao ‘ou vai ou racha’. Então é por ora infelizmente ceder, a modo de não expor as garotas a tamanha violência psíquica.

  2. Flavia,
    Você mesma disse tudo. O seu marido não merece o que você está fazendo.
    Não há aqui julgamentos, mas repeti o que vai na sua mente porque escreveu isso.
    Se julga assim, é porque sabe que tem ao seu lado, um bom marido. Porque deixaria dele? Porque não é mais ‘apaixonada’ por ele?
    Creia, o casamento às vezes dá lugar ao amor e à amizade, coisas muito mais sólidas que a paixão, que pode ser passageira…
    A amizade e o amor do casamento pode ser coisas mais amenas, sem luzes piscando ou fagulhas no peito, etc., mas oferecem muito mais garantias emocionais, especialmente se há filhos ainda por criar.
    Reflita. O seu amante daria teto a você, como o seu esposo? Trabalharia para colocar pão à sua mesa? Amaria aos seus filhos, se os tem, como o pai ama? Ou a qualquer briguinha ele simplesmente bateria o pó das calças e a deixaria chorando em desespero e desamparada?…
    Porque não se afasta desse homem e procura um tempo para reflexão? E aproveitaria então isso para achegar-se ao seu esposo. Creio que encontraria nele o mesmo homem de sempre e que a ama generosamente, e que a escolheu há oito anos, deixando todas as demais mulheres de lado em favor de você.
    Vamos lá! Exerça o seu papel de esposa e de amante para o seu marido! Talvez ele esteja esperando isso de você, e precisando disso de você. Atenda-o. Ele se casou para ser amado por você, tem esse direirto. E você o mesmo, querida.
    Construa o seu casamento novamente. Vocês dois merecem isso.

  3. oi moças

    relação desgastada é muito ruim… independente de qualquer situação de filhos, casa, dependência financeira, etc, entendo que a toda mulher deve ser valorizada, não só como mãe, ou dona de casa, mas como MULHER, linda, vaidosa, carinhosa, que quer se sentir atraente, dançar, ser desejada, se vc não está se sentindo assim tem coisa errada, pois você é assim… e com certeza se a relação esfriou e ele não te vê deste jeito ele vê outras desta forma… mas por que? Será que vc não precisa melhorar a tua auto estima? será que vc esta deixando de fazer tuas coisas, nem que seja tomar um banho relaxante colocar uma roupa em que vc se sinta linda e sensual e se olhar no espelho? se vc não sentir isto ninguém mais vai sentir.

  4. Oi Flávia, não estou e julgando, mais quando você diz que teu marido é uma pessoa muito boa fico com inveja. Enquanto ele é bom o meu é um monstro, impotente há uns 12 anos, ignorante, ruim comigo e nossos filhos. Vivo sofrendo demais pois sou nova e muito cedo do casamento ele ficou impotente e eu nunca o trair, imagina você se eu pudesse dizer meu marido é uma boa pessoa?

  5. Miriam,
    Não é porque um homem fica impotente que ‘é’ má pessoa. O que ele ficou foi azedo por falta de sexo.
    Mas talvez isso possa ser mudado. Ele já visitou o médico?
    Se ele não fez isso, tente você visitar o seu ginecologista e pedir orientações de como pode conseguir que ele visite um médico (e qual) para tentar reverter esse quadro. Atualmente há muitos recursos, como próteses penianas e medicamentos.
    Porque não tenta ver o seu médico? Talvez não tenha nada a perder em ouvi-lo.

  6. Tenho 31 anos, sou casada a 15 anos, tenho 2 filhos adolescentes.Estou mt insatisfeita com meu marido, ele é um homem amargo, grosseiro, estupido,pessimista, ta sempre reclamndo de tudo e todos, só sabe falar mal de tudo que o cerca, nada pra ele é bom ou legal, me sinto sufocada e infeliz pq sou muito diferente disso, sou alegre, prefiro ver a vida e as pessaos com bons olhos, sempre olho tudo pelo lado positivo , mais ele ta acabando comigo. Eu detesnto ter que voltar pra casa depois de um dia de trabalho, e sexo então, tô preferindo cortar os pulsos, só faço por obrigação ou para evitar brigas, pois ele cobra como se fosse uma das minhas obrigações.Ele alegou ter um problema de saúde e está afastado do trabalho a meses e ñ pretende voltar a trabalhar tão cedo, fica em casa o dia todo sem fazer nada, nem a casa ele limpa.Tenho pensado muito na separação mais penso nos meus filhos que estão naquela idade critica, se bem a relação deles com o pai não é das melhores também, estou sem saber o que fazer, quem sabe alguém vendo de fora essa situação pode me dar uma luz.

  7. Bom Meu caso e assim estou casada com meu marido ja tem 5 anos e meio temos uma filha de 2 ano 9 meses … uns tempos pra ca temos brigado muito… cheguei a fala que ia embora , nois moramos em sitio levatamos 5 hora da manha para tira leite .eu nao aquento mais isso eu ganho so 340 reais ai quando individo demais ele reclama e para piora ele tem um filho de 5 anos .. com outra mulher ,que faz o maior inferno em nossa vida, na cama meu marido ate que e bom mais eu faço por obrigaçao nao sinto vontade de fazer sexo com ele .. ele goza rapidinho e nem importa comigo e fazer sexo oral ele morre de nojo em mim mais nele ele adora mais nao faço mais.. a uns meses pra ca eu conheci um primo dele , ai nois saimos juntos a gente ja se beijava direto escondido mais rolar tudo faz uns dois meses .. nao amo o primo dele gosto dele mais para satisfazer e ele faz tudo que uma mulher gosta.. entao quero larga do meu marido porque eu nao aquento mais essa vida no sitio so trabalha suja , unhas curtas , ganho pouco e nao vejo mais como meu marido e sim como amigo.. mais tenho medo por causa de nossa filha ela ama o pai e ele ja me falo que morreria sem ela acho que foi para me apavorar e nao larga dele .. mais uns dias pra ca eu vejo realmente que eu nao amo mais .. queria trabalhar terminar os estudos .. eu pesso a ele para passar um final de semana na minha mae ele ja fala que nao pra que quem e casada nao pode ficar indo na casa dos pais… mais eu acho que nao a problema. entao e isso amigos e ao caso que eu trai ele nao arrependo porque ele procuro tudo isso ate leva chifre .. e outra coisa eu mais o pais deles nao batemos bem eles odeia que minha filha fica na casa dos meu pais . eu nao deixo ela fica com os pais dele porque meu sogra ja (abusou)de sua propria afilhada . como confiar nesse avo dejeito nenhum. Entao pessoal que devo fazer. ha e se eu larga vou morar com meus pais na cidade vizinha voou ter minha mae para cuidar de minha filha quando trabalho ..acho que vai ser melhor do que eu continuar casada. bom e isso .. me ajudem pessoal.. obrigada.. por favor nao me juguem mal..

  8. sou casada a 9 anos e partir do momento que descobrir que o meu marido estava me traindo e nao foi so uma traiçao meu amor que era grande por ele acabou nao consigo mais ama-lo estava gravida quando teve um caso e praticamento tive uma gravidez sozinha passos dias muito tristes pois nao merecir sua traiçao hoje ele se diz arrempendido mas meu coraçao se fechou nosso filho ama demas o pai so tem 4 aninho nao quero me separa mas estou tao infeliz vivo com ele ainda pelo meu filho nao sei oque fazer da minha vida .

  9. sou casada a sete anos e nunca amei meu marido no comeco ate gostava dele mais agora nem isso queria um marido que cuidasse de mim ou pelomenos convercasse comigo mais ele nao e nada conpanheiro diz que me ama mais nao demonstra queria que ele fosse mais homem mais ele nao sabe resouver nada ele e uma pessoa boa mais como marido nao posso contar com ele pra nada temos um filho de quatro anos e nem um bom pai ele e ele diz que eu ezijo muito dele e que eu tenho que aceitar ele do jeito que ele e
    ele ate ja tentou mudar mais diz que nao consegue ele mesmo assume que e fraco ja nao o amo e agora nem mais desejo sinto por ele posso ate ta querendo demais mais se eu nao to feliz como fazer ele feliz? nao sei mais oque fazer por favor me ajudem!

  10. Eu passo por problemas assim,estou casada por 9 anos mas nao amo mais meu marido,meu marido sempre se comportou de forma estranha,desde de que casamos ele nao tem vontade de sexo,ficamos o ano inteiro sem sexo,estamos ja por anos,nao consigo mais nem ver o meu marido como homem,eu sofria muito com isso,tive depressao profunda,fui internada,mas nada resolveu,nao posso contar com ninguem,nao tenho familia,pai,mae,ninguem que possa me amparar,e vivo com esse homem que tem temperamento doce,educado,sensivel,me da muitos presentes,roupas,enfim,ele me da qualquer coisa menos sexo!iso nem pensar mesmo,ele deita e ja dorme,e posso garantir que nao tem outra mulher fora de casa,mas pela falta de sexo ate ja pensei que tem sim um outro homem!estou confusa,mas com muita certeza de que amor por ele nao sinto,nao consigo mais nem dialogar com ele,parto logo para agressao verbal,a forma pacata,um homem vivendo fora d realidde me irrita.Tive uns relacionamentos sexuais fora do casamento,depois de tanto sofrer eu precisava,eu nao suportava mais,embora nao procurava homens,eu so queria entender o meu marido quando esses relacionamentos aconteciam,era bom,ter sexo,me senti viva,mas sempre sofria muito pois nenhum desses relacionamentos me trouxeram um pingo de felicide fora da cama,e depois eu me sentia muito pior,muito mais vazia!quero ter a chance de ter a minha propria vid sem ele,nao consigo mais me iludir esperando que ele mude,nao gosto de nada nele,do beijo dele,coisa que por anos ele so me beija no rosto,de nada mesmo,me sinto mal perto dele agora,ficamos um tempo separados pois fui resolver algumas coisas na minha cidade,mas nos mantivemos sempre falando por telefone,enfim,ele dizia que estava ficando melhor para mim,e quando retorno ele nao consegue ter sexo comigo!tenta mas nao acontece,o que ocorre com esse homem?hoje o que me prende a ele infelismente fica na falta de como poder me sustentar sozinha,nao trabalho,fiquei em casa cuidando dele e de tudo,nao vi o tempo passar,quando sai agora,eu me sentia tao perdida,parecia que havia dormido por decads!as pessoas muito independentes!as mulheres,o padrao de vida das pessoas,a forma de vestir e de pensar,as mulheres da minha idade estavam jovens,e eu muito velha e marcada pelo tempo,por fora,por dentro,sem esta qualificada para o mercado,para um trabalho,enfim,eu simplesmente nao existia!ate hoje eu nao acredito que vivi tantos anos fora do mundo,aceitando que o que o meu marido me dava era suficiente,que sexo era algo que acabava com o passar do tempo entre um casal,enquanto isso meu corpo reagia gritando NAO!mas eu nada podia fazer,e fui vivendo.Me falta um trabalho,pois coragem eu tenho hoje para sair desse relacionamento tao sujo,eu fiquei anos levando vida de esposa,cuidndo,me sacrificando para viver ao lado dele,e ele sempre me anulando,nem dialogo ele tinha comigo,estava sempre cansado,o sol deixa ele stressado entao nao pode fazer sexo,a chuva tambem,se tem lua ele nao consegue,,o clima,o ar,tudo era pretexto para nao ter sexo comigo,eu fui sportando,queria mudar isso,mas nao julguem quem viveu como eu e nao tinha e tenho ninguem para me amparar no inicio de uma nova vida que preciso ter,ninguem,uma amiga,um parente,sou filha unica,e nao tenho mais ninguem na familia,nao tenho amigos,vivi para cuidr da casa .dele e matei a mim mesma com essas atitudes que nao levam ninguem a nada,so para o fim,assim estou me sentindo,no fim,pois saida alguma eu tenho.

    • QUERIDA, O QUE ESTA FALTANDO EM VÇ NA REALIDADE E CORAGEM, PARA SAIR DESSA SITUAÇÃO, NÃO SEI A SUA IDADE, MAS ISSO NÃO IMPORTA UMA COISA QUE VÇ DEVE PENSAR SEMPRE NA SUA VIDA ISSO VÇ NUNCA PODE ESQUECER, QUE NASCEMOS PARA SER FELIZES, INDEPENDENTE DE QUALQUER OBSTACULO, TUDO DEVE SER SUPERADO NA BUSCA DA FELICIDADE. SOBRE A SUA VIDA SEXUAL VÇ DEVE SE REENCONTRA SUA VIDA SEXUAL SUAS FANTASIAS ISSO É QUE MOVE A VIDA, A VIDA SEM SEXO EU PENSO QUE NÃO É UMA VIDA COMPLETA. AS VEZES PASSO POR ISSO QUE VÇ ESTA PASSANDO MAS NUM GRAU MENOS, MAS CONSIGO SAIR PELAS TANGENTES QUE A PROPRIA VIDA NOS DÁ. SE PRESCISAR DE ALGUM CONSELHO OU DESABAFO PODE ENTRAR NO MEU HOTMAIL.

  11. Você deve estar vivendo uma situação bastante desagradável, pois talvez você desejase um maerido mais atuante. Deve refletir em duas coisas. Caso ele se sinta muito cobrado ou criticado aberta ou veladamente por você, ele fica inseguro e aí sim é que as coisas pioram. Se esse for o caso, pode tentar relaxa um pouquinho e tentar observar se ele se desenvolve um pouquinho mais. Tente em paralelo convidá-lo (e orientando devagar) para ajudá-la nalgumas coisinhas na cozinha, como por exemplo preparar algum tempero simples e colocar no prato que você está preparando. Então, enquanto você arruma a cozinha, peça a ele para que prepare um banho para vocês: peça que dele pegue toalhas, sabonete, etc., e que vá preparado tudo no banheiro. Elogie, mesmo que não esteja tudo direitinho, apenas para incentivar.
    Depois desse banho, você como mulher, já sabe o resto…
    Vá criando ocasiões assim pelo menos três vezes por semana.
    Pode levar algum tempo, mas talvez a auto-confiança dele se estabeleça aos poucos. Vale tentar. Vocês têm uma criança pequena para criar.
    Boa sorte!

  12. zildilene,
    Por que não exercer o Perdão, querida? O seu esposo não fez isso pensando em feri-la. Homens separam sexo de afeto. Nem sempre quando fazem sexo fora da união eles têm algum apego à outra.
    Foi apenas sexo. Nada mais. É você a eleite dele, em detrimento de todas as outras com quem poderia ter se casado.
    Ele a ama. Deixe no Passado o que é do passado. Feche essa porta, areje tudo à sua volta, perdoe-se por não ter conseguido perdoa-lo antes e apenas viva o seu casamento. Vocês dois têm direito à felicidade, querida. E o seu filhinho tem direito a um lar onde reine o amor ao invés do ressentimento.
    Pense sobre isso. Pense com carinho. Perceba que ele é o mesmo homem por quem se apaixonou e com quem se casou. Ele ainda é o mesmo e espera ser feliz com você.
    Boa sorte!

  13. dri,
    Se não ama o seu marido, deve primeiramente obter condições de manter-se independentemete do sustento que ele fornece. E após isso, talvez pensar em separação. Se falou com os seus pais e eles a acolhem por um tempo até que possa ajeitar a sua vida, então talvez possa separar-se. Caso contrário, não. Pois sofreria privações e não se sabe como isso terminaria.
    Sugiro que você não veja mais o primo dele. Isso pode acabar muito mal, muito mal. E é melhor evitar problemas sérios, pois além disso esse caso que você mantém fora do casamento não resolve em nada a sua vida: não a faz amar o seu marido, não põe o pão na sua mesa, não cria a sua filha, não dá teto a você e nem emprego. Mas pode dar bastante dor-de-cabeça!…
    Planeje as coisas da maneira certa e haverá chances de melhorar a sua vida. Pense em tudo com cuidado antes de tomar qualquer atitude e não faça nada por impulso.
    Boa sorte!

  14. Thuana,
    Casamento algum pode ir adiante sem sexo. E se desde que se casou o seu marido foi assim, talvez já devesse estar separada dele.
    Nunca é fácil uma separação, mas vocês estão casados e não mortos. Por isso cada um tem direito à felicidade conforme aprecia. Ele com pouco sexo talvez, e você na medida em que precisa.
    Sei que se acha superada para exercer uma atividade que a sustente. Mas talvez inicialmente possa contar com a ajuda de algum parente, mesmo que distante talvez, ou de uma afilhada, uma prima querida, ou filhos se já estiverem estabelecidos.
    Ou pode tentar preparar-se com cursos, etc., sem ajuda de outras pessoas, contando apenas consigo mesma. Sei que com a sua força-de-vontade você pode, mesmo ainda casada e sob esse teto, fazer algum(s) curso(s) on-line e mediante isso arranjar uma colocação no mercado de trabalho depois. Você não tem nada a perder se iniciar algo assim, querida.
    Toda semente plantada frutifica. Plante a sua semente agora. Comece a pesquisar a internet sobre cursos à distancia, etc.
    Leve o tempo que levar, ao menos você teria planos e um dia poderia ter a sua vida de volta e usufrui-la, querida. Você merece isso. Se dê esse presente.
    Você pode! Você consegue!

  15. Olá eu sou casada há dezenove anos tenho quatro filhos a mais velha dezoito anos e o mais novo oito mês gostaria muito que me desse alguma orientação meu casamento foi alvo de traição de ambas as partes já pedi para ele me dar o divórcio mas nada ele acha que casamento é até q a morte os separe penso em ir embora pra casa da minha mãe e levar só meu filho pequeno e deixar os outros tenho casa própria e dei meu sangue pra construir mais não sou materialista prefiro a minha felicidade já que quando morrer não levarei nada, resumindo eu não amo meu esposo ele me traiu vários vezes com mulheres de programas eu tive vários amantes todos muitos mais jovem que ele não gosto q ele me beija tenh nojo porque ele confirmou que transou sem preservativos com as prostitutas eu sempre me cuidei mas enfim eu tenho vontade de estudar fazer cursos ele é contra quer que eu viva das esmola q ele me dar já trabalhei e posso voltar a trabalhar não aguento ficar dependendo dele para nada odeio ele por não me apoiar sendo que eu sempre apoie ele agora quer que ele aprodeça no inferno pois me casei com ele achando que ele me amava e. Com quatro mês de casada me confesso que ainda gostava da ex dele por isso que não a perdou nunca mesmo assim tive quatros filhos lindos duas mulheres e dois homens mais basta não aguento mais ficar ao lado dele me ajudem

    • Nossa eu estou passando pela mesma coisa, e tambem nao sei oq fazer.. Meu relacionamento virou puro comodismo da Minh parte.. e talvez da dele também, Não sei.. mais fico pensando muito na minha filha.. e não sei oq fazer, se devo tentar mais uma vez fazer dar certo.. ou se Largo mão e vou viver a minha vida..

    • A melhor coisa que vc faz é tentar ser feliz sozinha com seu filho mais novo , e se os outros quiser morar com vc , fica a criterio deles , pois n dê mais um passo p trás , e sim esqueça q vc foi casada c ele , pq qdo tem traiçao , n se tem respeito , nem amor . Inclusive só dê brecha p um outro relacionamento se vc realmente amar e ser amada e se for uma pessoa boa p seus filhos. Faça isso urgente , se vc n depende dele , caia fora logo pq a vida é curta. Bjs que Deus te ilumine e te guie tenha fé nele que vc vai conseguir.

  16. Rosalina vc aguentou 19 anos tem 4 filhos,é dificil muito dificil criar um filho separada eu passei por isso.Fui traida quando meu filho tinha 2 meses e na época tinha apenas 19 anos.Vivi anos sendo mãe solteira.Casei com outra pessoa tenho outro filho mas infelizmente não sou muito feliz por causa do meu primeiro filho ele cresceu sem pai e vejo como ele queria ter os pais juntos,ele tem 10 anos.Esse pensamento sempre me vem a mente e me entristece “Sofreria mas pelo menos meu filho teria a vida mais normal ao lado dos pais”Quando a gente se separa as pessoas olham nosso filho com outro olhar,olhar de pena desprezo,me corta o coração.Como isso afeta a vida de um filho!!!

    • Não acho que filhos de pessoas divorciadas são vistos de forma negativa. Toda separação tem que ocorre de forma madura, claro que sempre terá um lado que vai sofrer mais (digo entre a mulher e o homem) quanto aos filhos, vejo o diálogo como uma resposta para a situação. Viver em um lar onde não é harmonioso isso sim é prejudicial ao desenvolvimento das crianças, dependendo o que a criança vivencia pode transformar em trauma. Vale lembrar que quando um casamento acaba o que foi descontinuado foi a relação de marido e mulher a ligação entre pais e filhos isso será eterno, desde que os pais tenho interesse em participar da vida dessas crianças.
      Toda mudança é difícil as vezes o preconceito somos nos que criamos, acho a terapia uma ótima alternativa e só para esclarecer sou mulher, tenho duas filhas e quando me divorciei a menor tinha 4 anos.

  17. Já lhes adianto que sou homem. Mas sobre o assunto. Não amo mais meu marido, não sinto mais nada por ele. Já lhe adianto que de todos os sentimentos que se salva entre um homem e uma mulher e o respeito e o amor um pelo outro com Deus em suas vidas. Não sou nenhum exemplo. Já passamos por muitas crises no casamento. Mas lhes digo que se tudo chegou a este ponto alguém teve sua parcela de culpa. Nos homens casamos para ser feliz e ao mesmo tempo fazer sua companheira feliz. Somos movidos pelo sexo infelizmente. Mas a mulher sabendo disso tem que nos saciar e ao mesmo tempo se saciar também. Nos homens gostamos de experimentar com a esposa entre quatro paredes tudo o que envolve o sexo. E como se diz. Casamento sem sexo não se completa. Nunca um homem que ama uma mulher de verdade e se sente REALIZADO com ela irá procurar outra mulher. Vocês podem achar que sim. Mas eu digo que não. Um homem quando ama respeita à vontade da mulher. No meu caso me masturbo várias vezes ao dia quando ela não quer. Mas quando quer, quando acendo aquela brasa que ela tem. Segura que o bicho vai pegar. Bom resumindo tenho 30 anos de casado, dois filhos maravilhosos, um enfermeiro é uma faz medicina. E agora Deus me deu uma nora maravilhosa e uma neta chamada Isadora. Tenho 50 anos e minha esposa 48. Tenho planos de envelhecer junto dela e lhes digo que de todos os sentimentos o que nos resta é o amor.

    • Vai se fu.der! Não sou casada, mas não sou insensível. Você nem sabe porque motivo ela casou e tá falando isso…quando somos jovens somos muito imaturos, agimos de forma inconsequente e por impulso. Duvido se fosse com vc, vc daria essa mer.da de conselho.

  18. Se você não está feliz se separe! Você não ama mais ele e quer curtir a vida, então termine. Converse com ele da melhor forma para que quando vocês se separarem ele continue tendo contato com a filha de vocês, só não irão morar na mesma casa. Sou casada e tenho 19 anos e também tenho um filho , e se eu tivesse nessa situação faria isso. Não justifica você ser infeliz por causa da sua filha, dê amor e carinho pra ela que ela será de boas!!

  19. Meninas,

    Eu também já passei por isso. Sei que é muito difícil. No meu caso eu procurei uma psicóloga para me ajudar a sair daquela situação. Fiz terapia durante um ano e meio, amadureci muito e consegui me divorciar. É um processo de mudança muito grande, e que muda não só a sua vida, mas a do seus filhos e ex-marido. O ideal é que vocês consigam fazer isso da maneira mais madura possível, para não haver arrependimentos posteriores. A traição é muito dolorosa principalmente para o traído, não julgo ninguém, mas evite a traição porque ela não resolverá seu problema em definitivo.

  20. Eu vivo uma situação bem parecida, sou casada há 20 anos, tenho três filhos, tenho um bom emprego, porem estou infeliz no meu casamento, vivo por gratidão e pelos filhos, mas não me sinto mais uma mulher viva. E no meu caso um agravante as vezes saio com um home casado que estou apaixonada, mas ele é outro que só me procura quando quer sexo, estou me sentindo um lixo, tomo antidepressivos tenho crise de panico e insonia, por não ter coragem de mudar, sinto medo. As vezes penso em acabar com minha vida pra ter problemas com ninguém. Você ainda é jovem não deixe chegar nessas situação.

  21. Pudo perceber que praticamente todas tem o mesmo problema e não tem a mesma atitude.
    Isso acontece muitas vezes pelo foto do marido faltar muito em casa, ou por atitudes que decepciona a esposa.
    Em muios desses casos coloca outro/outra na relação que de repente normaliza.
    Mas acima de tudo tem que ter consciência e responsabilidade.

  22. Olá, eu fiquei em uma união estável com meu ex durante 14 anos e a quase dois anos cuido dele é bipolar e precisa de alguém junto que lhe dê os medicamentos, pois ele por si só não toma, eu me sinto só mesmo com ele dentro de casa, não sinto nada por ele a não ser pena é um ser desprezo, pois ele me traia e me agredia tanto fisicamente como verbal então acabou com tudo que eu sentia por ele o que faço já que ninguém quer cuidar dele na separação dividimos os bens e hj ele vive comigo de favor, ele pois tudo fora e eu o recebi de volta mas como amigo vivemos na mesma casa!

  23. Olá amigos…..Estou casada a sete anos no começo éramos muito felizes mais hoje as coisas mudaram, n tenho filho, já tem cinco meses q n temos relação, n sinto vontade nem de beijar, gosto de estar com ele pela companhia mais fora isso nada mais me da prazer, ele n me elogia n se preocupa comigo, vivemos vidas praticamente de solteiro, eu preciso ser amada preciso ser feliz poia n estou, ja conversamos e ele disse q iria mudar mais n mudou e nunca mudará, conversei com minha mãe e ela disse q sou nova n posso ficar me estressando e sofrendo por alguém q n me da valor, e q a vida passa rápido, n sei o q faço, n quero passar mais anos infelizes, quero ser feliz….me ajudem por favor.

  24. Tenho 28 anos e meu marido 37. Ele foi meu primeiro namorado. Nós dois trabalhamos. Casei com ele sem refletir, segui a correnteza. Ele começou a frequentar uma religião fanaticamente e só queria fazer sexo depois do casamento, como eu estava sentindo “amor de pic*, onde bate fica” casei p fazer sexo. Naquele momento, esqueci os meus planos, meus sonhos… Queria conhecer o mundo, conhecer pessoas, ser livre. Tinha horror à privação, pq tive um pai muito dominador. Não queria isso de um homem. Meu marido não é igual meu pai, mas querendo ou não, me privei, pq não fiz nada do q sonhei para mim. Ele saiu, viajou com amigos, bebeu, experimentou várias mulheres e qdo cansou resolveu casar; eu não tive isso, mas queria. Planejei minha vida p ser exatamente igual a dele, mas queimei uma grande etapa. Pular etapas faz falta depois. Qqr menina de 20 anos viveu mais do que eu. Formei-me, passei em um concurso e sufoquei meus sonhos. Ele me trata bem, não se vê sem mim, me faz companhia, mas meu coração não consegue gostar dele, só tento ser recíproca, mas meu coração não gosta, parece q tenho dó dele sofrer. Enquanto isso minha juventude dos 20 anos passei toda com ele. Fico pensando “apesar de não ser motivo”, se não amar uma pessoa já não é motivo suficiente para se separar? Desperdiçar sua vida toda sem amar uma pessoa, só pq vc não tem problemas com ela?

  25. Por isso digo que CASAMENTO é para os fortes, casamento é RENÚNCIA, casamento é algo pensado, vc em um casamento tem que abrir mão de muitas coisas… Se vc tem uma filha PRINCIPALMENTE, coloque na balança o que realmente é mais importante, a família que construiu ou uma balada com suas amigas, pergunte-se se quando elas se casarem e tiverem filhos elas vão sentir saudade das baladinhas com você, casamento você coloca na balança antes de ter filhos.

  26. Eu e meu marido somos evangelicos, tenho 18 anos estamos 5 anos e pouko juntos, mais 8 meses de casados de vdd, na igreja e cartorio mas de um tempo para ca nao sinto nada por ele…na vdd ele so me beija me procura quando ele quer sexo, mas eu ja to irritada com isso, nao estou trabalhando mas sempre trabalhei so que agora ta dificil de arrumar emprego, terminei o ensino medio ano passaso tudo certinho mas agora so fiko em casa que nem um et, tinha 55 kilos hj em dia tenho 78 estou me sentindo horrivel comecei a caminhar fiz academia entrei em depressão nao sei o que fazer para emagrecer me sinto triste e enfeliz!!!

DEIXE UMA RESPOSTA