Estou apaixonada por um colega de trabalho mas ele tem receio por eu ser casada

Tenho um relacionamento com uma pessoa há 14 anos e temos uma filha juntos, mas de um ano para cá um cara que trabalha comigo tem me chamado muita atenção.
Ele é educado, calmo, respeitoso, a gente se dá bem, temos uma boa amizade, rimos muito e desabafando um com o outro e isso tem feito com que me aproximei cada vez mais dele.
Sei que ele sente algo por mim (pois sempre da indiretas e vejo pelo jeito que me olha) mas acredito que ele sente um receio por causa do nosso trabalho e por eu ser casada.
Ele não sai da minha cabeça e sempre que tento me distanciar parece que ele percebe e tenta se aproximar mais.
Tenho certeza que se não fosse casada e se não tivéssemos a posição que temos no trabalho teríamos um relacionamento e esse pensamento me tortura.

Etiquetas
apaixonada por colega de trabalho colega de trabalho
0 0 votar
Avaliar Desabafo
16 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
marcelo
2 years ago

A verdade da historia é que seu casamento acabou. Voce quer o cara. Ser casada não é um problema para vc. O problema é que o outro não tomou a iniciativa de te levar para a cama pois se assim fosse acho que você iria sem remorso. Entao tenha um pouco de dignidade e termine o seu casamento antes e depois va viver sua aventura com o outro. ok. boa noite

Safado_Office
2 years ago

Transo logo com o colega e trabalho, sei que issp é uma coisa ruim, uma traição no casamento, mais quem não trai é traido.
Vivo a situação do seu crush, terminei meu relacionamento e estou apaixonado pela minha colega de trabalho, só que ela é casada e tem filho. Da para perceber que ela não ama o marido, ela me olha com desejo e manda indiretas. Temo apenas o fato de fofocas e de ela ser casada, mais confesso que a vontade de comer ela esta me matando demais por dentro. Ela arruma desculpas para vir até a minha sala porque sabe que eu fico notando ela, o corpo e o jeito dela é muito sexy. Sinto que estamos a um passo de fazer esta loucura, mas temo tomar a iniciativa.

Boa sorte

manuela
2 years ago

Um receio por você ser casada, amiga? Um ‘receio’?. Vamos ser honestos aqui, se o cara for um pouquinho, um pouquinho só inteligente na vida, ele sabe que você é roubada total. Porque nós sabemos muitissimo bem, e ele como homem que é, como pode reagir um marido traido. Você tem certeza de que se relacionariam se não fosse colega de trabalho dele e casada. Muito simples! Separe-se e largue o emprego. A tortura de pensar nisso vai se esvair assim que se entregar a essa paixonite alvissareira! O futuro? Ah, para quê pensar nisso, não é mesmo? O importante é não estar mais torturada pelo desejo de se entregar a essa fantasia maravilhosa de desejo que se instaurou na sua mente (que mente) feito um fungo, com todo respeito, ridiculo.
Filha, agora é sério. Separe-se, seja mulher na sua vida e assuma essa paixonite. O seu marido, aliás, merece uma esposa fiel inclusive no coração.

manuela
2 years ago

Pois é, Romario. O que mais tem são essas donas uivando na direção da lua por paixonites pelos amiguinhos, pelos coleguinhas de trabalho ou de faculdade, por pessoas próximas da familia, por um determinado ex lá de 1934.
No ‘meu país’ isso era curado com uma certa dose de vergonha-na-cara. Mas faz tempo, isso foi lá pelo seculo XIII, e dizem que essas coisas estão ultrapassadas e que as pessoas devem ‘ser livres’ para curtirem para dedéu porque, dizem também isso, ‘a vida é uma só’.
Eu acho que devem estar colocando algum virus estranho na água potável, sabe?. Só pode ser isso ou o danone de perinha da infância que era muito disponivel na geladeira de casa e esse povo ficou mimado demais.

Aí vem outro e me diz que o diabo é quem desmancha casamentos e lares. Mentira da grossa. Ele nem precisa mais ter esse trabalho! Os próprios ‘cristãos’ se encarregam.

manuela
2 years ago

Concordo em parte, ‘Eu’. Penso eu que os homens tendem mais a seguir a toada das mulheres no que diga respeito a relacionamentos e a sexo. Portanto, se os homens enfim acabam ‘vendo’ o comportamento feminino se deteriorando, eles mesmos devem pensar ‘dane-se, é só mais uma vadia’ e pronto, lá vem a artilharia pesada por parte deles.

Moacir
2 years ago

Quem seria o cara que investiria tempo com alguém que não tem o menor respeito, nem pelo marido com quem dorme de conchinha e nem tão pouco pelo filho? Para que? Para você fazer o mesmo com ele?
Como seria bom sua família saber disso! Seu filho sabendo que faz o pai dele de otario, sem dignidade nenhuma.

Alma
2 years ago

Verdade! Parece que quanto mais cachorra for a mulher mais eles correm atrás! Agora as mulheres de verdade não tem valor nenhum para eles. A grande maioria é assim.

manuela
2 years ago

Alma, você está de algum modo algo equivocada. Eu acho. Se uma mulher se dá ao respeito, via de regra o homem a respeita, ainda que seja se afastando dela porque tem ele intenções diversas disso.

manuela
2 years ago

‘Eu’, me perdoe, mas toda generalização é burra. Só acho. E eu mesma me incluo nas exceções, porque costumo ser muito respeitada e benquista pelos homens. Eles entendem perfeitamente que não sou de ‘passa-passa’ e os mal-intencionados se afastam, sem entretanto guardarem rancor algum. Respeito, ‘Eu’, é ‘de dentro’ que brota e fica visivel ‘fora’. E os homens enxergam isso muitíssimo bem, pode acreditar. Respeito não é ‘direito’, mas ‘conquista’.

manuela
2 years ago

Moacir, você está absolutamente correto. Eu também não investiria nada numa pessoa indigna de confiança, a saber, que mentisse, que mantivesse ‘casinhos’ ou ilusões disso e que assim atraiçoasse desde já, em pensamento, a um parceiro afetivo. Veja que ‘as intenções’ também contam muito nisso, porque a I. senhora aqui já atraiçoa mediante coração dubio. Ela confessa atração pelo colega, a saber, ela ‘olhou’ na direção dele, se esquecendo de que antes tinha feito votos ao esposo um dia. Não é questão de ‘moralidade’, mas é uma questão de Moral, sim, sejamos honestos e designemos os bois com nomes. Pessoas que se tornam indignas de confiança realmente via de regra esqueceram ‘a moral’ há uns cinco kms lá atrás e continuam no trajeto então já ‘babando saliva’ pelo muito ‘desejar’. E dessas mantenhamos distância por ser muito mais salutar. Eu acho.

Romario
2 years ago

Gabi, você é uma feminazi!
Tuas dicas e comentários, não tem valor!
Tua linha de pensamento é deturpada dos valores morais. Você deveria se tratar!
Aqui, de maneira geral tem homens e mulheres de bem, tentando se ajudar com bons princípios e experiências

Romario
2 years ago

Sou imparcial. Não defendo clube da luluzinha ou do bolinha. Prezo pelo bons costumes e pela moral apenas, não só aqui no site e nas sessões de qualquer gênero e fora da internet. Estou cansado de ver deturpação/sacanagem/corrupção sendo colocados no lugar correto.

Moacir
2 years ago

Feminista Gabi? Já leu Simone de Beauvoir? Aposto que não! É uma feminista de ataque. Feminismo não é sinônimo de sacanagem! Qualquer tipo de traição é reprovável! Quer fazer travessuras, fale com o companheiro (a) e deixe que ele escolha se aceita ou não! Ninguém “do bem” trai ninguém, amigo, esposa, irmão, amigo. Traição nunca é do bem.

rodrigo
2 years ago

“O que me estranha e me indigna é ver a galera, mulheres inclusive, apedrejando uma mulher que trai seu marido E NÃO FAZER O MESMO COM OS HOMENS, passar a mao na cabeça desses cretinos, defender que se eles são assim é porque tem mulher que “nao se dá ao respeito” “.
Sua FEMINISTA de bosta! “Homem e Mulher” que trai, eu tenho é NOJO. Traição nunca trás nada de bom a ninguém, pelo contrario. só brigas, mortes, desunião, desconfiança,bagunça, mentiras, sofrimento, transtorno, infelicidade, falta de AMOR PRÓPRIO, ILUSÃO.

manuela
2 years ago

Gabi, com todo respeito, mas não me considero otária, sabia? Eu acho, só acho, que otária é essa gente estupida, radical, deselegante e ‘solitária’ que levanta ‘bandeiras’ distorcidas de Conceitos. E se não se importa, eu gostaria de solicitar formalmente aqui que não mais se dirigisse a mim com grosserias, porque até onde me recorde eu, não fui dessa deselegância com você. Mas se fui, por favor ‘cole’ aqui e me explicarei quanto a algum mal-entendido da sua parte nas minhas postagens.
Por fim, não acho que não seja pedir muito para que se cale a meu respeito, sobretudo porque não solicitei a sua opinião sobre o que quer que seja quanto a mim e nem aqui desabafei solicitando opiniões gerais.
Muito grata pela sua atenção e pela cortesia de não mais dirigir-se com indelicadezas a meu respeito doravante.

manuela
2 years ago

Sra Gabi, os meus comentários não estão sujeitos ao seu crivo, felizmente para mim e para muitos, se me permite frisar, assim como os dos demais frequentadores. Ninguém aqui, aliás, se submeteria às suas ‘determinações’, suspeito eu. Aqui somos homens e mulheres independentes e senhores de si, sra Gabi, caso não tenha notado. Assim sendo, as suas palavras não passarão de agora em diante de ‘chuva no molhado’ em especial no que me diga respeito e, quero crer, assim extensivamente para muitos mais frequentadores. Então acho que isso a faz entender que não estamos aqui para ‘brincar’, muito menos com pessoas que despejam opiniões pessoais sem terem sido convocadas, embora estejamos habituados a lidar com essas interferências não solicitadas. E por fim, se de fato quer continuar sendo como se mostra ser, que seja. Vá exibindo a sua têmpera e sendo talvez excluida aos poucos,ou quem sai falseando e mudando de nicks para deixar ‘o passado’ para trás e continuar a frequentar os locais. É o jeito que os rejeitados às vezes encontram. Então com isso já deve ter entendido que não adiantaria me chamar de ‘amiguinha’ – até porque não tenho ‘amiguinhas’ conforme já deve ter inferido. Sou bastante seletiva, se me permite confidenciar, assim como os demais bons frequentadores desse site e de outros semelhantes. Por derradeiro – isso prometo, desejo uma ótima noite!

Botão Voltar ao topo