Desabafos Adultos

Masturbação feminina

Há pouco tempo me entreguei a masturbação. Nunca havia tentado porque achava que era errado, pode ser pelo modo como fui criada, minha mãe nunca conversou comigo sobre menstruação, tampouco sobre qualquer coisa relacionada ao sexo. Além disso, eu sou virgem, tinha medo de perder a virgindade. Enfim, era muita resistência.

Um dia resolvi tentar, mas não senti nada, a partir do momento que liberei minha mente a coisa começou a fluir. Usava mentalmente o meu vizinho para ter inspiração, e o resultado foi positivo, tive meu primeiro orgasmo, a sensação sexual mais gostosa que já senti. Desde esse dia pratiquei mais e tive vários orgasmos.
Em dado momento pensar no meu vizinho já não estava mais funcionando, precisava de um estímulo visual, procurei na internet fotos de pênis e de pessoas transando, filme pornô também, e foi maravilhoso porque comecei a ter orgasmos múltiplos.

Quanto às mulheres virgens, NÃO pode introduzir nada na vagina. Deve-se usar o dedo para massagear a região superior do clitóris em movimento circular, ou de cima para baixo/de baixo para cima, devagar e depois aumenta a velocidade conforme a sua necessidade.

Eu ainda não usei vibrador, no meu caso, teria que ser o modelo para massagear o clitóris, em breve irei comprar.
No caso das mulheres que não são mais virgens, existe um modelo num formato tipo seta para alcançar melhor o ponto G (achei muito interessante), além de vários outros modelos.

O objetivo deste desabafo é compartilhar experiências, pois percebo muita resistência das mulheres em falar a respeito. Conheço mulheres casadas que me relataram que nunca tiveram orgasmo.

Ler
Meu penis é pequeno e sofro muito com isso.

Existe muita informação de qualidade na internet, inclusive tenho uma indicação, Cátia Damasceno, ela tem um Blog e um canal no Youtube. Tenho aprendido muito com ela, e as dicas dela são úteis tanto para a mulher quanto para o homem.

Nós mulheres precisamos conhecer o nosso corpo e os nossos gostos sexuais, saber o que nos dá prazer e em qual local, até para orientar o nosso parceiro.

Quanto ao orgasmo, como eu nunca havia tido não sabia como era, o que era e do que se tratava.
Acredito que cada mulher pode sentir algo diferente, então, irei relatar o que sinto.

Quando me entreguei a masturbação sem amarras senti o meu coração bater mais acelerado, transpirei mais, ficava ofegante, a vagina ficava contraída, o meu corpo chegava a tremer e veio aquela sensação indescritível de prazer acompanhada de um líquido, ao continuar a masturbação a sensação prazerosa se repetia.
Acredite, quando acontecer você irá saber.

Eu tenho facilidade em ficar lubrificada, só de pensar ou ver fotos/filmes fico molhada. Se você não tem essa facilidade pode usar lubrificante íntimo à base de água (vende na farmácia – pode ser usado durante a penetração também), ou hidratante corporal (use pouco e apenas na parte superior do clitóris, não passar na vulva para não causar irritação).

Te convido a compartilhar suas experiências conosco nos comentários. E as dicas são bem-vindas.

Que seu dia seja muito prazeroso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar