Pensando em me separar

Sou casado há poucos anos e tenho três filhos pequenos.
Minha esposa e eu trabalhamos muito, e chegando em casa trabalhamos mais ainda.
Estou cansado e desiludido, as tarefas do dia me afastam muito dela, ela prioriza o lado dela sempre, o lazer dela, e por vezes faz caso de eu querer sair com amigos, jogar bola, etc me sinto preso.
A verdade é que eu nunca liguei para isso e pensava que toda mulher fosse assim, até que de repente me vejo apaixonado por uma menina.
Ela tem o espírito leve e é parecida comigo como eu nunca vi.
Me sinto muito feliz ao seu lado e quando não estamos juntos eu só fico pensando nela, mesmo em casa.
Já são 2 anos assim e sou torturado por meus pensamentos.
Nunca me imaginei nessa situação, mas está virando uma questão de sanidade, de continuar vivendo infeliz ou ir atrás da gata e possivelmente ficar morrendo de saudades dos filhos.
Não tenho certeza de que ela ficaria comigo, mas ela me mostrou que e felicidade mora longe da minha casa.
Preciso tomar uma decisão urgente e não me sinto capaz por conta da paixão.
Gostaria que só comentasse quem viveu ou conviveu com essa situação e tem autoridade para falar.

Etiquetas
separação

7 Comentários

  1. Cara estou vivendo algo parecido com você a oito anos, e nunca tive nada com a pessoa que amo, e ainda tento reencontrar o amor que sentia pela minha esposa que é o mais certo .

  2. Cara, sinceramente pense bem, você mesmo disse que tem 03 filhos pequenos. Será que vale a pena largar isso por uma suposta paixão? Que muito muito provavelmente passará.e depois disso? Enfim, pense bem.

  3. Você esta apaixonado, por isso vê tantos defeitos no seu casamento.
    Mas pense que se vier a ter um relacionamento com essa moça, surgirão problemas tbm, possivelmente os mesmo, talvez diferentes, mas surgirão. Não pense que será sempre esse mar de rosas que você esta sentindo agora, pois não será. Essa paixao faz você ver somente coisas positivas nessa moça e desmerecer o esforço da sua companheira, que por sua vez também deve estar cansada, desiludida assim como você. Não troque o seu casamento, sem ao menos tentar outra chance de ser felizes juntos. Nada melhor do que o diálogo. Voce por acaso perguntou como sua esposa se sente?
    Parou para pensar se ela estiver vivendo pensando um outro assim como você está?

  4. A falta de satisfação no casamento te deixou carente. Tem três filhos que são responsabilidade sua também. Então sugiro que tente mudar a dinâmica do casamento. Não peça permissão a sua mulher para fazer as coisas que gosta. Tente se impor e deixe claro que se ela não cooperar você vai deixá-la. Quem sabe o novo cara em quem você se transformar não vai se tornar mais desejável para ela? De repente quando ela perceber que você não está garantido ela te deseje mais e se esforçe mais para te fazer feliz? O casamento precisa ser mais que uma servidão onde só há trabalho, cobrança, reclamação e contas a pagar.

  5. Isso só você poderá decidir, se você não ama mais sua esposa tem que pensar bem, também não viva por comodismo. Se você acha possível restaurar seu casamento vá em frente, senão separe.

  6. a grama do vizinho sempre é a mais verde. no começo tudo é belo e maravihoso, você está assim por causa da rotina .. é cansativa, acaba com a gente msm. sua esposa parece ser um pessoa de bem, está lutando ao seu lado para conquistar as coisas porque com 3 filhos pequenos seria muito mais fácil para ela largar o emprego e só cuidar dos filhos e da casa mais não, ela trabalha como vc, chega em casa é difícil para os dois e talvez ela implique com você sair porque ela não acha justo você sair por aí enquanto ela fica com os filhos e casa nas costas dela. pense nisso! Os filhos crescem e a vida vai se acalmando, eu acho covardia da sua parte querer pular fora só porque a carga está pesada até porque está sendo bem dividida entre os dois .

  7. Quem não planeja antecipadamente a sua estrutura familiar, fica mesmo susceptível a uma enorme agenda de obrigações e responsabilidades, sendo mesmo obrigado a viver em função dos filhos, casa, trabalho, mal sobrando um tempo para si e é por esse motivo, que no seu casamento está ocorrendo essa questão territorial pelos espaços de lazer, cada qual com suas próprias justificativas e argumentos, para reclamar seus direitos. Deveriam ter pensado nisso antes de gerarem três filhos, pois até para quem tem filho único, o ritmo de vida muda bastante. Agora você quer buscar soluções afetivas fora do seu casamento, se separar, para deixar os maiores pesos nas costas da sua atual esposa, para ficar brincando de namoradinho. A situação para os homens é bem comoda, sabendo que a justiça pode propor uma pensão de apenas um terço do seu salário,o que é bem mixuruca para uma família grande, se for acertado esse valor, obviamente ela terá que correr urgente atrás de um emprego, ainda mantendo sob sua guarda três menores, você terá ainda a molezinha de visitar socialmente seus filhos, quinzenalmente, ou por guarda compartilhada, se quiser vê-los mais. É fácil administrar uma cheirosinha cheia de tesão para dar ao seu lado, cujo único trabalho é só de transar com você e alisar seu ego, já que não tem outras responsabilidade. Você já ouviu falar de terapia de casais. Acho que é o caso. né

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar