Fui trocada pelo meu ex

Confesso que estou chorando muito, não estou conseguindo dormir e estou gritando, o motivo é que meu ex resolveu terminar comigo pois ele está apaixonado por outra garota, ele me falou isso e disse que não queria me trair, ele disse que vai quebrar a cara, pois talvez a garota não queira ele, isso doeu demais e ele resolveu terminar. Sabe eu ainda amo ele, não entendo porque ele quis me trocar por outra garota, que nem dá bola para ele, não tenho mais coragem de falar com ele nem com os amigos deles pois estou muito mal, os amigos dele estão dizendo que pelo menos ele não me traiu, mas mesmo assim dói, porque eu perdi ele. O que eu devo fazer?

12 Comentários

  • Du 8 de maio de 2019

    Bola pra frente o tempo cura. Se ele já não sentia algo especial por vc, melhor terminar do que viver uma mentira e acabar te traindo. Vai por mim melhor assim ninguém manda no coração.

    Resposta
  • Milena 8 de maio de 2019

    Vive o luto.
    Mas,depois veste de amor próprio!
    Se ame!
    Não se diminua!
    Saiba o seu valor!

    Resposta
    • Manu 8 de maio de 2019

      ada dia nasce de um novo amanhecer, portanto, ficar preza a tristeza por uma perda emocional é reviver o passado, é um tempo perdido de vida, que não te remete a novas buscas que lhe traga felicidade.
      Cada dia se locomove de forma diferenciada, mediante as experiências absorvidas da vida, que faz o Ser humano se renovar frequentemente e dentro desse processo de mudanças, os seus desejos de hj, poderão ser diferente aos de amanhã e isso é válido para os aspectos afetivos, pois a química da atração e da vontade de permanecer em uma relação é extremamente volátil.
      Na minha concepção o desafio mais difícil da vida é o de conseguir se manter em uma relação conjugal de forma longeva, pois terá que passar por muitas fazes de mudanças, adaptações,alinhamento dos interesses, enfrentar furacões e tempestades, mas sempre se mantendo de pé, ao lado desse parceiro, fora o fato de ter que lidar com situações subjetivas que envolve sentimentos e tesão.
      O sol, a lua, as marés,todos os fenômenos climáticos da natureza sempre mudam e são imprevisíveis de reagir aos seus extremos, porque com os homens seria diferente? Penso que vc deveria recolher a sua tristeza, resetar o que não funcionou nessa relação, replanejar o seu futuro e não mais ficar olhando para o retrovisor da sua vida. Siga adiante, pois a vida sempre promete mudanças que podem verter para melhor. Isso logicamente, vai também depender das suas escolhas.

  • Ana 8 de maio de 2019

    Não adianta insistir em alguém que já está emocionalmente desinteressado na relação e mesmo que a outra não fique com ele, essa foi a escolha que ele fez e vc nada pode fazer para mudar essa realidade. Ficar tentando uma reaproximação, só irá te fazer sofre ainda mais, portanto, não perca tempo com isso. Nenhum relacionamento deve se tornar o centro do seu Universo, pois não existe data de validade e nem garantias de que irá funcionar para sempre. Tem um pensamento de Vinícius de Moraes que diz: “Que o amor seja eterno, enquanto dure”, portanto é dessa forma que vc deve viver os seus relacionamentos, investindo no hj, mas sem se preocupar se o amanhã essa pessoa estará ou não ao seu lado, por esse motivo tem que buscar a sua autonomia para o que der e vier. Eu fiquei viúva aos 30 anos, portanto, essa já é uma prova de que tudo lá na frente pode mudar, que seja pelo destino, pelo desapego a relação, pela vontade de mudanças, enfim, procure seguir adiante e não se fecha a novas possibilidades afetivas na sua vida, pois sempre a vida nos promete dias melhores e nada como um novo amor, para vc se sentir com a sua auto-estima revigorada. Para que derramar lágrimas por alguém que não te merece?

    Resposta
    • Sei lá 8 de maio de 2019

      Ana, não vale a pena namorar. Não vale a pena manter esse tipo de relação afetiva intensa. Principalmente se a pessoa é sensível. Que fique só. Namorar vários caras durante a vida não é felicidade, é suicídio moral. As pessoas nos traem mesmo quando somos perfeitos. Relacionamentos acabam mesmo não tendo motivos para acabar. É um jogo sujo, é uma espécie de “jogo das cadeiras” sem leis para sentimentos.

      Enfim, tudo é tão covarde… As pessoas, as circunstâncias, as leis deste mundo, a vida… Tudo é tão desonesto que chega a ser natural. Quase ninguém percebe. Não podemos ir contra a maré alta. E a justiça? Nem os homens fazem.

    • manuela 9 de maio de 2019

      #seilá
      Pare de dramatizar. Manter um relacionamento afetivo é apenas interagir com outro alguém, não passa de uma interação humana a mais, como no trabalho, na escola, em familia, etc. Demanda cuidados, demanda algum esforço às vezes, demanda querer isso, demanda dedicação, etc. Enfim, nada que seja um fim de mundo, sabe? Então vamos parar de problematizar as coisas. Nada de supervalorizar porque senão a gente volta aos folhetins romanticos do seculo XVIII acreditando naquilo ao pé da letra.

  • Obervador 8 de maio de 2019

    Uma coisa é querer casar e outra coisa é querer determinar com quem. Não adianta insistir que fiquem conosco. Há pouco tempo, um colega de outro setor passou pelo que passei recentemente: a função de chefia “delas” falou mais alto do que um relacionamento com quem é liderado. E chefia de Serviço Público que troca o Governo há “dança de cadeiras”. Então é aquela questão: há inúmeras razões para um relacionamento não ir adiante.

    Resposta
    • manuela 10 de maio de 2019

      #seilá, aliás sei lá se vale a pena comentar, acho que não.

  • manuela 8 de maio de 2019

    Pare de gritar antes que alguém chame a policia. Terminos de relacionamento não são coisas para histerias, dá licença, garota! E relacionamentos, aliás, não possuem apolice de seguro, sabia? E se ele voltou para a ex ou foi aos quintos dos infernos é problema dele. O fato é que não acho que você precisasse ou desejasse migalhas já que ele resolveu-se por romper. Muito mais honesto da parte dele do que enganá-la, não acha?

    Resposta
    • Sei lá 9 de maio de 2019

      Você é muito chata Manuela idosa.

  • nayara 11 de maio de 2019

    Calma! Sei que está doendo e vai doer por um tempo até que você consiga esquecer ele.
    Você fez o que podia mas ele resolveu ir embora e você precisa aceitar a decisão dele.
    Se acalme, e se aproxime das pessoas que você gosta. Procure sair com as amigas e tente distrair a cabeça.
    Não vá atrás dele porque ele vai te rejeitar e você vai se sentir muito mal. Tente seguir a vida sem ele. Isso vai passar.

    Resposta
  • Cleiton Rasta 12 de junho de 2019

    Corre que o corno ta puto.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *