Desabafos Adultos

Estou pensando em assumir o bebé sozinha

Há pouco mais de dois meses atrás,incentivada por uma amiga,baixei em meu celular um aplicativo de namoro.Sem muita paciência para me relacionar online o deletei dois dias após porém antes de fazê-lo acabei dando o número do meu Whats para um rapaz do site.Moro em Minas e ele era do Rio.Não tínhamos muito em comum mas nossas conversas eram tão interessantes e divertidas que nos tornamos amigos.Nos falávamos todos os dias,praticamente até a hora de dormir.Variados assuntos,incluindo sobre a vida badalada de solteiro que ele tinha.Apesar de ser um homem bonito e com uma boa profissão eu nunca imaginei nada além da nossa amizade,pelo fato dele ser um mulherengo pegador.Depois de mais de um mês de conversas rotineiras ele começou a mudar o comportamento.Passou a insistir que nos conhecêssemos pessoalmente e que era um “desperdício” não ficarmos,já que nos dávamos tão bem.Depois de duas ou mais semanas insistindo,cedi.Por que não? Éramos adultos,independentes e solteiros.Ele pediu que passássemos o final de semana juntos e aceitei.Fui ao ginecologista e troquei a proteção da camisinha pelo anticoncecional injectável.O primeiro erro cometi ao pensar em me proteger de uma gravidez,esquecendo das DST.Enfim,passamos um ótimo final de semana juntos e nossa amizade se manteve após o encontro.Nada havia mudado.Dias depois,tive um sangramento e fui a ginecologista.Descobri que,apesar de ter feito o uso do anticoncecional,eu não estava totalmente protegida.Precisaria esperar no mínimo dez dias antes de ter relações sexuais desprotegida.E pior,eu estava no meu período fértil durante o final de semana que dormimos juntos.Corri até a farmácia e tomei a pílula do dia seguinte.Mas já tinham se passados dias.Contei para ele,que reagiu bem,Disse que eu não deveria sofrer por antecedência.A questão é que depois daquela conversa,passamos a brigar constantemente.Atualmente não nos falamos.E o teste de gravidez deu positivo.Tenho 30 anos,moro sozinha,tenho estabilidade profissional e financeira.Estou pensando em assumir o bebé sozinha e não contar a ele sobre a gravidez.O que fariam no meu lugar ? O que é o correto a ser feito ?

Etiquetas
mãe solteira

4 Comentários

  1. Minha cara amiga na minha opinião, vc deveria conta sim mesmo que ele não assuma ele eo pai e se ele não quiser assumir o problema é dela, a consciência e dele nada pior para o ser humano é ficar preso em sua consciência principalmente quando isso envolve um pedaço de si mesmo e ainda indefeso, conta sim .

  2. Acho que deveria contar, mesmo que no final das contas você tenha que arcar com as consequências sozinha. Boa sorte.

  3. Nossa vc realmente deve falar com ele, respira com calma, pela sua historia vc esta bem de vida, só e livre, não vejo problemas em vc contar, ele aceitando ou n vc terá um filho. vc não precisa dele pra criar seu filho, essa historia de que criança precisa do pai é besteira, criança precisa é de amor, carinho, educação, não pense nele se acha que ele tem obrigações, só a da pensão é claro, e se vc achar melhor no futuro pode ser que sua criança queira ver ele, por isso seja indiferente a opinião dele, vc disse q ele é mulherengo, isso vai passar um dia, mais n fique idealizando que ele venha ser aquilo que vc quer que seja, pois isso só piora as coisas, então faca o que vc achar melhor, eu no seu lugar estaria feliz!

  4. Devia contar, ate porque ele também tem o direito de saber que é pai, que vai ter um filho. Se ele não quiser assumir, pois seja mãe sozinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar