Meu marido implica com a namorada do meu filho

desabafos sobre problemas e dramas familiares e do dia a dia em familia

Tive um filho solteira que vive comigo e com meu marido. Me casei quando ele tinha um ano e estou casada há 13 anos. Eu e meu marido vivemos bem, mas ele deu de implicar com a namoradinha do meu filho. Darei uma festinha de aniversário para meu filho apenas para a família e convidei a namoradinha, meu marido quer que eu desconvide, pois acha que eles não tem idade para namorar. Também acho, mas convidei apenas como amiga. Mas ele insiste que eu desconvide me fazendo passar por uma situação desconfortável. Já disse a ele que não vou fazer isso, mas estou com medo de ele destratar a menina na frente dos parentes. Meu filho me pressiona diz que sem ela não quer a festa, não sei o que fazer. me ajudem.

5 COMENTÁRIOS

  1. Não faz festa simples assim, eu não tiro a razão do seu marido eu como mãe tbm não sei o que se passa na sua cabeça de deixar um adolescente de 14 anos namorar, seu marido pelo menos me parece mais centrado, duas crianças namorando o problema disso tudo é essa menina engravidar, vc como mãe não percebe o quando essa responsabilidade cai sobre vcs, uma coisa aprendi com meus pais na época achava um saco, mas hoje entendo, na minha casa só começamos a namorar quando arrumamos empregos e formados hoje vejo o quanto meus pais se preocupavam conosco e com o nosso futuro.

    • Essa mãe está permitindo que se estabeleça um clima de intimidade da garota com a família, para favorecer a transa entre esses adolescentes, pois será dessa forma que esses jovens irão interpretar. Ela só está enxergando perifericamente a situação, achando que garotos de 14 anos, não pensa em sexo, passar em namoros bobinhos. A garotada hoje em dia está ligeira demais e o tempo todo está bombardeada ainda na sua precocidade, pela ideia de curtir os prazeres do sexo, inclusive pelos bate-papos informais dos amigos que já tiveram a sua primeira experiência. Para os pais todos os filhos são inocentes. KKK Se essa mãe não mudar sua postura, irá ser avó antes do tempo, mas por sorte ainda tem um marido que sabe exatamente dos riscos.

  2. Concordo plenamente com a Anne, pois já não bastou você ser mãe solteira, agora quer submeter aos mesmos riscos essa garota, com uma gravidez não planejada em uma idade totalmente inadequada, prejudicando o futuro do seu filho e o da menina? Você acha que vai estourar na cabeça de quem esse problema, se começar a estimular esse excesso de intimidade, trazendo a menina para dentro da sua casa? Você já verificou por ex se o seu filho anda com preservativos na carteira ou você já conversou com ele sobre como ele deve se conduzir quando a garota for ter a sua primeira relação com ele, exigindo que da parte dela também exista medidas protetivas, pois uma camisinha mal colocada, também oferece riscos e o que é muito comum ocorrer, pois as primeiras relações de um garoto, é comum ocorrer de forma atrapalhada, até mesmo pela excitação. A melhor solução é cancelar essa reunião, se realmente para você é complicado voltar atrás e também para não gerar uma rebeldia no seu filho, pois com filhos adolescentes tem que usar muita psicologia, evitando bater de frente, pois eles adoram ser do contra e passarão a aprontar nas suas costas. Tem que haver muito diálogo, monitoramento e ocupar o seu tempo, com cursos, esportes, para lhe tirar um pouco do foco de namorinhos. Seu marido está corretíssimo e com todo respeito mas está sendo bem mais racional do que você.

  3. Pode ser por dois motivos:
    Primeiro: é até estranho o seu marido ir tão contra convidar uma namoradinha que talvez o namoro seja até inocente aos 13/14 anos. Tipo, todos os pais aceitam isso. Numa festa de aniversário tem amigos afinal. E pode ser que seu marido cobice seu filho, que sinta ciume dele ainda mais agora que “namora”. Fica de olho se ele não abusa do menino, isso acontece muito nas famílias padrasto/enteado (parece loucura, mas pode acontecer).
    Segundo: seu marido pode ser sensato e não ser o monstro acima do primeiro caso. Pode ter mais juízo que você não deixando haver o incentivo para o menino de 14 anos namorar. Porque por mais que seja “inocente” este namorico, já já rola transas. E esse é o perigo. Seu filho sabe se prevenir? A namoradinha sabe tomar um anticoncepcional corretamente? Caso contrário, sobrará netinho para você cuidar e ainda talvez bancar pensão para a mocinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here