Não aguento mais meu enteado

Há algumas semanas eu mencionei com minha esposa: “até quando ele vai ficar com a gente”. Isso foi motivo para desencadear uma série de discussões. Ela ameaça procurar outro lugar para morar, ou volta com a mãe dela ou quer procurar outra casa. Está tudo uma droga. Ele faz pequenas coisas para irritar, e se chama a atenção, a mãe acha ruim. Mas ela parece que esquece que eu ajudo ela com aquele moleque, ele vive nas minhas custas (aluguel, internet, água, luz). O que recebo em troca? Ele dando piti porque fez algo errado e ainda quer discutir. O nosso filho pequeno recebe maior educação boa na escolinha (licença, por favor, obrigado, pedir desculpas etc), mas chega em casa ele se contamina com meu enteado, que fica ouvindo funk, fala sai, não sabe pedir licença, o dia inteiro falando palavrão no computador por causa de jogo, fica arrotando etc.

E para minha esposa, tudo normal. Se eu falo algo é implicância.

Meu enteado tem 17 anos, não faz nada, nem lavar a louça que ele mesmo suja, é porco demais, (vai ao banheiro, não lava a mao e já vai abrir a geladeira, por exemplo)

Já não sei o que fazer, gosto muito dela, e não quero me separar.

Etiquetas
enteado
0 0 votar
Avaliar Desabafo
6 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Du
1 year ago

Fica esperto pois as leias mudaram e a paternidade é reconhecida com quem banca. Um homem no Rio Grande do Sul separou da mulher e ela colocou ele na justiça e ele teve de pagar pensão para filha que não é dele isso porque a justiça entende hoje que pai é quem cria. Isso ainda porque ela tinha traído ele. Além de corno teve de pagar pensão para filha dela e do Ricardão. No mais você descreveu um típico adolescente problemático, chato que não está nem aí para nada. Você sabia que ela tinha esse filho quando quis casar com ela. Enfim se está uma droga, você está criando um moleque mal educado e sua esposa só briga, melhor coisa é partir ora outra mas antes procure um advogado. Outra opção é aceitar calado e levar a vida assim.

Ogaiht
1 year ago

Irmão, se enteado não vai mudar tão cedo. Ele está na idade da rebeldia e não tem o que fazer. Ele só vai ouvir a mãe e isso com MT sorte. Mas se ela não toma atitude, Fica impossível. Ou seja, se a mãe não tomar atitudes você precisa escolher entre bancar ele por ela, se isso valer a pena, ou meter o pé e ser feliz. Escolhas e consequências. Essa é a vida.

brubru
1 year ago

se você o banca, você tem o direito de educa-lo, relações de enteados e parceiro dos pais costuma ser sempre problematica por que geralmente não existe o “afeto” familiar (no casoo materno ou paterno) porem você e o garoto precisam quebrar esse protocolo social, a sua esposa tambem tem a mente fechada, só por que você não é pai biologico, não quer dizer que você não pode por limites, sugiro uma reunião de familia, porem todos precisam aceitar que vocês são uma família e se adaptarem com essa realidade.

Ch
1 year ago

Você precisa dar uma prensa boa nele sem a presença dela e dizer tudo que está lhe incomodando e deixar claro quem manda na casa e sustenta ele é vc.

Observador
1 year ago

Aquela máxima: casou levando o “pacote”. A situação que ele define é de não ter sido assumido pelo pai biológico e ter que dividir atenção da mãe com o padrasto e o meio irmão. Hora de vocês conversarem e mostrar que a rebeldia dele é um desgaste a todos e se a família está assim composta é para ele aceitar e se lembrar que com 18 anos já será idade dele começar a andar com as próprias pernas. Como muitos costumam dizer: não depender dos pais para comprar a cueca.

Luca
1 year ago

Problema não é ele e sim você, Claramente você gerou atrito querendo dominar ele, o que te torna 100% errado da história, uma que você é padrasto o que já gera atrito, o perfil do seu enteado é de alguém chateado o que o torno Opositório a tudo, então se você for para colidir ele vai colidir, Seu erro claramente foi este querer mandar, entenda pagar as coisas não te da direito e sim te da moral de dar conselhos, quando sabe dar conselhos isto fere o ego do outro e faz ele mudar, o seu jeito precisa mudar, e mãe dele já percebeu isto, que quem causa é você. Mude, tenta apoiar ele, ele gosta de jogos? Pague um curso de criar jogos, mesmo que custe 200-300 reais por mês isto vai criar um novo vinculo, saiba da conselhos sem ORDENS, mostre que ele está errado em X sem querer se mostrar, use a Cabeça.

Botão Voltar ao topo