Ela está grávida e me largou

Sou lésbica e namoro há 4 anos, muitas brigas ,diversas idas e vindas. mas sempre declarei para ela o meu sonho de ter uma esposa que engravidasse e logo depois também sonho em gerar.
Ela sempre quis casar, sempre pressionou muito neste sentido;porém eu vivo muito bem com meus pais e não sentia nela confiança tal para viver uma vida inteira.
Ela sempre dizia que quando engravidasse iria fazer eu ficar na mão dela. (Fato! ela fez inseminação, acompanhei, Fiquei maluca com a idéia de ser Mamãe )
A gravidez se confirmou, ela começou a me desprezar, cobrou para eu ligar mais para ela, dar mais atenção. mas quando redobrei meu carinho e dedicação ela simplesmente me pisou, esnobou . ela vai fazer 2 meses e disse que eu não entendo os hormônios da gravidez e que era melhor cada uma seguir sua vida.
Respondi apenas. Meu carinho e minha amizade por você permanece o mesmo ( Engoli tudo quietinha )
será que é uma fase?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

2 Comentários
  1. lara Diz

    Olha, eu acredito que se você não imaginava um futuro completo com ela talvez não devesse dar esse passo tão grande que é ter um filho, “não sentia nela confiança tal para viver uma vida inteira” essa frase não é bem constituída pra quem tá em um relacionamento, porém agora que vocês foram longe demais é preciso assumir responsabilidades, entende? Houve um ponto errado logo no ínicio, quando não vemos um futuro com a pessoa então estamos com a pessoa errada! Sem mais. Digo profissional, pessoal, pra vida.
    A sua companheira precisa entender também que uma criança não é um contrato pra fazer você de gato e sapato, não deveria ficar quieta por causa da gravidez porque ela é adulta e merece escutar tudo sim. E esquece esse papo que apenas uma é mãe, eu sou adotada e te digo com toda força do mundo, mãe é quem cria, ama, cuida, educa, dispõe do seu tempo e afeto. Você também é mãe!

  2. lara Diz

    Há pontos imaturos na história, eu deixei claro na minha opinião. Minha resposta se direcionou apenas, totalmente, a quem perguntou. Não estou entendo você me respondendo, eu não perguntei e nem pedi sua aprovação pra minha resposta. E respondendo a sua questão como eu já respondi antes “Olha, eu acredito que se você não imaginava um futuro completo com ela talvez não devesse dar esse passo tão grande que é ter um filho, “não sentia nela confiança tal para viver uma vida inteira” essa frase não é bem constituída pra quem tá em um relacionamento, porém agora que vocês foram longe demais é preciso assumir responsabilidades, entende? Houve um ponto errado logo no ínicio…”

Usamos cookies para dar uma experiência melhor aos utilizadores que visitam o nosso site. AceitarPolitica de Privacidade