Deveria me assumir bissexual ou finjo para as pessoas que sou heterossexual?

desabafos de gays lesbicas bisexuais e transexuais

Tenho 21 anos e recentemente descobri que sou bissexual e decidi que quero ter relacionamento sério apenas com homens. A questão é que não sei se me assumo como bissexual ou finjo para as pessoas que sou heterossexual. Tenho medo que os homens não me levem a sério e ainda sinto vergonha pela possibilidade das pessoas saberem que sinto atração também por mulheres.

Penso em não me assumir com bissexual nunca, mas é muito difícil porque eu quero namorar apenas homens e ficar com mulheres secretamente, mas existe o risco de me apaixonar por uma mulher a qualquer momento na minha vida e o que eu vou fazer? Me sinto presa e sufocada por mentir, será muito difícil fingir algo que não sou o tempo todo, mas não tenho coragem de dizer para as pessoas que sou bissexual e muito menos me, isso me perturba muito e me deixa confusa demais, não sei como lidar com tudo isso, preciso de conselhos.

7 COMENTÁRIOS

  1. É melhor dizer pro seu futuro namorado como se sente, do contrário ele pode se sentir extremamente traído. Há, além disso nós homens sabemos quando a garota é bissexual pelo olhar. Minha ex era bi e negava até a morte, mas não conseguia disfarçar quando olhava pra outras mulheres.
    Ela reprimiu isso por 3 anos quando finalmente me traiu com uma garota numa festa, e o pior foi que eu tinha dito pra ela várias vezes que se ela quisesse experimentar uma mulher eu daria todo o meu apoio (desde que eu pudesse participar). Enfim, essa confusão dela me custou 3 anos e me destruiu por dentro por conta da traição, então se quer ter um relacionamento feliz a melhor coisa que pode fazer é ser sincera com seu parceiro.
    Além disso há também a possibilidade de você ser lésbica então descubra isso antes que se envolva com um homem e perceba que você gosta mais de mulher do que de homens, toda pessoa bi tem uma preferência maior por mais de um sexo e isso pode assustar seus parceiros.

  2. Participar às pessoas sobre as suas preferências a quatro paredes?… Mas acha mesmo que a maioria delas estaria interessada em saber disso? Eu acho que não, sinceramente. Mas você é quem sabe. De repente um ou outro ser humano se interessa e pronto, fica sabendo.

  3. Acho q vc deve parar de se preocupar com o q x ou y vai achar ou pensar e se focar no q vc quer e no que te faz feliz. Ninguém paga suas contas… Seja feliz da sua maneira sem pressão ou controle sobre nada… Só viva…

  4. “Pela boca morrem o peixe e Oscar Wilde”, Fernando Pessoa. A sociedade preconceituosa e hipócrita não merece tanta consideração. Guarde seus desejos “anormais” para vc. Se quer namorar homem, namore. Tente achar um que entenda e respeite sua sexualidade e seja discreto. Numa sociedade dominada por estúpidos e hipócritas é suicídio ser verdadeiro. Infelizmente o mundo maltrata os “heróis”.

  5. Quando você assume a bissexualidade, você estará naturalmente restringindo as suas possibilidades de relacionamento com as pessoas que te aceitam, o que de uma certa forma é até positivo, uma vez que você não perderá o seu tempo em ter que lidar com parceiros incompatíveis e intolerantes à sua realidade. Qual a vantagem de se relacionar na mentira? Acho que nenhuma né. Na nossa sociedade tem de tudo, pois você vai encontrar homens que valorizam a mulher tradicional, assim como irá encontrar os liberais, portanto isso nunca será um empecilho para você se focar nas pessoas sinérgicas ao que você tem de real. Suponhamos que algum dia você se relacione com um homem que se interessa apenas por hétero, como você imagina ter um diálogo com ele em algum momento, o fazendo aceitar esse outro lado? Logicamente ele irá se sentir enganado e poderá romper com você, possivelmente interpretando como traição. Não se esconda nunca, pois ninguém tem direitos de te julgar. Seja feliz com aqueles que respeita a sua forma de ser. Homens bem resolvidos, não irão se sentir ameaçados, por conhecer as suas particularidades. Faça disso o seu filtro seletivo, para escolher quem te merece. Detalhe eu sou uma hétero, com filho hétero, mas uma pessoa totalmente aberta e contra preconceitos.
    .

  6. Completatamente de acordo com o Morfeu. Numa sociedade preconceituosa e hipócrita as preferências sexuais de cada um só a essa pessoa lhe diz respeito. Expor publicamente o que cada um faz em privado é sujeitar- se a julgamentos e a comentários jocosos. Todos sabemos que a nossa sociedade é muito rápida em julgar as pessoas , rotular as pessoas e encaixa-las num determinado género. Você está disposto a pagar esse preço?

  7. Um dilema, digamos assim, que meu chefe passa: Casou por satisfação social, temos afetividade, mas ele se nega a viver uma relação fixa, mesmo eu indo para outro setor, o que dismistificaria relação chefe e liderado, ele cede à quem defende o estilo hetero, digamos assim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here