Voltei com meu marido, mas não consigo deixar meu amante.

Meu marido me deixou por uma mulher bem mais nova. De início sofri muito, fiquei muito magoada e depressiva, mas tinha que tocar a vida e continuar criando meus dois filhos. Conheci então um homem, dono da imobiliária onde fui cuidar de trocar o apartamento onde morava por outro mais em conta e uns meses depois acabamos por nos envolver sexualmente, mas deixei claro que queria que este romance ficasse em segredo.
Depois de um ano mais ou menos meu marido me procurou querendo voltar dizendo que foi um erro muito grande o que ele fez e que estava muito arrependido. Eu o aceitei de volta mais por causa dos meus filhos que sentiam muito a falta do pai, mas não consegui deixar meu amante. Já tentei várias vezes, mas ele é muito insistente quanto a continuar comigo, nossas relações são muito prazerosas e satisfatórias. Ele me elogia muito, o que sinto falta no meu marido, além de demonstrar muito desejo para comigo, o que também sinto falta no meu marido.
Esta situação já dura uns seis meses e não sei o que fazer.

10 Comentários

  1. Fica com o teu amante não sejas parva caga no teu marido pois se ele te trocou uma vez ira fazer de novo se feliz e se o teu amante trata bem os teus filhos aproveita pai que e pai marca presença mesmo separado da mae

  2. Tem algum futuro com esse cara da imobiliária ou a sua relação com ele só envolve sexo e passar alguns momentos juntos, sem promessas e sem cobranças para algum up grade na relação? Sei lá, mas você precisa analisar que cada um deles te oferecer de bom para se definir, pois não dá para ficar com os dois né.

  3. Você foi muito generosa em permitir o corno de volta.
    Imagino que ele voltou por falta de opção, por não ter aonde se encostar.
    Mas, já que o corno está aí e você vai mantê-lo pelos seus filhos, na minha opinião você não deve abrir mão dos seus prazeres, haja-vista nem para te dar prazer ele presta.

    Infelizmente tem homem sem o mínimo “desconfiômetro”.

  4. concordo com a maioria, você consegue manter a relação com ambos, desde que seu amante aceite o papel de amante. Sexo é sexo, amor é amor, são duas coisas completamente diferentes, acredito que o prazer com o amante seja pelas horas que passam juntos, se isso se transformasse em dias creio que o prazer acabaria. Toca sua vida assim e limpe os grilos da sua cabeça.

  5. Você já passou um ano separada. Não devia ter voltado. Separe-se e seja livre. Seu casamento não dá mais certo.

  6. Nao deveria ter voltar para o marido, quem te garante que ele não continua te traindo? Eu não confiaria, larga do traste e fica com o amante se ele não for casado.

  7. Mal separou e já foi se envolvendo com outro que com certeza tambem é casado e tem você como uma segunda opção.
    Na verdade o que você está fazendo é totalmente errado,Você está em completo adultério e isso tem um preço.
    Fique somente com teu marido.

  8. Voce foi burra. Deveria ter assumido o amante. Filho não segura casamento. Ninguem se divorcia de filho. E quem tomou a iniciativa de abandonar o lar foi o desequilibrado do seu marido para o qual você voltou pois é insegura. Podia ter reconstruido sua historia com um amor e deixado seu “marido” se dar mal bem dado. Mas você agora esta no papel da traidora. Se ele te pega traindo você não tera argumentos pois fez o mesmo que ele fez contigo.

  9. No seu lugar eu continuava transando com outro sem peso na consciência. O que seu marido fez foi deslealdade grave, uma enorme sacanagem, enquanto que você transar com outro não é nada mais do que procurar o próprio prazer e satisfação, o que muitas vezes não tem nada a ver com casamento, o casamento muitas vezes não proporciona mesmo. Então vai fundo, dê a ele o merecido presente no meio da testa e use isso para se valorizar, ter mais auto-estima, pois homem só dá valor para mulher assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar