Minha ex esposa teve uma filha com outro cara

Boa tarde, tenho 30 anos e ela 27, nós nos conhecemos ainda no ensino médio e ficamos juntos durante 12 anos, juntando tempo de namoro, noivado e casamento.
Eu era muito imaturo no início da relação mais do que ela.
E tivemos muitos momentos bons, porém devido a problemas familiares, financeiros e atitudes erradas minhas a nossa relação se desgastou e começamos a se distanciar um do outro.
Ela é uma pessoa muito boa, coração bom e meus pais adoram ela.
Eu ainda não tive contacto com ela e sua filha após o nascimento da mesma, mais fiquei do lado dela praticamente a gestação toda ajudando a mesma com praticamente tudo.
Quando ela descobriu a gravidez não estava mais com o pai da menina, eles ficaram juntos por poucos meses.
Foi um namoro que não deu certo para ela, pois ela ficava me procurando e eu também tentando reconquistar ela.
Hoje o meu único medo é não saber me dar com a presença dele em nossas vidas por causa da menina.
Se ele não quisesse assumir a menina ou sumisse seria mais fácil para tentarmos recomeçar como casal, juntamente com a menininha que não tem culpa de nada que está acontecendo.

5 Comentários

  1. É uma situação delicada, pois você de marido, tornou-se o amante dessa mulher, enquanto estava com o outro, ou seja, percebeu que ela ao ter um forte envolvimento emocional é capaz de trair, tanto é verdade que ela largou o ex para voltar para vc. Agora a sua preocupação é com o ex dessa mulher, uma vez que trouxeram ao mundo uma filha, que pelo visto foi sem planejamento, pelo pouquíssimo tempo que permaneceram juntos, sem que houvesse da parte dela real motivação com a relação com esse homem. Sinceramente eu acho, que vocês deveriam apenas se manter como namorados, cada qual morando na sua própria casa e veja se com o tempo você se adapta a essa nova situação, mesmo porque será inevitável esses contatos desse ex com a mãe da criança, assim como muitas contas de manutenção essa nova estrutura irá respingar na sua cabeça, se resolver morar juntos novamente. Importante inclusive que essa mulher trabalhe, para não herdar pastinhas de contas, pois muitos ex relaxam com o pagamento da pensão, quando percebe que o padrasto está abrindo a carteira. Essa situação também limitará, oferecer uma melhor qualidade de vida para o seu filho biológico, já que tem outra criança que terá que dividir tudo. Sem dúvidas o melhor é arrumar uma mulher sem cachos e começar do zero com ela.

  2. Egoísta você, hein? Era melhor o pai não registrar ou sumir e a criança crescer sabendo que foi rejeitada, ficando sem nenhuma assistência? Só para o bestão inseguro ficar à vontade para brincar de casinha, de família de comercial de margarina? Você teve a sua oportunidade e como você mesmo disse, acabou com ela por imaturidade. Agora lide com o cenário atual porque ao contrário da maioria dos covardes que saem fazendo filho por aí, o pai vai dar o nome dele para criança. E até ela crescer vai ter muita convivência, muita conversa sobre pensão, sobre educação, escola, muita festinha de aniversário e outras coisas mais que ele vai participar. Agora faça sua escolha, lembrando que a prioridade da sua esposa agora e para todo sempre é a filha dela.

  3. Se o periodo que tiveram juntos: namoro até o casamento foi turbulento; depois você passou a amante frente a nova relação dela e, surgiu a gravidez. Isso que dá a TV Globo passar Malhação ao entardecer. Me parece que casamento não seja o objetivo de vocês, assim como continuarem póde fazer vir nova gravidez. Melhor é ela trabalhar, focar na criação da criança e, que a experiência tenha servido como amadurecimento.

  4. E quem disse que essa criança pode não ser sua? Se você foi amante dela, há grandes chances! Já fez teste de paternidade? Vai atrás disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar