Problemas de Adolescente

Sinto-me inútil

Nem sei por onde começar Tenho 16 anos e não me sinto feliz.
Eu gosto de um rapaz e ele sempre foi muito querido comigo, era o sonho de rapaz. Uma vez a gente beijou-se mas eu fiquei baralhada, não queria ser usada, não queria magoar-me nem tão pouco magoa-lo; mesmo assim ele foi super carinhoso comigo, sempre presente apesar de nos vermos apenas duas vezes por semana. Na semana a seguir voltou a tomar a iniciativa mas eu fiquei atrapalhada pelos mesmos motivos e ainda por medo que um colega de ambos nos visse. Mas a verdade é que eu gostava dele, ele dizia que eu e a melhor amiga éramos as meninas mais importantes na vida dele, ele protegia-me dos rapazes, ele pedia abraços em frente dos amigos, ele beijava-me a testa como sinal de respeito, ele fazia de tudo para estarmos juntos, ele dizia que me amava! Mas tudo mudou, a ultima vez que tivemos juntos eu sinto que fui de novo bruta com ele, estava sempre a apressa-lo e ele dizia « eu vou ficar contigo até ao ultimo minuto » .
Mas a verdade é que desde esse ultimo encontro ele nunca mais falou para mim. Disse que uma relação entre nós não ia funcionar. Apagou o meu numero.
Ninguém me compreende, nem mesmo os meus amigos, dizem que ele só me quis comer e que devia esquece-lo. Mas eu gosto dele, já não falamos desde Fevereiro, e as companhias dele mudaram parece um daqueles miudinhos da zona. . Não foi por aquele rapaz frio quem eu me apaixonei; mesmo assim é dele que eu gosto, é nele que penso antes de dormir, é a primeira coisa que vou ver quando vou ao facebook.
Que posso fazer para ter o rapaz por quem me apaixonei?
Ajudem-me por favor! Por ele sou capaz de dar a vida, ele é o meu menino, mesmo sabendo que ele não é meu.

Etiquetas
inutil

4 Comentários

  1. Bom primeiramente se eu fosse tu tentaria me reaproximar dele, ver como ele esta. Tentaria saber o que ouve, e o pq que ele nao fala mais com vc.
    Se voce acha que vale vá atras, antes que seja tarde.
    Pode acontecer dele conhecer outra pessoa e dai sim sera muito complicado.

  2. Olha, eu posso dizer que sim, eu te compreendo… E é por isso que vou tentar ajudar, fazendo o que não tive coragem de fazer. Não tive coragem de forte.
    Acho que você deveria conversar com ele olho no olho, apesar de saber que é dificil, que pode ser ignorada, não vai ser uma conversa por Facebook ou SMS que vai resolver…

    Eu tenho a sua idade, e o que eu mais escuto nesses ultimos meses é a tão famosa frase: “Ele não te merece, parte para outra; esquece ele.”
    E é dificil, é verdade… Quando a gente gosta, gosta mesmo. Pra valer!
    Quanto a mudança que você disse que ele teve, acredito que só possa entender conversando, tentando por os “pingos nos i”.

    Se voce tem certeza que vale a pena lutar, que vale a pena reconquistar, tente, procure, marque encontro, peça para conversar… Tente resolver essa situação.
    Voce tem que saber que talvez não terá de volta o “rapaz pelo qual se apaixonou”… Passou um tempo, como voce mesmo disse, ele mudou, e nada do que foi antes, será de novo um dia.

    Busque sua felicidade, com um olhar, eu sei que você vai entender qual é a dele, qual foi o verdadeiro motivo, e por mais que doa, solucionar os problemas é melhor que se torturar cada dia mais por continuar na dúvida.

    Se eu fizesse tudo que eu te disse, eu seria mais feliz. Tenho 16 anos, fico com vários “porquê” na cabeça, e tudo que eu queria era resolve-los e entender esse tal de amor…
    Mas me faltou coragem de dar a cara para bater…

    Siga seu coração, se ninguém te entende, é porque ninguém sente na pele o que você passa. E se disser que também não consegue entender seu próprio coração, é mentira. Porque no fundo voce sabe, que a decisão certa está nas suas mãos e precisa de iniciativa. Boa sorte!

  3. Você já viu alguém com chiclete grudado no cabelo? Pois é… Muita gente tem coisas assim na cabeça, só que por dentro, em forma de idéias.
    Garota, larga de ficar virando em circulos feito cachorro atrás do próprio rabo… O rapaz declarou que não quer nada com você, infelizmente. Aceite isso. Aceite e lide com a Realidade de modo maduro, né não? Você já tem 16 anos, gata.
    Para frente é que se anda na vida.
    Desencana. Desencana, gata.
    Desencana antes que você pareça andarilho de rua que pára num ponto de onibus. Todo mundo alí acaba embarcando e seguindo viagem, e o cara só olha… só olha.

  4. Quando ele te quis você ficou indecisa, quando ele te deixou você o queria de volta? Desculpe, mas ninguém tem todo tempo do mundo pra esperar alguém saber o que quer. Agora já foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar