O Príncipe Virou Sapo

Sempre li os desabafos e queria compartilhar minha história, conheci meu marido pela internet, ele é do Acre eu de São Paulo, sempre tive minha vida era recém formada, independente e cheia de sonhos, ele era carinhoso, o chamava de príncipe de tão perfeito que ele era, nos casamos e fui morara na sua cidade, o começo do casamento era um sonho, quando engravidei ele perdeu o desejo por mim e depois que ganhei nossa filha acabou, eu pedi beijos,atenção, carinho e ele alegava que não era meu namorado e assim é até os dias de hoje vivo em uma tristeza sem fim, sem minha família em uma cidade que não tem nada, a família dele me odeia e ele me prende por ciumes, não posso trabalhar e perco as contas de quantos anos fazem que ele não é carinhoso comigo. Para piorar me confessou que estava conversando com um travesti pela internet, o mesmo travesti que ele tinha me apresentado para vender roupas, sendo que o mesmo nem me pagar pagou, hoje vivo triste e com uma desconfiança que não acaba, sei que se voltar para SP minha vida será muito difícil e também o amo, o que devo fazer?

Etiquetas
ciumes

3 Comentários

  1. Volta a trabalhar, pega as rédeas da sua vida, e chuta o gay do seu marido, queria ou você é muito inocente ou é cega, cuidado para não pegar uma doença.

  2. Não é muito comum homem heterossexual procurar se alinhar em bate papo pela internet com travestis, salvo se o seu marido tem alguma inclinação para a bissexualidade e interesses nesse perfil de pessoa. O que mais existe são homens casados que perante a sociedade é o exemplar pai de família, marido, mas na sua intimidade tem tesão por alguma diversidade. Tenho amigos gays e eles me contam que isso rola direto. Acho que é o momento para você tentar descobrir qual é a do seu marido, mas fazê-lo de forma sigilosa, pois é o mínimo que você merece para a tomada de decisões na sua vida. Você está se sentindo muito por baixo e se punindo por algo que você nem sabe exatamente o que está ocorrendo no seu casamento de real. Precisa urgente descobrir. E a minha opinião. Se ele gosta mesmo de travesti, acho que o melhor mesmo é você voltar para SP, pois nada mais vai rolar que te favoreça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar