Vale a pena manter uma relação pelos filhos?

Gente me ajudem, vale a pena manter uma relação falida onde não há amor, ou seja, a pessoa não me ama, ama a vida boa que tem e a estabilidade financeira, não admite que alguém me ame de verdade, diz que as pessoas se aproximam por dinheiro, porque tenho uma condição financeira razoável, o meio disso existe uma criança de 05 anos de idade, que ama a ambos, o pai e a mãe. Penso sempre nela, em fazer seus gostos, em viver para ela. O que vocês acham? Vale a pena?

Ler
Queria me sentir amiga da minha mãe

11 Comentários

  1. Óbvio que não! Filhos crescem, vão embora. E a mãe ou pai fica a vida toda infeliz morando com alguém que não o valoriza por nada! Se eles gostam tanto assim do pai ou da mãe que frequentem a casa dos dois depois de separados.

  2. Eu nâo ficaria com ninguém que não amo e só quer se aproveitar de mim, e não gostaria que meus pais ficassem juntos por apenas conveniências, sou filha de pais separados, e sofri muito com ausência de ambos, mas eu acho que se você e sua mulher ou seu marido conciliar em dar atenção para sua criança, ela vai crescer ainda mais feliz do que vendo vocês dois juntos por conveniência, acredite crianças sabem o que e real e o que fake.

  3. E você não merece ser feliz porque tem um filho? Se separe e vá ser feliz e continue cuidando bem do seu filho.

  4. Você não vai deixá-lo de amá-lo porque não está com o pai dele. Ele vai crescer, e dentro disse, ele quer que você seja feliz e tenha o seu relacionamento como exemplo.
    Meus pais não se gostam, só tão juntos, e sempre brigara, eu sinceramente preferiria que eles tivessem se separado, do que viver assim. Desde de quando tinha 7 anos, tinha que separar a briga deles, e isso me trouxe muito traumas que carrego ainda hoje. Nunca consegui um namorado até hoje.

    Seja feliz e tenha uma relação saudável, e seu filho automaticamente será/terá.

  5. Logicamente que não vale a pena e na minha concepção, você está perdendo o seu tempo. Você quer viver um casamento de fachada, apenas para manter o seu marido no cumprimento da sua função de pai? Você quer se anular como mulher para oferecer a sua filha a intimidade do pai, ao lhe permitir dividir o mesmo teto com ela? Você se esquece que a garotinha um dia cresce, passa a ter a sua autonomia de vida e nesse momento você passará a entender que você não viveu a sua vida, mas sim a dos outros. Se o seu casamento está falido, com certeza ele já deve estar arrumando as suas namoradas ou ficantes, mas não se esqueça que você sempre correrá o risco dele se apaixonar por alguma das suas aventuras e sempre haverá o risco de te deixar. Uma mulher consegue perfeitamente viver sem um homem ao seu lado e crianças se adaptam muito melhor a uma separação do que na fase da adolescência, desde que vocês rompam mantendo um clima de respeito e poupando a sua filha de cenas de brigas e discussões.

  6. Não vale a pena. para um casamento o primordial é E sempre será o amor! apesar de sociedade fazer o contrário.

  7. Sim, pois a criança não tem culpa. Não problema dela que os pais não se amam mais, é problema dela se há ou não falta de amor para ela. Essa criança não pediu para nascer, vocês a tiveram, é de sua responsabilidade aguentar esse fardo até ela ter maturidade o suficiente para você terminar o casamento, antes disso quem será a vítima na história será ela

  8. A melhor solução seria a separação, porem analise bem a situação, pelo que eu entendi nas entre linhas seu marido não parece ser o tipo que ira aceitar bem a separação.

  9. Que Deus tenha piedade de sua alma, pois acho que, tanto HOMENS quanto MULHERES, que renunciam o projeto de Deus chamado família são dignos de queimar no mármore do inferno.. Seja madura e “macha” suficiente para resolver seus problemas, pois já estamos de saco cheio de ouvir esse discurso feminista de que mulher casada ou comprometida não é feliz.. larga o pai do seu filho e faz como todas as outras: dá para 100 caras diferentes e depois sai dizendo por aí que encontrou o amor próprio. Todos já conhecemos essa história, portanto, trate de por ordem nas vidas de vcs, crianças não podem para nascer.

  10. Isso não é vida para ninguém. Devias procurar a tua felicidade e não viver uma relação falhada.

  11. Acho que você não deve se separar até o seu filho atingir a maioridade. Você é casada e não está fazendo nada de errado então fique sim nesse seu casamento para que o seu filho não seja mais um adulto traumatizado pelo divórcio dos pais. Vocês país têm uma grande responsabilidade de criar juntos e unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar