Enteado vive atrapalhando a vida do casal

Meu marido cometeu um erro e acabou engravidando uma doida (quando era bem jovem e não éramos nem namorados), daí ela largou o menino com a mãe do meu marido e nunca deu muita bola, esse menino vê o pai ( meu marido) quase todo dia, eles saem tem bastante tempo de qualidade, meu marido faz tudo que ele quer, a minha sogra também, e eu e meu filho com meu marido ficamos aqui a escanteio, e ainda quando da final de semana sou obrigada a receber a criança indesejada só porque ele mesmo planejou de ir brincar no amigo que mora aqui perto. É uma situação chata, o fim de semana que ele passa não podemos conversar porque ele espalha conversa fiada e não podemos ter intimidade nenhuma, ele tem oito anos e já consegue manipular todo mundo com as chantagens emocionais dele, ele tem vários aspectos narcisistas. Não me vejam como bruxa, sou só uma madrasta cansada de servir filho dos outros para depois eles saírem falando mal e endeusando uma “mãe” que mal vê ele.

10 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Observador
1 month ago

Se ele teve filho com a “doida” e contigo, ao que parece você acertou em termos a forma que se dirigiu a ela, que pode ter sido primeiro amor “reciproco” deles e apesar das circunstâncias ele ainda é “bem maluquinho” por ela! Nem precisava ela ter engravidado dele: Não é seu enteado o “X da questão” mas quando é primeiro amor ou amor verdadeiro Não há nem um novo amor que “apague a chama”!

Isa
1 month ago

Vc está sendo bruxa colega, no que o garoto atrapalha? Só porque ele passa tempo com o pai (que é um direito dele) o garoto tem oito anos e você consegue ser mais infantil que ele, quando se casou com seu marido sabia que ele tinha filhos e agora quer ficar enchendo o saco? infelizmente tem lixo de gente que nem vc, que Deus cubra e proteja essa criança.

Sincero d
1 month ago

Bom, quando você topou em casar com seu marido já sabendo das circunstâncias tinha que entender que isso era inevitável. O pacote vem junto e é difícil competir com uma criança. Acho que você tem tentar aceitar e interagir postivamente com situação ou simplesmente ignora-lá, senão sua vida só vai piorar.

Gws
1 month ago

É difícil entender toda a situação apenas com o seu relato, Mas o que posso te aconselhar para tentar amenizar a situação é a seguinte:
Você já se colocou no lugar desta criança? Como você se sentiria em um ambiente onde sua madastra evidentemente não gosta da sua presença? Os comportamentos que você pode julgar como narcisistas, podem ser apenas carência de atenção, por mais que o pai passa um tempo com ele talvez ele não se sinta verdadeiramente amado e querido, já que você mesmo afirma que é uma criança INDESEJADA, isso é muito pesado colega, eu acredito que o seu problema não seja com a criança e sim que você não aceita que seu esposo teve uma relação antes de você, então nesse caso para mim você deveria repensar suas atitudes, uma vez que ao casar com ele você sabia que ele tinha esse filho! O que você pensou? Que ele iria viver com você e esquecer o filho? Complicado! Se seu marido realmente não está te dando atenção necessária, talvez você deva conversar com ele, mas talvez isso tudo seja impressão sua mais relacionado com o ciúmes que você tem da criança. Obs: não culpe a criança por nada, ela não pediu para nascer.

ana julia
1 month ago

Como é triste ver uma mulher adulta gerar conflito nas relações familiares, simplesmente pela intransigência e egoísmo de não aceitar dividir as atenções do parceiro, desejando exclusividade. Vamos entender o seguinte, se você casou com um homem que tem filhos, a prioridade SEMPRE será da criança, portanto, você deveria ter analisado essa questão antes de morar com ele. Quanto a criança frequentar a casa do pai, é evidente que ela tem todo o direito e poderá fazê-lo quantas vezes desejar ou for necessário, pois ela é prioridade e não vc, uma vez que uma dependente e filho. O seu papel como Ser humano é o de acolhê-la com carinho e oferecer uma bom ambiente de convivência. Se a criança atrapalha a sua intimidade e toma o tempo do casal caso vc tivesse o seu próprio filho biológico, da mesma forma isso não iria ocorrer? Não se esqueça que as crianças crescem e quanto mais carinho receberem das pessoas que as cuidaram, haverá as melhores respostas. Vc quer que essa criança que você não tolera, no futuro seja alguém reativa contra vc. As pessoas colhem o que plantam. Não se esqueça disso.

Vizinha
1 month ago

Uma adulta que claramente está incomodada com a relação do pai e filho. Evolua. E não desconte suas frustrações na criança. Toma vergonha no meio dessa sua cara.

Mel
1 month ago

Você namorou seu marido antes de casar? Se sim, já sabia da relação com o filho e também do comportamento da criança, devia ter refletido. Você perdeu a oportunidade de casar com alguém que era livre e desimpedido como você. O menino deve ser carente devido a alienação parental da mãe, abra seu coração e cresça em vez de rivalizar com uma criança de 8 anos.

Michely
1 month ago

Eu te entendo mas infelizmente quando você se casou deveria estar ciente que esse filho uma hora outra iria querer conviver mais com esse pai, pelo que compreendi ele AINDA não mora com vocês mas vai se preparando, se ele está toda hora na casa de vocês está bem claro que uma hora ou outra ele vai pedir para morar com o pai daí não ver só o fim de semana, vai ser todo dia.

Naná
1 month ago

Se um dia você se separar, seu marido casar novamente, como você gostaria que tratassem seu filho? Você está sendo egoísta, não quer dividir seu marido e a atenção ao seu ver tem que ser para você e seu filho, me parece meio infantil de sua parte.

Ana Catarina
1 month ago

Todos comentando coisas esculhambando a madastra comos sempre a errada. ENTENDAM: A GENITORA DO MENINO NÃO O QUIS, a madrasta é obrigada a cuidar dele sempre e o pai da mais atenção a ele só que os outros filhos. É essa a queixa. Vocês que são péssimos seres. Humanos por não saberem diferenciar um relato.