Momento Complicado no Casamento

Sinceramente não sei bem como vim parar aqui. Mas sinceramente acho que vai ser muito bom colocar um pouco para fora meu sentimento.
Tenho 3 anos de casado e já fazia tem que não passávamos por uma briga assim. Discutimos por falta de comunicação e compreensão de ambos os lados. Ela não falou para mim o que estava sentindo e eu distraído não percebi e com isso ela sempre me cobra de maneira mais ríspida e com isso sempre há um choque.
A realidade é que não sei se quero mais isso para a minha vida. Sou um homem fiel, provedor, busco sempre a felicidade dela, e eu sei que ela também busca a minha, mas a comunicação é uma coisa que realmente mexe comigo de uma maneira muito séria e eu sinto que ela não sabe conversar, e isso me faz perder a cabeça.
Na verdade nesse momento só quero um momento de paz. Só desejo que tudo tome o melhor rumo. Seja no singular ou no plural!

3 Comentários

  • Ana Júlia 24 de abril de 2019

    Os casamentos que melhor se sustentam são aqueles que se adaptam melhor as mudanças e sabem compreender e respeitar as necessidades mútuas, favorecem o diálogo e a transparência para saber de que forma poderão se melhorar para ter um clima harmonioso, interativo, transformador para driblar os momentos de tédios e rotinas. Aparentemente na sua união, a comunicação já está partindo para o desrespeito, cobranças, trocas de ressentimentos, pois da parte dela espera que vc desenvolva seus poderes místicos de telepatia, para tentar adivinhar o que ela necessita, para ser atendida nas suas vontades e da sua parte pelo visto está vivendo no piloto automático da relação, não prestando muito atenção aos detalhes do casamento, esquecendo-se que um casal para ser mais entrosado, tem que encontrar alguns momentos mais divertidos para curtir juntos um clima de namoro. Não é só sexo, pois nenhuma mulher quer se sentir um saco com um buraco no meio das pernas, mas desejam também se sentir desejadas, valorizadas, elogiadas por algo especial que tenha feito por vc. Penso também que a mulher quando vira dona de casa, acaba ficando rabugenta e destruída pelas rotinas, por esse motivo deveria motivá-la a encontrar algo diferente para ela se realizar, por ex um emprego, caso contrário, toda a carga emocional negativa,recairá sobre vc.

    Resposta
  • nayara 24 de abril de 2019

    Talvez nem ela saiba que tenha um problema, que não consegue se comunicar com você.
    Incentive ela a procurar um psicólogo. Terapia pode ajudá-la a mudar de comportamento . Tente isso antes de se separar.

    Resposta
  • Ygorina 25 de abril de 2019

    Quando eu tinha 6 anos vi minha mãe fazendo um boquete num amigo da família. Ainda me lembro bem da cena como se fosse ontem. Naquela tarde não tinha ido à escola porque estava com febre. Minha mãe tinha me dado um remédio e adormeci e quando acordei andei pela casa e os vi. Eles não me viram e voltei para cama e adormeci de novo. Achei que aquilo era normal e não dei muita importância, alguma coisa de adulto que as crianças não deveriam comentar. Quando se é criança a gente acha que o que os adultos fazem é sempre certo. Só que aquilo nunca me saiu da cabeça e nos anos seguintes, sempre que eu chegava da escola eu encontrava os dois em casa. Achava esquisito, mas nunca comentei nada. Minha mãe quase sempre de roupão por cima da pele sem nada por baixo. Acho que ela pensava que eu não percebia, mas eu percebia tudo inclusive quando disfarçadamente se beijavam quando ele ia embora ou quando se tocavam inapropriadamente. Nunca comentei nada disso com ninguém da família, mas cresci com um certo sentimento de revolta por saber que minha mãe traía meu pai.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *