Meu marido é muito grosseiro

desabafos de problemas no casamento

Sou casada há 3 anos tenho um filho de 7 anos de outro relacionamento e um bebê de 6 meses com meu atual esposo. Larguei meu emprego para viver com ele em uma fazenda e me dedicar a ele e ao meus filhos. Ele é muito nervoso e quase sempre me trata com arrogância e me diz coisas que me machuca muito quando ele esta nervoso mas depois fala que é da boca para fora.
e ninguém da minha família para ele presta somente a família dele presta, tenho vontade de ir viver minha vida, mas me falta coragem porque afinal agora são dois filhos e de pais diferentes e já estou a 3 anos fora do mercado de trabalho. Enfim eu amo ele mas acho que ele nunca vai mudar e não quero viver humilhada para o resto da vida.

7 COMENTÁRIOS

  1. Por você possuir filhos, você tem é que arranjar um emprego primeiro e se estabilizar nele, depois você se separa e vai viver sua vida com alegria, nada pior do que viver com uma pessoa que não valoriza o companheiro e só a desmoraliza, corre para sair dessa vida infeliz o mais rápido possível.

  2. ”Enfim eu amo ele mas acho que ele nunca vai mudar e não quero viver humilhada para o resto da vida.” Ama, amiga? Ama um homem que a trata feito lixo, é? Que bom que já anda pesando mais na sua mente o fato de projetar a sua vida para daqui há uns cinco anos talvez, que é justamente quando estará por mais tempo ainda afastada do mercado de trabalho. E mais ‘acabada’ de tanto ouvir os ‘foi sem querer’ dele como pretexto, fora os anteriores desacatos. Seus filhos são ‘seus’, não faz diferença quem são os respectivos pais, minha amiga. Porque no fundo você sabe muito bem que não os repartiria um para cada pai e ficaria longe deles.

  3. Infelizmente você não foge ao padrão de muitas outras mulheres, que se enrolam ao colocar mais filhos no mundo gerando mais dependentes, mesmo sabendo que o relacionamento não oferece consistência. e o pior você ainda saiu do mercado de trabalho, ficando totalmente vulnerável em um casamento complicado. O que você deve fazer agora é tentar urgentemente recomeçar no mercado de trabalho, adquirir alguma autonomia financeira, para pensar nos seus próximos passos. Sem ter essa estrutura, ficará sob tirania e maus tratos de uma pessoa que não te respeita. A tendência inclusive é a de intensificar esse comportamento do seu marido, pois quanto mais dependente você se torna, os abusos se tornam mais frequentes.

    • ”Infelizmente você não foge ao padrão de muitas outras mulheres, que se enrolam ao colocar mais filhos no mundo gerando mais dependentes, mesmo sabendo que o relacionamento não oferece consistência. e o pior você ainda saiu do mercado de trabalho, ficando totalmente vulnerável”.
      Assino junto cada letra e cada frase. Parabéns pela colocação assertiva! Espero que muitas mulheres leiam e que absorvam esse conteúdo mais do que oportuno sempre.

  4. Já vivenciei uma situação parecida, e agora vc com um bebê de colo…vc precisa ser mais consciente dos seus atos meu amor…não estou falando que vc errou em algum ponto, jamais, vc esta vivendo a sua historia e se construindo mas vc tem dois filhos, vc precisa aprender a ser menos vulnerável emocional e financeiramente do outro pq assim as pessoas só te usam… eu estou nesse processo tbm estou anos fora do mercado de trabalho, tenho que colocar ateh mentira no meu currículo para potencializar as minhas chances, não se trata de certo ou errado mas de sobrevivência, enfim dependo das palavras que ele proferiu te indico a procurar a sua familia… minha familia me acolheu quando cheguei no ponto mais critico…boa sorte

    • Anaximilian vc é um babaca…amiga vai ajeitando suas vida aos poucos,eu vivia a mesma coisa q vc,fui fazendo cursinhos,arrumei creche publica,arrumei um emprego…e dei um belo chute nele.Botei pra fora de casa e exiji pensão na justiça para as crianças.Hj me mantenho tranquila,as crianças cresceram e tenho um novo amor.Na vida tudo se resolve,é só correr atras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here