Eu sou cristã e meu pai é ateu

problemas religiosos e espirituais

Sou de uma família muito diversificada, desde pequena aprendi a crer em um único Deus e Cristo Jesus Salvador, aprendi isso com a família da minha mãe, porém não frequentava nenhuma igreja, foi quando com 12 anos comecei a ter mais interesse na fé cristã e comecei a frequentar uma igreja.
até aí parece está tudo perfeito, mas não, eu e meu pai sempre fomos muitos juntos e unidos, verdadeiros amigos amigos até eu me converter, após isso minha vida se tornou um desastre, eu e meu pai se afastamos muito, temos problemas de relacionamento, e por causa do estresse dele ele já teve um problema bem perigoso, mas graças a deus já esta tudo bem, porém temo, meu pai me julga muito por tudo, e é tudo mesmo, exemplo ele me diz que não vou a igreja para ouvir a palavra, me julga se digo coisas que estou sentindo e a frase que ele mais diz se faço algo errado é ”e é cristã né”, na mente dele é como se cristã fosse uma pessoas que não erra, infelizmente estou muito magoada com tudo isso, não vejo mais saida. tem vezes que penso que estou em um mundo imaginario e ruim, e que a dor de está se distanciando do meu pai nunca vai acabar. ele simplesmente não aceita minha fé,

3 COMENTÁRIOS

  1. Ser uma fiel, não significa ser uma chata, que quer fazer as pessoas ao seu redor serem doutrinadas na sua crença. Se ele é ateu, vc tem que respeitar e ficar evitando de ir com uma postura de beata em cima dele, pois vc já sacou que isso só está criando um clima ruim de convivência e ainda vc acaba escutando aquilo que vc não quer. Se vc quer saber a verdade, os ateus são mais generosos com outros seres humanos, do que os religiosos, inclusive os que mais fazem caridade Sei disso, pois já participei de uma pesquisa sobre esse ponto. Está vendo ser uma fiel, nem sempre te da garantias de que vc está livre de cometer erros. Deixe o seu pai com as convicções dele, evite tais assuntos com ele e vai fazer as pazes. Desculpe-me minha sinceridade, mas distanciar de um pai por causa de religião, é muita falata de bom senso.

  2. Não para de orar por ele.
    Não desanime na caminhada. Ele tem o livre arbítrio dele, pode ser ateu, porém você como cristã deve buscar sabedoria de modo a que o seu relacionamento com ele, mesmo ele atirando pedras, seja melhor, você deve talvez não falar de Jesus diretamente, mas mostrar Jesus através de suas atitudes para com ele e para com os outros.
    É um processo pode demorar, mas não desista, construa tijolo por tijolo.

  3. Desejo forças pra ti pois não tenho pessoas na família com um impasse desses. Mas tenho algo a lhe falar, pois convivo com pessoas no meu trabalho e na faculdade que pensam totalmente diferente de mim. Mas o que seria bom é você deixar para o seu pai quem você se tornou. Não espiritualize a conversa. Deixe as coisas acalmarem e puxe ele pra conversar numa boa e diga pra ele que você crê em Cristo pois você é pecadora, pois cristo so salva pecadores e por isso você erra sempre e você acredita que ele te resgata. Mas explique pra ele não tentando convence-lo pois quem faz isso é o Espirito Santo. Mas quando eu digo para dizer a ele é para ele entender como você pensa e peça respeito pois você também deve respeito a ele pela posição dele (alem de ser seu pai). Diga-o que quer ser amada por ele e não fique pregando pra ele. Fale quando ele quiser ou puxar assunto. Mas uma coisa você deve fazer em secreto, pedir a conversão dele para Deus, pois Ele pode fazer isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here