Tenho uma filha de 1 ano com meu esposo e meu casamento já está desmoronando

Sou casada há 2 anos possuo 19 anos e ele 30, tenho uma filha de 1 ano com meu esposo e meu casamento já está desmoronando.
Quando o conheci ele era uma pessoa brincalhona, extrovertida e muito atencioso, mas depois que tivemos nossa filha e fomos morar juntos ele simplesmente mudou e se tornou uma pessoa fria, dizia até que não me amava mais.
Nesse período ele foi embora e ficamos 1 mês separados.
Ele então decidiu que queria voltar e reatamos o nosso relacionamento, voltamos a morar juntos e nos casamos.
No começo ele prometia mundos e fundos e dizia ter mudado mas só vejo tudo encaminhando para como era antes, ele me desrespeita muito, nos momentos de raiva xinga palavrões, me manda ir aqueles lugares e já encostou a mão em mim.
Quando passo mal ele não liga muito, e hoje por exemplo até xingou vários palavrões quando eu disse que estava passando mal.
Eu não sei mais o que fazer pois ainda gosto dele e estou tentando manter minha família.

5 Comentários

  • Luz 15 de agosto de 2019

    Corre mulher! Com todas as suas forças. Some! Esse cara vai acabar com sua vida, ele não vai mudar e o final sobe sabe exatamente qual é… Se já te bateu, se xinga você quando você esta doente, o próximo passo é da fim na sua vida. Corre! Só isso! Corre!

    Resposta
    • Poly 15 de agosto de 2019

      Um cidadão nessa idade e com essas atitudes não muda não minha amiga, já prometeu e não mudou, só muda quem quer, e ele não quer. A gota d’água é ele te encostar mão, além das humilhações e não cuidar de vc. Vc tem uma vida inteira pela frente, tão jovem, e ele está roubando sua juventude. E ainda submetendo a filha de vcs, nem da pra chamar de homem, pq homem de verdade honra a família que construiu msm passando por dificuldades.
      Se tiver pra onde ir, vai embora amiga, manter a família desse jeito não compensa.

  • Marcelo 15 de agosto de 2019

    nesta situação, “manter a família” só vai trazer mais riscos e perigos para VC e também para o bebê. Seu bebê tem 1 ano. Aproveita que ele ainda não vai sentir muito a ausência do pai. E foge com todas suas forças para longe.

    Resposta
  • nayara 16 de agosto de 2019

    Esse casamento já acabou isso virou tortura. não aguente mais nada desse muleque. Saia antes que você tenha uma depressão, síndrome do pânico . Pense na sua saúde emocional.
    Casamento não funciona com uma unica pessoa tentando, tem que saber a hora de desistir. Sua filha vai ficar bem , você é totalmente capaz de criá-la sozinha.

    Resposta
  • ana julia 16 de agosto de 2019

    Nos tempos atuais, a grande maioria das mulheres da sua idade, estão focadas na sua formação, na carreira profissional, planejando-se para alcançar a sua autonomia financeira, justamente para poder gerar uma estrutura de independência, que poderá favorecer a tomada de outras decisões da sua vida, com mais segurança. Casamentos não tem apólice de seguro e nem data de validade, portanto, talvez o seu maior erro tenha sido a sua precipitação em ter se unido a um homem tão precocemente e logo ter engravidado, sem ter dado o tempo suficiente para saber se haveria ou não uma boa adaptação, compatibilidades, bom nível de diálogo, educação, respeito e se os interesses entre vocês se alinhavam, considerando a boa diferença de idade, dentre outros aspectos. Segundo o seu relato, vc entrou em uma barca furada, pois em tão pouco tempo vivem uma relação tóxica, agressiva, ofensiva e o pior vcs tem uma criança que como uma esponja absorve o clima desse ambiente hostil, que vcs convivem. Homens que partem para agressividade, mesmo que verbalizada, não mudam e na minha opinião com o tempo só pioram, especialmente se não fazem uma terapia, portanto, vc deveria repensar a sua vida, se não trabalha fora, já comece a procurar uma atividade profissional, pois já tem que começar a se preparar para uma separação, pois tudo indica que esse seu relacionamento não tem futuro.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *