Problemas Amorosos

Estou sofrendo por um amor virtual

Sei que é muita “asneira” ter um amor virtual com alguém pela net.
Conheci ele em 2008, ele mora em SC e eu na BA. No começo a gente era só na amizade, ele era um amigo maravilhoso. Porém com o tempo fui-me apaixonando por ele e ele por mim. Daí passados uns 3 meses de puro “love”, ele começou a não ter mais vontade de falar comigo, porque tinha aparecido uma garota que estava afim de namorar com ele, lá na cidade dele. Ele decidiu ficar com ela, sofri muito quando soube dessa outra, MAS SINCERAMENTE: se ele me amava, porque ele não acreditou na nossa história? porque ele achou que não iria dar certo? Por mim eu iria morar na cidade dele se fosse preciso.
Infelizmente ele ainda vive em meus pensamentos.
Por fim ele parou de falar comigo e agora namora com essa “dita cuja” e ainda por cima sempre que pode ela faz questão de passar na minha cara que conseguiu ser namorada dele.
O ruim é que nós nem chegamos a nos conhecer pessoalmente. Tantos planos, tanto amor que ele “dizia” sentir por mim, UM VOCABULÁRIO DE MENTIRAS, não durou mais do que 3 meses. Já sofri muito por amor e essa foi a 1° vez que me apaixonei por alguém pela internet e tive um amor virtual. O que sobrou foi um enorme vazio em mim, chorei por quase 2 meses. Ele não se importou com os meus sentimentos. Preferia não ter conhecido ele.
E de agora em diante não vou mais me envolver com alguém a ponto de sofrer como eu sofri. CANSEI.

Etiquetas

10 Comentários

  1. Sabe, o meu caso é um pouco parecido. Eu conheci ele virtualmente e ele ainda ama a ex namorada virtual, nunca chegamos a namorar.
    Eu conheço ele faz 1 ano, já tentei conversar com ele e acabar de vez com isso, mais ele não aceita que eu exclua ele. Choro todo dia, não aguento mais acho que vou acabar fazendo alguma besteira :/

  2. Natalia,

    Um momentinho. “Ele” não aceita que você o exclua?… “Ele”?… E com que poderes, hã?
    Ora, amiga, o teclado está nas suas mãos e o cara não tem poder algum sobre isso, exceto aqueles que você mesma de bom-grado dá a ele.

  3. Pare de sofrer por alguém que você sequer viu cara a cara jamais. O que você teve dele foram apenas imagens, minha amiga.
    Pense nisso. Se alguém exibe a imagem de uma maçã, os menos avisados dizem logo: Ah!, “é” uma maçã!
    Mas isso não é verdade. A “imagem” da maçã “não é” a maçã.
    Uma imagem é somente uma imagem, e não o objeto em si.

  4. Sua história é idêntica à minha. No meu caso, conheci um rapaz da Marinha, ele estava em missão na Antartica. Mesmo sendo apenas virtual, nunca vivi algo tão intenso quanto esses dias teclando com ele, nem mesmo os namoros que tive foram assim. Logo que ele voltou ao Brasil, parecia que nem era a mesma pessoa.
    Mudou “da água para o vinho”. Aquele rapaz doce, carinhoso, tornou-se frio e grosseiro comigo. Eu, boba, não perdi as esperanças dele voltar a ser o que era quando estava na Antartica, mas esse dia nunca aconteceu.
    Ele tornou-se uma pessoa fria, chata, mal humorada, eu simplesmente fui perdendo as “estribeiras” e por fim não ficou nem amizade.
    Já se passaram dois anos, eu continuo sofrendo como se fosse ontem, e não sei se vou voltar a amar novamente. Fico lembrando dele no “Continente gelado” e digo a mim mesma: “ele deve ter se perdido lá”.

  5. te entendo tambem estou passando a mesma coisa eu amo muito aquela mulher larguei minha vida de lado p viver um possivel noseu no mt ela em brotas parei c festas bebedeira ate de sair de casa eu parei eu vivo somente pra esse amor que tenho nela

  6. que eu fiz de mau na minha vida pra estar sofrendo tanto poxa larguei minha vida pra viver um nos mesmo que virtual eu me dedico muito a ela nem beber mais eu n bebo festas acabou p mim so ha ela de mulher na minha vida mas ta tao dificio

  7. Esse negócio de amor virtual é um inferno. Você fica desesperadamente louca por alguém que nem conhece. E o pior é que sofre muito, passo por esse momento, fiquei viúva a dois meses. Comecei então uma amizade com um português, mais velho que eu, o problema é que eu sei que ele não presta.Fica mim pedindo foto nua, se mim amasse como diz, me protegeria e não ficava querendo foto minha. Do jeito que estão as coisas, esse falso pode colocar minhas fotos na net e ai eu me ferro.

    1. Estou na mesma desde o começo de agosto,viajei,fiquei 20 dias fora do estado e tudo falando com ele,ele tem 56 e eu 41,ja deixei passagem comprada e tudo pra ir ver ele e conhecer,tudo esse fiim de semana dia primeiro. .mas ontem ele terminou tudo,disse que não ta reparado emfim,eu axo que ele ficou chateado por eu começar a cobrar presença, carinho essas coisas sei la.
      Ele pediu pra mim não ir mais e falou que reembolsará a passagem,eu falei muitas coisas com ele,chamei de traidir,covarde emfim…isso tudo ontem a noite..hj pela manha ele me deu um bom dia…eu resp..com um oi..dai ele falou que la estava friou e que iria fazer café. ..responde..aqui também. .Então amigos-as..me ajudem a decidir algo…estou querendo ir mesmo sem ele querer ir pegar de surpresa. .conhecer ele pessoalmente. .eu sei o endereço tudo. ..o que vcs acham?

  8. eu fiz isso com uma menina eu fiz ela sofrer a poucos dias mais irei levar a culpa por toda minha vida eu queria voltar com ela mais eu entrei em outro namoro virtual ai nao tem como eu voltar para ela mais eu nao queria ter feito isso eu ainda a amo…

  9. Eu conheci meu amigo de um jeito não muito comum, foi meio que na sacanagem virtual (risos).

    No início ele era um pouco safado (e muito fofo), soltava várias cantadas que me deixavam super red, conversávamos o tempo todo, ele parecia estar interessado em mim, depois de algum tempo comecei a gostar dele, então veio o ciúme, ele falava sobre às amigas, no fundo eu ficava p* da vida, mas não podia falar nada (nem posso), veio aquela vontade de cuidar/proteger, ficar nos braços dele para sempre, mesmo sabendo que ele estava do outro lado do país. Me arrependo de não ter demonstrado interesse no início da amizade, hoje vejo que ele não está muito aí para mim. Às vezes nem nos falamos, ele demora a me responder, inventa algo para deixar o celular desligado, carregando, ou simplesmente diz que vai sair para algum lugar.

    Depois de me apegar a ele, não me sinto à mesma pessoa, falta um pedaço em mim :'(

    Passo minhas madrugadas olhando para o nada, com um vazio enorme dentro de mim, não consigo chorar, fica um sufoco que só desaparece ao adormecer.

    Espero que consiga superar isso logo;

    Talvez seja uma má ideia puxar assunto com estranhos na internet. Eles são adoráveis demais para ser real :(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar