Problemas da Vida

Ódio ou amor reprimido?

Tive um relacionamento de 3 anos, no qual o meu namorado era ciumento, dificilmente saíamos ou conhecíamos outras pessoas, porém admitia isso e não me importava, pois o amava, mas a partir de um tempo passei a ficar muito irritada com a situação, além de outros problemas pessoais envolvendo nossas famílias, decidi terminar e seguir minha vida sozinha afim de conhecer pessoas novas e ter experiências já que ele me limitava.
Hoje, ele sai todos os dias para beber, passou a emagrecer e se dá de ”bonzão” em redes sociais, além de dar em cima das minhas amigas e querer se aproximar de todos aqueles que eu falava que não gostava, estou sentindo muita raiva da situação, por ele ter mudado somente depois que terminamos, o que fazer ou pensar?

2 Comentários

  1. É tão fácil fazer a leitura dessa situação. Ele está simplesmente vivendo seus recalques e lambendo suas próprias feridas, ao ter se dado conta que te perdeu. Relacionamentos territoriais, cujo parceiro quer te manter em cárcere sentimental privado, tentando te isolar do mundo, para não sofrer ameaças de concorrência masculina, raramente funcionam, mesmo porque é extremamente sufocante viver sob monitoramento, cobranças, sendo anulada e cerceada na sua liberdade. Se a mulher tem auto-estima, jamais aceitaria se relacionar com alguém com esse perfil. O seu ex além do mais é auto-destrutivo, pois não aceita as contrariedades da vida, não aceita perder e logo se afunda na bebida ou nas atitudes de querer te atingir, como tentativa de recuperar o seu ego masculino ferido. Vc sabe muito bem que o namoro que mantinha era tóxico, portanto, não sei porque vc ainda fica olhando para o retrovisor, preocupada, com o que ele faz ou deixa de fazer. Siga adiante e arrume um homem para a sua vida, mais bem resolvido, auto-confiante, que se some a relação e que te proporcione momentos especiais, pois já chega de conviver com um namorado em uma redoma de controle.

  2. Não se iluda pq ele não mudou,ele está mesmo com recalque e aproveitando as oportunidades pra tentar te mostrar que vc errou em terminar quando na verdade nem vida vc tinha. Ninguém com esse perfil merece vc abdicar de nada que vc goste por ele. Pessoas assim tem potencial de tirar a alegria do parceiro, de sufocar e até deprimí-lo. Esse perfil do ciumento e possessivo só muda com terapia,mas desde que o próprio reconheça que precisa mudar,mas eles geralmente não reconhecem e acham que estão certos,e que o parceiro precisa ser controlado o tempo todo.Nada do que vc fizesse iria trazer segurança a ele. Falo por experiência própria e após ler bastante sobre o perfil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar