Separo ou não do meu marido?

Estou com meu marido a 5 anos (2 de namoro, 3 de casados), tenho 24 anos e ele tem 30 anos de idade.
Já perdoei traições virtuais e físicas (da parte dele), por inúmeras vezes que foi beber com os amigos e chegou de manhã em casa.
Com tudo isso, e mesmo não vendo ele com os mesmos olhos sou a única que tento manter o casamento.
Que vai atrás quando algo acontece, que quer conversar para acertar as coisas, que muda em algo quando ver que vai acrescentar na relação.
Sei que não sou perfeita, mas ultimamente não estou feliz, não vejo reciprocidade, parece até que estou sozinha na relação.
Temos um filho de 3 anos, e eu amo tanto nossa família.
Cresci com pais separados e sei como é chato e difícil, não é isso que queria para o meu filho e para mim.
Não me vejo solteira, com filho pequeno, nesse mundo doido que hoje em dia tudo é fácil (amor, sexo, bebida, balada).
Eu devo pensar mais em mim, porém, tenho medo de tomar a decisão errada.
Ele não muda, e sei que não vai mudar. To começando a sentir ele diferente, estou com o sexto sentindo aflorado de que ele deve está de conversas com outras mulheres.
Não sei o que faço da vida.

4 Comentários

  • Santosss 6 de outubro de 2019

    seu marido abandona você e o filho de vocês pra ir pra farra só volta de manhã e ainda lhe trai e você ainda acha que se separar é uma decisão errada?

    quanto mais tempo levar pra você tomar essa decisão pior será pro seu filho pois a cada ano que ele fica mais velho e vai sentir mais ainda a separação..

    Resposta
  • Madu 6 de outubro de 2019

    Amiga, eu sei oq é isso, sei o quanto é ruim estar num relacionamento instável, eu já passei por situações piores, e por experiências própria, deixa esse cara o quanto antes, eu sei que vc deve tá pensando “é fácil falar, difícil é fazer”, eu sei que quando estamos na relação sempre pensamos assim, eu pensava que o meu era a minha vida, a razão da minha existência, e olha que ele me ofendia, me prendia, me desdenhava, e eu sempre mantia ele no pedestal, as minhas migas q sabia de uma parte da situação me mandava sair dessa, e eu sempre relevava por causa do “amor”, eu só realmente abri meus olhos quando ele me bateu, e quando eu abri meus olhos não conseguia mais nem olhar na cara dele, então não importa a quantidade de conselhos q vc escute vc nunca vai fazer algo, vc tem que abrir os olhos. Mas por experiência própria, saiba: ele não é tudo isso. Hoje sou linda (oq não conseguia pq ele não deixava), feliz, estável, achei um homem maravilhoso q me põe no céu, emprego estável e nunca me vi mais feliz. E sobre seu filho? Tenho certeza que quando ele for mais velho vai entender, sempre entende, eu iria odiar saber q minha mãe estava sofrendo na mão de fdp por causa de mim, antes saber a ela se livrou dele antes que a situação piorasse. Esse é o meu conselho, boa sorte na vida amiga!! Vc é melhor que ele, lembre-se!!

    Resposta
  • Paulo Miranda 7 de outubro de 2019

    Vc se casou com alpha cafa jeste,tinha que ter percebido isso antes

    Agora é tarde,não tem solução boa,todas as opções tem os seus inconvenientes

    Não sei o que aconselhar,desculpe

    Resposta
  • ana maria 7 de outubro de 2019

    Nenhum relacionamento tem apólice de seguro e nem garantia de validade para se formar uma ideia do tempo que irá durar. O ideal é que uma criança seja criada em um lar funcional, tendo ambos sob o mesmo teto, cuidando da sua educação e a apoiando nas suas necessidades, porém quando essa construção de família não é mais possível, por conta dos gargalos de desgastes que surgiram na relação, a separação deve ser cogitada, desde que exista um clima apaziguador e não de litígio. A guarda compartilhada ajuda demais no estreitamento dos laços e é super positiva para a criança, uma vez que haverá menos pontos de mudanças na sua rotina. O meu irmão, após 25 anos de casamento se separou, descolou um imóvel em bairro próximo ao seu filho e está com ele praticamente todos os dias, pois cabe a ele pegá-lo na escola, fica até às 20 hs com o pai, horário em que minha ex cunhada fecha a loja e vai buscá-lo. Todos os eventos sociais do filho, ambos participam juntos (pai e mãe), mesmo levando sua atual namorada. Quanto ao seu marido pelo visto ele está tendo uma vida paralela com outras mulheres, por esse motivo, já é tempo de vc se posicionar e parar de viver de ilusões, pois se a situação chegou a esse ponto não tem mais volta.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *