Sempre estamos(filho e eu) em segundo plano e atrás dos amigos, pai, mãe e os irmãos dele

Bom dia! Então gente, ele sempre foi um hiper filho para mãe dele, sempre me falaram que um filho bom demais não é um bom marido, pois bem, engravidei e tivemos um filho, ele sempre me ajudou, mas outras coisas sempre vieram antes de nós. Resolvemos morar juntos, porém eu passo a maioria das vezes na casa dos meus pais, se o pai dele precisa de ajuda na fazenda, ele vai la e faz, passa semana, deixa faculdade, trabalho, filho e eu, as vezes preciso de coisas e meus pais que tem que me ajudar, porque ele sempre esta ausente. Ele trabalha perto da casa dos pais e almoça la, as vezes mata faculdade para ficar la, reencontrar os vizinhos e amigos e estamos brigando muito. Eu não aguento mais, porque sei que ele não vai mudar, pai dele é assim e ele também será, ele tem 2 irmãos e os outros não estão nem ai, tudo tem que ser ele, até para lavar uma louça que a mãe e irmã não lava! Enfim, ninguém de la me ajuda, não dá conselho para ele, parece que não querem que o filho evolua, ele simplesmente não se tocou que tem casa, trabalho, contas, filho e mulher e sempre me deixa na mão para resolver coisas para os outros, principalmente da família! Me ajudem, não aguento mais sustentar isso, porque sei que ele não vai mudar, e quero alguém que me leve para frente, nem a faculdade ele está indo mais, quero o melhor para o meu filho!

3 comentários em “Sempre estamos(filho e eu) em segundo plano e atrás dos amigos, pai, mãe e os irmãos dele

  • Olga 9 de fevereiro de 2019

    Você já pensou em se mudar para mantê-lo-lo longe da família? É fato que o seu marido não cortou seu cordão umbilical e seus pais exercem ainda um forte controle sobre sua personalidade. Ele a rigor ainda quer fazer o papel de bom filho, para ter a atenção dos seus pais e gastar toda a sua energia, tentando se provar. Por outro lado, por vc ser talvez uma mulher funcional e que resolve tudo em casa, ele se sente a vontade para não ter que dividir seus esforços. Não sei qual é a idade desse seu marido, mas isso é típica atitude de homem que casou muito jovens e não desenvolveu ainda maturidade, para assumir esposa e família. Ele provavelmente quer ser um filho por prazo indeterminado e a casa dos seus pais seu porto seguro.

    Resposta
  • Megan 9 de fevereiro de 2019

    Concordo com a Olga. Ele quer ser tratado como filho também. Já tentou terapia??

    Resposta
  • Laura 10 de fevereiro de 2019

    Separe-se então! Pior do que estar não vai ficar! Tenha coragem, pense em você e em seu filho, ninguém é obrigado a estar com alguém que te coloca para baixo e que te deixa infeliz! Casamento é pra ser feliz e não sentença de morte. Antes só do que mal casada. Saia dessa e vá em busca da sua felicidade!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *