Terminei meu casamento para viver um amor com minha ex-namorada

Meu desabafo fala sobre uma situação que jamais sonhei em viver. Aos 15 anos, tive uma namorada (meu 1º amor, podemos dizer) que ficou lá atrás, nos anos 80. Após um afastamento normal, por conta das mudanças que a vida faz a medida que amadurecemos, nossas vidas seguiram adiante:
Nos reencontramos algumas vezes – só que tanto eu quanto ela – em seus relacionamentos. E foi justamente por isso que não tentei nada, pois ela já tinha filhos, e eu jamais quis criar algum problema para ela nesse sentido.
Porém, ano passado, por conta do destino, fomos trabalhar muito próximos um ao outro – eu com 10 anos de casado, e ela quase 20. E aconteceu. acabamos ficando juntos!
E a coisa foi tão intensa (de ambas as partes) que planejamos deixar nossos parceiros para seguir juntos num relacionamento totalmente novo.
Eu fiz isso. Me separei (o que foi mais fácil por eu não ter filhos), mas ela não. Desde então, parei minha vida esperando que ela se separasse para ficarmos juntos.
Rompemos algumas vezes, pois conforme o tempo passava, eu a pressionava para que decidisse logo por mim. E nada acontecia.
Voltamos a alguns meses com tudo, com ela parecendo decidida, mas quando chega a hora “H”, ela volta atrás. Sempre. Mesmo eu sabendo que ela não ama o marido, sua desculpa é que simplesmente não consegue se separar – hora porque diz que tem pena dele, hora porque tem medo da mudança, mas a grande verdade é que a “zona de conforto” que ela vive faz com que não se decida.
A amo muito, quero mesmo ficar com ela, mas estou farto dessa espera. No nosso último rompimento, fiz questão de deixar claro a ela o seu papel nessa história toda: A esposa “traidora” que está com o marido (seu companheiro por tantos anos) apenas por ser cômodo.
Temos mais de 40 anos, não somos mais adolescentes, mas o nosso amor é. E é difícil para mim aceitar que alguém dessa idade seja tão egoísta a ponto de me “dispensar” ainda gostando de mim, apenas para permanecer com o marido que não ama mais.
Queria muito assumi-la, com filhos e tudo mais (parece que sou uma exceção à regra dos homens que se tornam amantes), mas vejo nela atitudes de uma pessoa cafajeste, canalha – coisa que eu mesmo fui no passado, mas que não aceito mais. Não acho justo que o marido dela seja corno por tanto tempo (quase 1 ano), da mesma forma que minha ex-esposa não merecia que eu fizesse o mesmo – razão porque fui embora logo em seguida ao nosso envolvimento.
Sofro por amor por causa de alguém que se acostumou a viver numa prisão sem muros, sem ligar para o fato de que a felicidade somos nós que fazemos.
Fica o desabafo.

5 Comentários

  • Joao Antonio 11 de fevereiro de 2019

    Na boa, essa mulher nao vale nada. Safada que traiu o marido e agora o amante – chega a ser comico se nao fosse tragico. O que da pra ver é que essa mulher só pensa nela, e com certeza, daqui a um tempo ja arruma outro amante e recomeça o processo. Deve ter tomado gosto pela coisa – e tome chifre no marido!

    Resposta
  • Rick 12 de fevereiro de 2019

    Discordo, o que você fez eu considero pior do que ela. Ela pelo menos mostra algum zelo e consideração pelo marido e filhos, mesmo traindo, coisa que você não teve. Ela está traindo e continua, pois se fosse forçada a se decidir optaria pelo marido. Portanto, ela é mais fiel e leal que você. Geralmente mulher não ama um só, ela se divide, diferente do que você fez.

    Resposta
  • July 13 de fevereiro de 2019

    Trair é errado, isso é um fato! Você diz que vocês planejaram separar pra ficar juntos, e pelo que entendi você cumpriu o que disse, mas ela não.
    Como falei, vocês estão errados, mas ela está mais errada, já que traiu a confiança dos dois.
    Você deve pensar bem se realmente uma mulher dessa vale a pena. Você confiaria em alguém que errou com o marido e errou com você?
    Duvido muito… Que Deus ilumine o caminho de vocês, e que quem foram os traídos estejam bem melhor no futuro, livres de vocês dois!

    Resposta
  • Silvia Pontes 14 de fevereiro de 2019

    A história é bem bonitinha, mas o caráter e a moral de vocês dois não. Acabar um casamento por amor, se envolver com amante, acha que vai ficar com amante e todo mundo vai ser feliz, parece um sonho meio impossível. Não sou ninguém pra julgar, mas uma coisa que aprendi que na vida nada acontece por acaso. Partindo do princípio que vocês são pessoas de bem, ninguém escolhe o que o coração escolheu por nós. Não é justo ficar no relacionamento quando as pessoas não se gostam, não é justo enganar todo mundo achando que a impunidade é eterna. Aqui se faz aqui se paga, como diria O poeta. Se vocês se amam, vamos em frente. Mas nem todo mundo tem coragem de largar tudo pra viver só de amor, como você fez. Não sei sua idade, mas a gente que acredita no amor hoje em dia é coisa muito rara de se ver. Vou torcer por você.

    Resposta
  • Paula 17 de fevereiro de 2019

    Me identifico com sua história. Fui casada por 12 anos, e depois de Tentar melhorar meu casamento, que estava terrível a cada dia, acabei me encontrando com o antigo namorado. Ele não era casado, mas estava noivo iria casar no ano seguinte. Eu tenho uma filha de 10 anos, e percebi que a única coisa que me prendia o casamento era ela. Um dia eu e o pai dela discutimos, e ele foi extremamente grosseiro com ela, que estava tentando me defender e Quase deu um tapa na menina. Nesse dia tomei uma atitude. Me separei, no mês seguinte já estava namorando com meu ex namorado. Estamos casados há quatro anos, temos um filho de dois estamos muito felizes. Tomara que a história de vocês termine como a minha, por que valeu a pena cada momento que vive, me arrependo de não ter encontrado com ele antes.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *