Um dia acabámos num motel

Um amigo do meu marido que frequenta a nossa casa começou a me assediar bem sutil e discretamente com olhares e sorrisos. Mais tarde passou também a enviar mensagens inocentes no celular. A princípio ignorei, mas com a insistência dele passei a corresponder. Com o tempo permiti que se tornasse mais íntimo, até que um dia acabamos num motel. Foi maravilhoso, uma experiência deliciosa, sem igual. Casei bem nova há uns quinze anos e a ideia de experimentar algo passageiro com outro homem me atraía há algum tempo. Uns dias depois ele me convidou de novo e tivemos outra deliciosa experiência na cama, acho que até mais gostosa do que a primeira. Só que depois eu disse que tinha sido ótimo, mas que acabava ali porque eu sou casada e ele também e não valia pena continuar nos arriscando. Ele não gostou, mas aceitou. Dias depois ele me ligou dizendo que não conseguia me tirar da cabeça e que estava obcecado por mim e que tinha que continuar transando comigo pelo menos mais algumas vezes. Sugeriu mais três meses. Disse-lhe que ia pensar. Aí fiquei imaginando que três meses ia ser no máximo mais umas dez vezes (três vezes por mês), se eu recusar ele pode inventar de falar para meu marido, já que está obcecado por mim e tolhido, e aí vai ser um problemão. Será que vou estar me arriscando demais se eu aceitar a proposta?

Etiquetas
motel

6 Comentários

  1. Conte você primeiro para o seu marido. Obsessão é doença; e ele vai te prejudicar sim, porque na cabeça dele vocês tem algo especial e precisa disso para viver.
    Seja corajosa e honesta, conte para o seu marido a verdade. Com certeza, ele vai reagir mal, mas é melhor ele saber por você do que pelo outro. Se ele te perdoar,de verdade, não repita isso, ter se casado nova não é desculpa para trair, porque você não contou para ele que você tinha fantasias com outros homens? E se ele tem fantasias com outras mulheres? Será que ele não realizou alguma vez?

  2. Qual o motivo para você ainda estar casada? Está traindo seu companheiro e está atraída por outros homens, portanto não faz sentido continuar nessa farsa que é o seu casamento. Você quer se manter para que? Ter um provedor, enquanto você continua nas suas aventuras? Se não trabalha, vá se ocupar o seu tempo com algo de útil na vida, pois se um dia o seu casamento desmoronar, o que é bem provável que ocorra, você ao menos terá como se manter.

  3. O que você ainda faz casada? Pelo teu depoimento está na cara que tu gostou de transar com o outro e só terminou por estar casada. Porém queria sim continuar e está usando essa história de “medo que ele conte para o seu marido” como uma desculpa! E depois dos 3 meses? Você realmente acredita que irá parar? Ou virão outros 3 com a mesma desculpa? Ahhh, para!

  4. Gente pelo amor De Deus.
    Quem aqui nunca passou por isso ou quem nunca teve um relacionamento extra?
    Um monte de santo!
    Minha cara colega, pelo o que li e entendi também é sua vontade continuar saindo com esse rapaz.
    Eu vou te dizer minha opinião como Homem, quando ele disse que está obcecado por você ele quis dizer que foi uma transa top e ele não quer perder, afinal não é em qualquer esquina que encontramos alguém com tamanha química.
    Ele não vai contar nada para seu marido!
    Agora isso é certo que você está fazendo? NAO NAO É CERTO!
    MAS FAZER OQ? A VIDA É ASSIM, TEMOS DESEJOS AS VEZES INCONTROLÁVEL, A CARNE É FRACA.

  5. Nao importa qual seja sua decisao. Mas uma coisa te digo por experiência nunca conte nada para o seu marido.Alguns hipócritas te deram esse conselho.

  6. Gostei da ideia dos 3 meses. Esse é o tempo necessário para a mulher viciar no sexo do amante. Durante esse tempo o cara vai te comer com muito desejo, cada vez como se fosse a última e ele precisasse devorar todo o seu corpinho, vai te virar de ponta cabeça. Já se passaram 2 meses, daqui um mês ele vai pedir prorrogação e você já está gostando tanto que não vai conseguir negar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar