Não consigo ser uma esposa fiel

Sou casada há 17 anos. Hoje tenho 35, sou uma mulher bonita e muito vaidosa. Amo meu marido. Temos um casal de filhos lindo e uma vida estável. Acontece que, após ele me trair quando estava grávida do nosso segundo filho, eu mudei. Tinha 27 anos na época e nunca havia conhecido outro homem sexualmente falando. Perdi a virgindade com meu marido. Eu o perdoei, mas jurei para mim que daria o troco. Esperei meu filho fazer 2 anos, me cuidei muito mais nesse período e fiz o que havia arquitetado. Acontece que, após isso, não consegui mais parar. Perdi as contas de com quantos homens já transei. Já sai com um homem na segunda e com outro na quarta. Já sai com um de manhã, e outro de tarde. Não sinto remorso. Acho normal. Eu sei que não é normal. Mas eu não consigo parar. Para mim é como trocar de roupa, virou rotina. Queria ter uma vida normal. Estou cansada, mas isso parece uma droga, estou viciada. Alguém passa pelo mesmo? Obrigada.

0 0 votar
Avaliar Desabafo
16 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Laura
4 years ago

Comigo aconteceu bem assim,tive vários homens apesar de gostar do meu marido. Isso só parou quando me apaixonei por um desses casos.Estamos juntos há seis meses e só quero sexo com ele.. me sinto angustiada por isso.

Lua
4 years ago

Olá. Também passei por isso. Até encontrar uma pessoa que me fez sentir desanimada a repetir a experiência, pois, para mim, ninguém consegue superar. Ele foi embora e meu desejo também.

Capricorniana Casada
3 years ago

Oi amiga. Boa noite.
Sei como se sente, sou casada há quase 15 anos, não temos filhos.
Ele nunca me traiu com outra mulher mas fez algo pior. quando eu passei (junto com ele) por uma crise financeira terrível, ele não aguentou a pressão e me abandonou – com uma “mão na frente e outra atrás”!
Me abandonou: estava falida, ferid emocionalmente e psicologicamente, abandonanda, sem nenhum rumo. ou seja, ele TRAIU MINHA CONFIANÇA!
Abalou nossa amizade que era a base de tudo – nosso relacionamento, nosso amor, nossa união.
Tinha que tomar café, almoçar ou jantar de favor em casas de parentes ou amigos pois não havia mantimentos em casa. isso quando eu ia comer, porque a vergonha era maior que a fome.
Passei por muitas dificuldades. passei vergonha e humilhações!
Ele – com o tempo – percebeu a bobagem que havia feito. durante 06 longos meses, ele ia até o portão de casa implorar para que voltássemos a ser um casal.
Implorou meu perdão.
Confesso que não queria voltar, mas cedi por insistência dele. e no meu íntimo, nunca o perdoei!
Mas jurei vingança. que ia dar muito, ia curtir o sexo de uma forma diferente – com todos os homens possíveis e imagináveis (a única regra – desde que eu estivesse afim do cara, obviamente. ou seja, não ia mais me manter fiel ao meu esposo!).
E eu não me arrependo de nada!
Saio, curto, faço sexo como uma louca, um animal no cio. faço com vontade! Faço por vingança e amo quando meus amantes dizem que meu esposo é corno.
Fico ainda mais excitada!
Fora meu marido, tenho três amantes fixos e outros eventuais. e adoro fazer isso.
Definitivamente, não há melhor definição de ser viciada em fazer sexo com os amantes por vingança e raiva de meu esposo.
É uma delícia e. definitivamente, não vou parar!
E. não tenho a consciência “pesada” por causa disso. cada vez que eu lembro que eu fiz com os amantes, com mais tesão eu fico.

Rafael
2 years ago

Posso ajudar as senhoras?

Rosenilza Abreu Da Silva Leiras
2 years ago

Querida existe um amor que pode te curar assim como ele me curou! O seu nome é Jesus! Clame por ele.

Dinho
2 years ago

Bacana gostei da seu comentário só não entendi ele sabe que você sai com outros se quiser conversar me chame no sap 31996004357

Emerson
2 years ago

Só Jesus pode curar tamanha ira e desejo por vingança. Lembre-se mulheres que praticam tal ato: Jesus morreu por vocês todas, ainda vocês sendo pecadora e com todas as suas falhas e limitações, assim como toda a humanidade. Ele já perdoou vocês pelo que fizeram, fazem e farão. Sejam como Jesus, perdoem e se limpem com o sangue Dele, pois se ele voltar amanhã para qualquer um, vocês não serão arrebatados. Uma pena as pessoas tentarem tratar o mal com o mal. Tentem tratar o mal com o bem, pois as trevas só se vence com a luz.

Barbara Villca
2 years ago

Eu tenho resposta para isso, existe 5 tipos de atrações

Franciely
2 years ago

Tenho 37 anos, casada gosto muito de me cuidar gosto de ir na a academia e cuidar do meu corpo tenho três filhos dois do meu primeiro casamento e um do meu marido atual.Nunca tinha traído meu marido, até que um dia descobri que ele me traía, perdoei mas jurei para eu mesma que ia ter volta, desde então sempre tenho amantes não consigo resistir se o homem for bonito, limpo e cheiroso é mais forte que eu, só que estou cansada de tanta mentira, é um vício paro por um tempo mas acabo sentido falta, ao mesmo tempo que me satisfaço me sinto triste e vazia! Já não sei mais o que fazer fico desesperada por sexo é como droga não consigo ficar sem! Me sinto culpada e mal consigo encarar meu marido! Acho que preciso de ajuda!

ildevando
2 years ago

Si e para viver na safadeza porque vocês não separa, se tem coragem para traição porque não tem a coragem de separar.

anonimo
2 years ago

ildevando falou tudo.

Mar Pato
2 years ago

Conheci minha ex com 19 anos, ela já tinha tido vários casos, pensei em ter algo rápido e só, mas ela era gostosa. Casamos e um dia ela confessou que não aguentava de tsao em sair, chegava a trazer em casa, eu entrei no jogo e foi super gostoso. Acho normal.

Augusto lima
2 years ago

Meu Deus. Como os casamentos estão defraudados..com filhos que sofrerão no futuro as inconsequencias de seus pais. Pelo amor a JESUS CRISTO endireitem suas veredas pois o Sexo vai passar e só continuará o amor. Se você não consegue perdoar muito menos JEOVA os perdoará.

Ana
1 year ago

Sou casada á 12 anos, e tbm não consigo ser fiel, parece que com o tempo piora, somos muito companheiros, lutamos juntos, ele nunca me fez nada de mal, mas é mais forte que eu, e aonde vou tem alguém querendo, por mais que eu tente fugir as investidas, sempre faço de novo. Gostaria de não ter essa necessidade, me sinto culpada as vezes, apesar de achar que a monogamia é só um padrão da sociedade. Diante dela isso é errado, mas se não fosse por isso, sou muito feliz, pois tenho um marido maravilhoso, e sou desejada o tempo todo.

lucas
1 year ago

ja fui casado e hoje divorciado. me divorciei por maus treatos aos filhos, o quais eu criei sozinho mas quando casado ela me confessou o desejo de ficar com uma mulher achei um absurdo póis casamos bem jovem sem esperiencias.tudo que descobrimos no sexo foi juntos, eu a desejava e amava ao ponto de não sentir necessidade de um relacionamento extra conjugal. mas sou muito tranquilo e tenho hábito de ler muito, lendo muito sobre o assunto comecei a sentir vontade de ver ou só saber que ela ficou com uma amiga. assim concordei e tudo foi bem normal, as vezes ela saia e eu jásabia para que era. o tempo foi passando e começamos a ver filmes pornô, vendo casais liberais, depois de muito tempo resolvemos ir numa casa de swing. depois fizemos amizades com alguns casais do meio e foi muito bom, até que ela não conseguiu ser m,ais mãe dos meninos e parecia desiquilibrada. não quis trocar a vidsa de amor que eu tinha pelos filhos por ela nem por nada. o casamento acabou quando fiquei doente e elça não me acompanhou em exames e jápedia para colocar os bens em nome dela para evitar problema após minha morte. só que estou vivo, minha doença é rara, não tem cura mas é só uma intolerância ao glúten.

Marina
9 months ago

Vivo em uma união estável vai fazer 9 anos, porém meu casamento sempre foi meio frio, pouco sexo, pouca atenção, então depois de um ano mais ou menos insistindo, cobrando atenção, resolvi terceirizar o sexo, saia com um essa semana, com outro daqui um mês, e ou tempo ia passando, tive relacionamentos que duraram alguns meses.Agora faz mais ou menos uns 2 anos, conheci um cara que era casado tbm, e ficamos juntos por quase 2 anos, foi o melhor relacionamento que tive, durante esse tempo fui 90% fiel a ele, coisas que nunca havia acontecido com os demais..Eu estava me moldando, tentando ser fiel, e me sentia bem com ele, não sentia tesao por outras,(as duas vezes que sai com outro quando estava com ele foi por insistência dos caras, pois eu já os conhecia, antes de conhecer ele), Ocorre que agora em outubro a gente se separou, a família dele descobriu e ele ficou abalado, e resolveu ficar com a família.. e eu fiquei só novamente( só no sentido de sem amor, sem companheiro), aí voltei sair com outros para tentar superar, mas não é igual.

Depois de todo ocorrido, gostaria de levar uma vida honesta com meu marido, porém não sei por onde começar.
Eu queria entender tudo isso, poder escrever uma nova história .

Botão Voltar ao topo