Não sei se quero ter filhos, mas não sei se não quero te-los.

Acabei de fazer 29 anos e desde alguns anos atrás coloquei na cabeça que não quero ter filhos, por vários fatores, que não compensa destacar aqui.
O fato é que isso não me incomodava, até agora.
Comecei a pensar em todas as implicações que a escolha de não ser mãe pode acarretar no futuro, e me dei conta de que se eu ainda quiser voltar atrás na minha escolha, essa é a hora de começar a me planejar.
Mas ao mesmo tempo que essa escolha permanece firme em mim, um outro lado meu tem muito medo do arrependimento.
Sei que ainda sou relativamente nova e ainda tenho algum tempo para pensar nisso, mas estou perdida.
Meu marido sabe da forma como eu penso e concorda comigo, ele também não tem 100% vontade de ter filhos, mas acho que para ele também bate a dúvida as vezes.
Alguém ai que já passou por isso para me dar uma ajuda?

15 Comentários

  • Observador 4 de setembro de 2019

    Concordo que para a mulher há implicações em não querer ter filhos: depois que a gravidez começou a ser protelada ou evitada, o câncer ginecológico passou a ser o mais comum para as mulheres. A gravidez por volta dos 40 anos abre a chance de ter crianças com doenças como a do “déficit de atenção”. Até os 35 anos, o organismo buscará a cada mês óvulos “mais sadios” (melhores). Depois dessa idade, o organismo buscará, a cada mês, óvulos melhores dentre os “remanescentes”.

    Resposta
    • Alice 5 de setembro de 2019

      Não tenha. Se eu pudesse voltar atrás jamais teria. Vá conhecer o mundo, durma, veja séries, filmes, durma um pouco mais. Seja tia ou madrinha, nada melhor que sobrinho e afilhado. Apenas não seja mãe.

  • Karol 5 de setembro de 2019

    Me vi nesse texto! Tbm tenho 29 anos, tbm sou casada e não pretendo ter filhos, mas sei q meu marido tem vontade de ter, apesar dele não assumir,sempre joga umas indiretas.. no momento estou como vc,pensando no futuro, e ao msm tempo cm receio de se arrepender. Ontem vi uma senhora levando sua mãe no posto, e me peguei pensando q eu nao tenho nngm para fazer isso por mim, 29 já não é uma idade fácil para se ter filhos. Muitas dúvidas, incertezas. Sempre tive medo de deformar meu corpo, mas isso nem é o principal motivo, eu não me vejo mãe. Tenho medo da minhas escolha me fazer sofrer no futuro, e pior,não fazer feliz a pessoa q se dedica a mim. Afinal, qual homem não deseja ser pai de um menino…

    Resposta
    • Lara 6 de setembro de 2019

      Moça pelo amor de Deus ter filhos pensando em cuidar da gente na velhice é o maior absurdo do mundo, se for com essa intenção não tenha, trabalhe muito e guarde dinheiro pra pagar um bom enfermeiro ou asilo na velhice.
      Eu tive por insistência do meu marido, minha bebê esta com 2 meses, é linda e eu a amo. Mas de fato da um certo trabalho, no início cheguei a me arrepender confesso, cuido com o maior amor e o sorriso dela me compensa todos os dias. Mas filho definitivamente é pra quem sonha ser mãe, pois exige muito, e sobra tudo pra mãe viu, por mais que o pai participe, a carga maior é da MÃE. É um amor inexplicável, mas vc tem que decidir por vc e não pelo seu parceiro, pois a vida que vai mudar é a sua.

  • Jeane 5 de setembro de 2019

    Eu penso como vc. Tenho 33 anos e nao tenho vontade alguma de ser mãe.
    Tbm fico pensando no futuro as vezes, meu tempo esta se esgotando e eu ainda naõ sei o que fazer.
    Sou tia e madrinha e amo minha sobrinha. Simplesmente nao me vejo sendo mãe. Quero viajar, conhecer lugares, pessoas. Estou com uma viagem programada pra esse ano e em um ano e meio outra viagem e para o Egito. Se eu tivesse filhos, provavelmente isso nao seria possivel antes dele estar adulto, e eu ja estaria velha pra aproveitar esse tipo de coisa

    Resposta
  • Mulhermoderna 5 de setembro de 2019

    NÃO SE DOBRE À CRUELDADE DO TEMPO. Hoje existe a opção de congelamento de óvulos. Você pode congelar seus óvulos de 29 anos e usá-los daqui a muitos anos ainda, que estarão frescos como se você tivesse 29. É um investimento caro, mas que compensa muito pra não ter que se obrigar a fazer essa escolha baseada apenas no tempo, mas sim com tranquilidade e certeza.

    Resposta
  • mulher 5 de setembro de 2019

    Muita gente egoísta por aqui hein?! Umas querem ter filhos para ter quem cuide delas no fima da vida, mas ninguém é obrigado a isso querida, filhos com esse pensamento?! Fala serio!! Outras por causa do marido, qual homem não quer ter um menino?! serio mesmo!! Se você não quer filhos agora, não os tenha, quem tem o desejo e a vontade de ser mãe de verdade, é mãe de qualquer criança. Lá na frente se você mudar de ideia, adote uma criança e de amor e carinho. É isso! Ah e ainda tem um “observador” expert que diz o que a mulher tem, ou vai ter de doenças por não querer ter um filho … Fala serio!!!!

    Resposta
    • Eu 6 de setembro de 2019

      Falou tudo. Filho nao é garantia de que voce terá alguém pra cuidar de voce no futuro. Dependendo, se o filho nascer com uma deficiência ou adquirir alguma ao longo da vida, voce é quem terá que cuidar dele mesmo na sua velhice. Outra idiotice é ter filho pra agradar homem, porque homem só é pai enquanto está casado. Quando separam, casam movamente, passam a tratar o filho como um fardo e reclamam até de ter que pagar pensão. Nao quer ter filho, nao tenha e pronto. Filho é pra quem tem certeza que quer ter e pra quem tem cacife pra criar.

  • ana 5 de setembro de 2019

    Acho que se vc tem dúvidas, congele seus óvulos, pois assim vc poderá optar por ter uma gravidez saudável até bem mais tarde. Nos tempos atuais ter filhos é uma responsabilidade muito maior do que foi em épocas passadas e a lista é grande para justificar seus motivos. Eu optei por ter um filho único e não me arrependo dessa decisão, pois foi esse o meu planejamento e ainda assim percebo as dificuldades de mantê-lo economicamente, pois educação com qualidade é caríssima, contar com faculdades públicas, a fila está cada vez mais longa, pois a camada social que mais cresce é justamente que mais necessita da gratuidade de todos os serviços do Estado ou prefeituras, o mercado de emprego será ainda muito pior daqui alguns anos, pelos processos de automação, tecnologia e o que está fazendo com que muitos jovens optem por formações de ponta, escolhendo cursos que possa lhes abrir alguma oportunidade profissional e já adianto a lista é bem pequena opções. Fora essa questão de gastos, incertezas que o mercado profissional, ainda terá com as drogas, bebidas e a violência banalizada, por melhor Educação de berço que você ofereça.

    Resposta
  • Kagura 6 de setembro de 2019

    Se não quer gastar 90% do seu tempo e rendimentos pra criar outro ser humano, não tenha filhos. São no mínimo 18 anos nessas condições, mas o prazo real é a perder de vista já que os filhos estão saindo cada vez mais tarde da casa dos pais. Quando a gente é racional e coloca na balança o lado financeiro x emocional que criar um filho como se deve exige, o bom senso nos mostra uma única escolha plausível: não ter filhos.

    Resposta
  • Rafa T4 6 de setembro de 2019

    Em minha humilde opinião,

    Filho eu considero como a maior dádiva que existe na vida.. ele é a junção de tudo que tem de bom, é um amor que não se sabe explicar.

    acredite, você só entenderá quando tiver… é muita renúncia de si, em prol dessa pequena criatura, você abre mão de noites de sono, de muito dinheiro e de paciência e em troca é presenteado com sorrisos genuínos e amor verdadeiro.

    para essa pequena criatura você é o mundo, é a referencia, é tudo..

    Você é o super herói, a frozen e vai fantasiado na escola, entre outras, mas no final, você so quer que aquele ser que se parece contigo, seja uma versão melhorada de você. que erre menos, que seja mais bondoso, que seja mais amoroso!
    [continua…

    Resposta
  • RT 6 de setembro de 2019

    … continuação

    Filho é renovação, como diz um ditado de um livro preto que li:

    Filhos são como flecha na mão de um arqueiro. você puxa ele um pouco, coloca um pouco de pressão e aponta para o alvo..

    A flecha voa mais alto, vai mais rápido, alcança e conquista coisas que você jamais conseguiria fazer sozinho.

    Basta você apontar para o lugar certo.. e acredite, com as conquistas deles, você terá a satisfação muito maior, do que se fosse as suas próprias.. é um orgulho que não cabe no peito.

    Claro que nosso papel como pais é zelar,
    Dar amor e educação… mas o objetivo é deixar um ser melhor que nos para o mundo. esse é um baita desafio… mas acredite ninguém está preparado até ter e mesmo depois de ter, mas vale cada momento vivido, mesmo errando.. vale muito.

    Essa é a minha opinião
    boa sorte na decisão!

    Resposta
    • jeanes 6 de setembro de 2019

      k k k k k por causa disso mesmo que tenho medo.
      ” é muita renúncia de si, em prol dessa pequena criatura, você abre mão de noites de sono, de muito dinheiro e de paciência ”

      To fora!!

    • Aviso 6 de setembro de 2019

      Só lembrando que a criaturinha vai crescer e não vai ta nem ai pra esse besteirol ai que você falou … rsrsrsrs

    • Nua e crua 6 de setembro de 2019

      Realidade: homens que abandonam a dádiva e mãe dela na rua da amargura e ainda reclamam de ter que pagar pensão. Ou pais que largam filhos pra serem educados pela internet/tv. E pior, pais que terceirizam a educação da dádiva pros pobres dos avós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *