Quero voltar a viver sozinha

Meu namorado começou a morar comigo há 2 anos por um convite meu. O convite foi devido a uma oportunidade de serviço na minha cidade. Hoje, sinto muito falta de morar sozinha, de ter meus momentos. Ele é ótimo, mas eu não me adaptei a dividir o espaço e ter alguém sempre junto, pois nunca fico sozinha. Não sinto mais vontade de sexo. Já conversamos, mas é sempre difícil, pois não tem a ver com falta de amor, mas sim com a falta de vontade de morar junto. Me sinto triste e sempre que ele pergunta, sou agressiva, pois já deixei muito claro que quero voltar a morar sozinha. No entanto, ele abriu um negócio na minha cidade e não tem condições ainda de se manter. Falei que aguento até o final do ano, mas está difícil, pois me sinto muito pressa por mais que ele não me prenda. Mas sabe a beleza de morar sozinha? Poder dançar na frente do espelho, fazer exercícios em casa, poder ler um bom livro, ver novela, receber visita, limpar a casa a hora que eu quiser, não precisar ficar cobrando ninguém? Sinto muita falta disso. Eu não fico sozinha por 2 anos. Ele não tem amigos, não sai p/ jogar futebol, não sai p/ visitar o filho e os pais…. só sou eu e estou cansada. Só um desabafo mesmo, pois preciso aguentar.

0 0 votar
Avaliar Desabafo
4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Leôncio
3 years ago

HOMEM com filho e sem vida estavel? Com negocio aos trancos e barrancos e dependendo do seu teto para viver… eu játeria armado a barraca no playground do predio. Quando você chamou, ele deveria ter feito um esforcinho para arrumar o canto dele, não? O melhor de morar só é peidar à vontade, isso não tem igual, só se for na casa dos pais.

DI
2 years ago

Estou vivendo a mesma coisa e esta sendo horrivel!

Helena
2 years ago

Ajuda ele a arranjar um boteco, já que você lhe convidou para viver contigo e não o contrário. Seja paciente e não perca a razão. Ele vai embora assim que arrumar uma outra mulher ou por iniciativa própria.

Raquel
2 years ago

Bom.
Pelo que tudo indica você não o ama, porque quando amamos, por mais que gostemos de fazer outras coisas ou estejamos com raiva da pessoa, queremos ficar perto, ver a pessoa.
Falo isso porque vivi os dois lados.
Eu namorei um rapaz que eu gostava, mas eu era muito arrogante com ele e não tinha vontade de ficar perto dele sempre.
Hoje sou casada com outro homem, e mesmo com raiva dele, tenho vontade de estar perto, de conversar com ele.
Por isso digo que o que conta é o sentimento, às vezes o que você sente por ele não é tão forte ao ponto de vocês dois compartilharem uma vida juntos.

Botão Voltar ao topo