Devo assumir a minha família que sou gay?

Sempre fui um garoto modelo da família ,aquele que estuda é direito não usa drogas é educado não insulta ninguém e trata todos da mesma forma . O problema é que minha família é muito preconceituosa e há uma grande implicância com gays . Mal sabem eles que também sou gay mas sou o mesmo de sempre . Tenho medo de contar e virar o desgosto da família aquele que mudou . Mesmo que eu já tenha me aceitado estou lidando com um turbilhao emocional para saber se conto ou não . Não sei o que fazer

Ler
Sou pastor e quero me separar, pois sou gay
Etiquetas
gay

9 Comentários

  1. é melhor ficar no armario!
    se você assumir, vão cair de pau em cima de ti!

  2. vc conta se quiser. Mas contar para que? Viva sua sexualidade normalmente, você não esta fazendo nada de errado, mas você não precisa contar para todo mundo como tbm não contaria se estivesse se relacionando com uma menina. Mas se você quer contar, conte, mas aguente as consequências. Infelizmente, as pessoas ainda são muito preconceituosas. Você é livre para gostar de quem quiser, sendo de outro sexo ou não.

  3. Se eu fosse voce, não contaria agora NATO. Pelo menos poor enquanto! Os pais sempre ficam chocados com qualquer coisa que seja diferente do que else sonharam para os filhos. Voce está preparado para as críticas, a começar dentro de casa? Meus pais ficaram furiosos quando eu contei que não era mais virgem! Imagine a reaçao dos seus! Seja feliz e não precisa dar satisfaçao de suas preferências.

  4. Corrigindo: se EU fosse você não contaria agora nao! Voce não precisa regular para o Munro inteiro o que Roma name sea intimidade. Para que? Para as pessoas criticarem? Sua Vida sexual pretence somente a voce. O corpo é seu! Felicidades!

  5. Desculpe os erros. É o corretor! Eu quis sized: Não precisa contar para o mundo inteiro o que rola em sua intimidade.

  6. Fica na tua, quando você tiver sua própria casa e tiver se sustentando, você conta.. porque ai ninguém vai te julgar, afinal vão respeitar que você faz sexo com as costas.

  7. Não precisa contar. Acho que internamente já sabem. No entanto, enquanto você não puder se sustentar, tiver um casa própria, melhor ficar na sua.

  8. Olha, os nossos parentes sempre querem boicotar a nossa sexualidade mesmo, ainda mais se você for homo.
    Quando eu não era assumido, minha mãe vivia enfiando camisinhas na minha carteira para eu sair com fulano e ciclano, bastou eu me assumir que ela nunca mais quis saber das camisinhas e ainda por cima ficou contando dos casos dela para mim. Minha mãe sempre foi do tipo de pessoa que fala: deus fez a mulher por homem e o homem para mulher.
    Hoje depois 1000 anos, ela está cheia de doenças e é aqui o homossexual que a custeia. A vida muda.
    Assumir ou não, vai de você, eu tenho um gênio forte e não gosto de ficar me fazendo do que não sou para os outros, agora se você não quer ter brigas e prefere ficar a vida recalcado, não assuma.
    Ainda mais que gay quase não tem vida sexual mesmo, ninguém quer, então não faz muita diferença assumir ou nao, a não ser para se evitar gente chata chegar perto de nós.

  9. Atração é pessoal Não há porque divulgar. Importa a gente trabalhar, se sustentar e ser honesto consigo e com os outros. Quando cheguei em casa, depois de happy hour com colega: me iniciou/transamos, meu irmão havia se desentendido com a namorada. Não existe fórmula pronta de felicidade. E quando se é novo, não adianta ter tal desgaste, especialmente se não for entendido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar