Problemas LGBT

Queria que o mundo fosse mais aberto a eu ser bissexual

Tenho 22 anos, devido ao meio que cresci e por ser cidade do interior sempre me identifiquei como heterossexual.
Tive muitos relacionamentos com mulheres porém mesmo sentindo atração e desejo sexual por elas, sempre tinha aquele pequeno desejo e atração sexual por homens também, apesar de nunca ter tido relações homo-afetivas.
O meu relacionamento mais longo terminou muito pelo fato de eu ter assumido para ela que sou bissexual. Após o termino isso ficou guardado dentro de mim, até que tive um relacionamento com uma mulher BI, e comecei a ter novamente esses desejos.
Sempre fui muito confuso e estou começando a me aceitar como bissexual, só o fato de estar escrevendo aqui, me faz ter a sensação de ter tirado o mundo das costas!
Queria que o mundo fosse mais aberto com essa questão, parei de ter preconceito comigo mesmo e resolvi me aceitar como sou.
Afinal a sexualidade não é definida, podemos gostar do que quisermos!

Etiquetas
bissexual

10 Comentários

  1. Vc já ficou com um homem ? Como tem tanta certeza que é Bi se nunca foi pra cama com um homem, antes de se definir sexualmente precisa ter experiência. É complicado a mulher aceitar ter um namorado BI, querendo o não a pessoa não estará 100% em um relacionamento imagina vc casado com uma mulher e dando umas escapadinhas para dar o rabo, fala sério, a mulher tem que ter muita cabaça aberta sem contar a questão de DSTs e por ai vai.

  2. Eu acho que antes de mais nada você deveria procurar se entender melhor. Vc teve um relacionamento longo com uma garota heterossexual e após um bom tempo, resolveu abrir um assunto de foro íntimo que dizia respeito a uma suspeita da sua orientação sexual, mas qual era exatamente a sua intenção? Seria para sair fora da relação, para ter alguma experiência com um homem ou resolveu se abrir apenas para simplesmente dividir os seus desejos mais íntimos? Na minha opinião, se vc tinha de fato uma boa afinidade, sentia atração sexual pela namorada, não tinha o porquê colocar essa questão, no seu relacionamento. Vc deu a ela uma espécie de aviso prévio, ao Sr demonstrar inseguro quanto o que iria rolar com vc mais adiante. Tenha a sua experiência com um macho e vê se é isso mesmo, pois se perceber que é só um fetiche, nada além disso, vc poderá se sentir mais confiante e acertar o passo com o gênero que mais vc se identifica.

  3. Amigo, Boa noite. Sou uma mulher de 25 anos é sei bem o que vc está sentindo. Também sou bissexual e me descobri há pouco tempo. Sei que ficamos muito confusos por causa da atração que sentimos por homens e mulheres. Só quero te dizer uma coisa: tudo bem sermos assim Tá? A bissexualidade EXISTE e muitas pessoas são como nós. Busque psicoterapia pra vc entender melhor seus sentimentos, foi o que me ajudou. Não ligue para o que esse povo preconceituoso fala. Como assim tem que fazer sexo pra descobrir o que gosta? Como vcs sabiam que eram heteros ainda virgens Então? Amigo sinta-se abraçado e tenha calma , vc é normal e merece ser Feliz seja do jeito que for

  4. Sinceramente,se você precisa da aprovação do mundo e da sociedade pra se declarar bi,então o problema está em si mesmo.vai procurar ajuda psicológica pra entender o que realmente está sentindo.Boa sorte

  5. ”Afinal a sexualidade não é definida, podemos gostar do que quisermos!” Sim, sim, preferências a quatro paredes são gostos pessoais e não talvez faculdade especial e exclusiva para bis, homos, pluris ou sei lá. Já XX e XY são coisas imutáveis e pré-definidas.

  6. Se vc temer ser quem é ou fazer algo por medo do que as pessoas irão pensar, vc vai ficar trancafiado no seu quarto o resto da vida. Se vc é bi, tri, seja lá o que for, isso é algo que só diz respeito a vc e ponto. Agora, daí vc querer que as pessoas vejam sua opção com naturalidade já é outros 500. Isso não vai acontecer!! Então, se preocupe menos com elas e viva sua vida da forma que achar melhor..

  7. Não devemos buscar “aprovação” do que seja atração sexual. Uma das questões que fazem as pessoas serem mal humoradas é não serem “resolvidas” sexualmente. Já comentei noutra oportunidade, tive minha primeira relação com homem, aos 20 anos e ele tinha 35 e era casado. Pelados e ele excitado e, mesmo eu virgem, me abri a ele sem neura por ser passivo e foi muito gostoso. Mais que colegas, ficamos amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar