Um amor quase acabado

Tenho 21 anos e estou numa relação à quase 5.
O meu namorado sempre me amou e sempre me disse que seria a mulher da vida dele, coisa que na minha cabeça (apesar de imatura) suava sempre a treta porque ainda éramos muito novos como é que ele podia pensar nisso.
Entretanto habituei me a essas palavras e passei a acreditar.
Há cerca de 1 mês ele decide ter uma conversa comigo dizendo que não sente mais amor por mim, que não sabe o que se passa com ele mas que não me quer enganar e fazer me infeliz. Aliás o que ele refere é que precisa de sentir novamente um “clic” por mim, sentir que precisa de mim, sentir saudades minhas.
Mas também me apercebo pelo que ele diz que o problema também é o facto de namorarmos a tanto tempo e ele tem receio do que as pessoas vão dizer é que se acabar comigo ele vai ser culpado do meu sofrimento. Diz que quer ser meu amigo mas que não sabe se consegue ser meu namorado porque não me vai fazer feliz. Contudo não terminou comigo, apenas disse que precisava de tempo para pensar e para ver se consegue voltar a sentir amor por mim.
Eu sinto me um caco, não sei o que fazer, não sei com quem desabafar. eu amo-o e na minha mente tinha um futuro planeado ao lado dele, futuro este que caiu por terra e de um momento para o outro.

3 comentários em “Um amor quase acabado

  • Gleicy 8 de abril de 2019

    Se vc quer sair bem dessa situação aos olhos dele e vê se ele ainda te ama, some da vida dele, sim dá um gelo nele seja um pouco fria, não fique disponível pra ele, mesmo que por dentro sua vontade seja correr para os braços dele, minha cara se ainda esperança de voltar com ele não fique colada nele, dê o tempo que ele precisa, deixa ele sentir sua falta, deixe ele ter a sensação que te perdeu só assim ela vai te valorizar. Saia com amigas vai curtir a vida eu sei que dói é fácil pra alguém de fora falar, mas te falo isso por experiência .

    Resposta
  • Yudi 8 de abril de 2019

    Penso que ele está preparando o terreno para cair fora dessa relação, pois não é fácil fazer a outra pessoa se desapegar, sem lhe causar sofrimento, por conta do rompimento. Esse tempo que ele está pedindo, na realidade é a forma que encontrou, para se distanciar, sem haver discussões, cobranças, colocando as coisas no sentido da amizade, que na realidade é a forma como ele já te enxerga, uma vez que já não sente mais motivação com esse namoro. Infelizmente relacionamentos que se iniciam muito jovens, queimam etapas da vida, uma vez que vocês não tiveram outras experiências, além desse relacionamento. Existe tantas outras realizações e momentos da Juventude que deveriam ser bem aproveitados, qual o sentido de ficar vivendo rotinas, formalidades, planos futuros de casamento. Tem tantas coisas que vem antes disso, para que a pressa? Penso que se a pessoa quer casar devia fazer isso depois de está formado, encaminhado em um plano de carreira e quando você já está pronta para viver outras rotinas pesadas, pois quando vêm os filhos, por uns bons anos você passa a viver em função da rotina deles e quase sem tempo para você.

    Resposta
  • HITCH 9 de abril de 2019

    Sou um homem de 33 anos e essa questão de TEMPO NAO EXISTE! Se vao volta ou não tenha em mente que agora são solteiros e cada um faz o que bem entender… não fique em casa se lamentando, chorando, pois aumenta o foco pelos pensamentos ruins em cima do que esta acontecendo!
    Faça uma academia, procure suas amigas, saia com elas, e se por acaso ele voltar, tenha uma conversa seria sobre o que você quer da vida, pois amar por duas pessoas não existe, amor deve ser algo bom e não angustiante ou que te faz mal!

    bjao

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *