Relacionamento com homem casado

2

Hoje escrevo esse relato com a consciência tranquila e alívio. Mantive por mais de 1 ano contacto c/ um amigo casado, nos falávamos diariamente por telefone, os encontros eram raros. Marcamos e nos encontramos p/ conversar pessoalmente. O momento foi marcante e intenso, misturado a emoções, mistério, desejo e saudades.
O contacto telefônico constante fez com que nos aproximássemos cada dia mais, às vezes não conseguindo controlar as emoções e extrapolávamos nas palavras.
Ser acordada de madrugada por mais sono que existisse, era bom.
Quando ouvi ele dizer que acordava e dormia pensando em mim, me fez repensar sobre esse envolvimento. Não tenho interesse em destruir nenhum relacionamento, ainda mais que possui uma família formada e não temos objectivos e sonhos em comuns.
Em breve mudarei de cidade e estado e isso será ótimo para nós. Para esquecer alguém, a distância é o melhor remédio.
Torço por ele, que consiga realizar seus sonhos, objectivos e seja muito feliz.
Na conversa que tivemos nesse encontro pessoalmente, obteve uma solução bem exposta e explanada não deixando dúvidas que devemos parar com os contatos telefônicos diários para evitarmos maiores transtorno.
Sinto uma sensação de liberdade, felicidade misturada a ansiedade e surpresa, mas estou bem, graças a Deus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

2 Comentários

  1. Mel2 Diz

    Eu sei o quanto dói e quão difícil é, imagino … por mais que venham os pré-mal julgamentos, acho que nunca ninguém deveria fazê-los nesta situação, pois só deve saber quem passa pela situação. Boa sorte e força!

  2. nayara Diz

    se afaste, procure pessoas solteiras, e não aceite ser segunda opção ou a vilã da história