Voltei com meu ex-namorado, mas não consigo parar com a infidelidade

Depois que meu namorado e eu terminamos nosso namoro de mais de dois anos fiquei muito mal. Sou gorda, me acho feia e por isso tenho baixa autoestima e me sinto muito carente em todos os aspectos. Foi quando comecei então a frequentar a casa do meu vizinho, um homem jovem e solteiro. Eu ia lá para ver TV, já que ele tem TV a cabo, luxo que eu, meu irmão e minha irmã, órfãos que somos, não podemos ter. Por causa de minhas carências e solidão me envolvi sexualmente com ele. Sabia que não era uma relação séria, pois ele tem o costume de levar mulheres para casa. Era apenas uma distração gostosa e prazerosa. Poucos meses depois voltei com meu antigo namorado, pois descobrimos que nos amamos de verdade, porém não consigo deixar de ocasionalmente fazer sexo com meu vizinho, prática que se tornou um vício para mim. Sinto-me muito culpada por isso e sempre prometo a mim mesma que não vou voltar a fazer, mas sempre acabo fazendo. Tenho medo que meu namorado descubra que o traio. O que devo fazer para parar com isto? Alguém pode me ajudar? Alguém já passou por isto?

6 Comentários

  • Luísa 22 de julho de 2017

    Fica solteira e dá o quanto você quiser para o seu vizinho sem culpa, está aí a solução.

    Resposta
  • fulano 22 de julho de 2017

    concordo com a luisa, acho que você não ama seu namorado de verdade, não está disposta a nem um pouco de sacrifício, isso não é amor de verdade. melhor ficar solteira mesmo do que ficar enganando quem te ama, outra solução seria se mudar e deixar de ver seu vizinho.

    Resposta
  • chiva 22 de julho de 2017

    Em primeiro lugar, vc tem que resetar toda a carga negativa que vc projetou dentro de vc, acreditando que por ser obesa é órfã, sente-se descompensada com a vida, com baixa estima e por esse motivo a sua raiva te faz querer provar o tempo todo algo para vc mesma. A sua crença pessoal é baixissima, portanto ter dois homens na sua vida é uma forma de garantia que vc acredita que encontrou, para sempre ter um plano B, no caso de alguém desistir de vc por ser gorda. Sinto te informar, mas nem vc e nem uma modelo Internacional, com todas as medidas para desfilar em uma passarela, poderá ter garantias de que um relacionamento vai funcionar para sempre, portanto, o que vc tem que fazer é tentar trabalhar no seu íntimo a sua autonomia, saber praticar o desapego e viver cada momento da sua vida como se fosse único, sem fazer grandes planos afetivos, mas apenas curtindo o momento ao lado de uma pessoa que te faz sentir feliz. Quem tem dois homens não tem nenhum, pois um deles te usa como uma prostituta gratuita e o outro o de melhores intenções, o que está sendo traído, poderá com certeza a qualquer momento descobrir o seu lance com seu vizinho e sair fora da sua vida. E daí o que vai acontecer com vc? continuará sozinha, pois o vizinho de transa já deixou claro quais são os termos dele e jamais vai ficar com vc. Querida em primeiro lugar obesidade não é limitação para a felicidade, pois eu mesma fui uma modelo no passado e o meu casamento não deu certo e uma das minhas melhores amigas que é gordinha é a que está melhor casada. Pense nisso ok?

    Resposta
  • Mariluce 23 de julho de 2017

    Sei como são essas coisas. Também já vivi uma situação dessas. Você ama seu namorado, mas o vizinho está ali a qualquer hora, tarde da noite, de madrugada, quando o sono não vem e lhe falta um aconchego, uma companhia masculina. É tão fácil. Basta vestir o roupão por cima da camisola ou nem isso e bater na porta ao lado…

    Resposta
  • VF 27 de julho de 2017

    Acho que vc deve se abster do processo de culpa e aproveitar tudo que puder, se te faz bem de alguma forma use e aproveite.

    Resposta
  • Marcos 25 de junho de 2018

    Gorda e feia! Depois de um ano, tomara que tenha tomado um pé na bunda, que é o que você merece!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *