Problemas de Infidelidade

Traí a minha namorada, e agora?

Sinto-me péssimo. Tenho vivenciado nos últimos tempos uma incessante luta contra a minha consciência. Escorre-me dor nas veias. Passo a contar o sucedido. No seguimento do aparecimento de um quisto nas minhas costas, fui remetido, dia 5 de maio de 2 atrás 17, a uma intervenção cirúrgica. Fui aconselhado a deslocar-me diariamente ao hospital até dia 1 de junho, a fim de realizar a manutenção dos pontos, pois estava drenando muito sangue da ferida. Durante esse período, conheci todos os integrantes da equipe que executou a minha cirurgia, inclusive uma estagiária. Um pouco antes do dia 1 de junho, recebi uma solicitação no Facebook dessa mesma estagiária. Reconheci-a e decidi enviar um ‘’Boa noite, tudo bom?’’, e enfim, conversámos até por volta das atrás 5: atrás atrás Confesso que estava muito encantado com a moça. O tempo passou, chegando assim o dia 1 de junho, o dia que marcava a minha última ida ao hospital, e consequentemente a última vez que veria a estagiária. Continuámos conversando, até que surgiu a ideia de irmos ao cinema, o que foi um esforço de ambos, já que vivíamos a cerca de 6 atrás km um do outro. Continuámos nos encontrando, até que, no dia 1 de julho, decidi dar um passo em frente, e pedi a garota em namoro. Ela aceitou, e enfim, estamos namorando até hoje, quase completando os nossos quatro meses. Existe, no entanto, um grande problema. Muito antes de conhecer a minha atual namorada, eu já vinha conversando com uma outra moça, com a qual perdi a virgindade em agosto de 2 atrás 16. Essa moça é de outro país, e só vem cá uma vez por ano, para passar férias na casa do pai. Eu continuei, por burrice minha, conversando de vez em quando com ela. Combinámos de nos encontrar dia 3 de julho, exatamente dois dias após ter pedido a minha atual namorada em namoro. Levei-a para o escritório do meu avô e transámos. Transámos na mesma cama onde pedi a minha atual namorada em namoro. A transa para ela foi algo fantástico, para mim nem tanto. Passo a explicar porquê. Eu estava sem transar fazia um ano, e estava com muito medo de que, quando fosse ter a minha primeira relação com a minha atual namorada, causasse dor ou algo do gênero. Assim sendo, eu quis ‘’testar-me’’. A transa foi horrível. Durante o ato, não consegui não pensar na minha namorada. Senti nojo. Senti nojo dos gemidos, das manifestações de prazer, do suor derramado nos lençóis… senti o maior nojo daquela mulher, mas acima de tudo, senti nojo da minha pessoa. Estou me sentindo um verdadeiro filho da puta, e já lá vão quase quatro meses de namoro. Já conversei com alguns amigos. Ouvi frases como: ‘’Ah, moleque… vocês só estavam namorando faz três dias, só não pense nisso’’ e ‘’Não entendo o porquê de você se sentir desse jeito, já traí a minha esposa umas mil vezes e estou vivo’’. Não vou descrever a minha relação, mas garanto que estou completamente apaixonado pela minha namorada e vice-versa. Estava com receio de que pudesse ser dolorosa a nossa primeira relação, já que não transava fazia tempo… mas a verdade é que eu também estava com saudades da sensação gostosa do sexo. Eu poderia ter continuado a me encontrar com a garota com quem transei, poderia até ter transado novamente, mas não consegui. Bloqueei-a imediatamente em todas as redes sociais e passei a ignorá-la pessoalmente. A minha namorada tinha garantido que só teríamos a nossa primeira vez após um bom tempo de namoro, e eu estava com uma vontade louca. Não soube esperar, e vivo até hoje com um enorme peso na consciência, por mais que a tenha traído após apenas três dias de namoro. Não deixa de ser uma traição.

Etiquetas

3 Comentários

  1. Bom, pra mim, foi uma traição e ponto! Porém, vejo que vc ficou arrependido do ato. O que vc fez, já foi, N conseguimos mudar o passado, mas o presente e o futuro sim! Acabou que foi um aprendizado pra vc, e garanto que não vai se repetir! Agora ame sua namorada como nunca, o não brinque mais com isso, já pensou se ela descobre? Eu, N sei se perdoaria, pq brincar com o sentimentos dos outros é triste demais. Mas N estou aqui para te julgar, mas se pensar em repetir isso novamente, olhe para o lado e veja a pessoa que vc escolheu pra tua vida e se compensa arriscar o amor de vcs! Mais vale um pássaro na mão, do que dois voando! Sorte pra vc! E bola pra frente, o que passou, passou!

  2. Homem sentir dor durante o sexo?
    Invente uma desculpa melhor, porque essa ninguém vai acreditar.
    Fez sexo com a outra e a tratou com desprezo, que grande canalha!

  3. Geralmente eu costumo defender que a verdade deve ser dita acima de qualquer coisa!! Mas lendo o seu relato, lembrei que nada nessa vida é absoluto (exceto a morte). Vc parece carregar um certo fardo que o atormenta muito. Que vc traiu, não há dúvidas!! Sua postura daqui pra frente é que vai determinar o futuro da relação. Vc precisa refletir sobre seus sentimentos e o seu relacionamento em si. O que está disposto a fazer para “amenizar” isso? Se vc gosta verdadeiramente da sua namorada, sabe que levará um certo tempo para vc serem mais íntimos e mesmo assim aceita isso, ao meu ver não contaria a verdade pra ela. Seja um bom namorado pra ela, a trate como vc gostaria de ser tratado, a valorize, enfim….Agora se vc ver que esse namoro é “fogo” de palha, seja honesto e termine essa relação (enquanto ainda está no começo). Se no seu interior (e só vc pode saber) vc sente que quer essa pessoa ao seu lado, dê uma chance a si mesmo. Se perdoe!! E seja feliz (seja qual for a sua escolha)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar