Desisto da faculdade!

desabafos de problemas no emprego e trabalho

Já tentei de tudo para ter uma boa profissão no mercado de trabalho, fiz vários cursos, tirei CNH D, na ultima entrei na faculdade de logística, mas na boa, 1 ano de faculdade 4 mil jogado fora e nada de aprendizado, nada que eu não descobriria no Google, alem de vários trabalhos chatos e acadêmicos que no fim não valem da nada! . Eu queria trabalhar de mecânico fazer manutenção prestar serviço, algo que eu trabalhe ganhe e pronto! penso em fazer um curso de mecânico de motos agora, mas não sei como e o mercado o salario, já estou enjoado de pular de galho em galho! quero fazer o que gosto mas esta muito longe da minha realidade.

DETALHE: já tenho 27 anos chegando nos 30 sem ser um profissional em alguma área, morando com a mãe kk

3 COMENTÁRIOS

  1. O aumento da inadimplência pelo Fies, nos últimos cinco anos, alcancou a cifra de vinte bilhões de reais de dívidas, para um total de seissento e treze mil alunos. Esse Infelizmente esse foi o legado de um governo que só se preocupou com o populismo, mas que não estruturou bases sólidas para a nossa economia, para que o mercado de trabalho viabilizasse oportunidades profissionais para os novos formandos. E o pior, para as escassas vagas, as empresas acabam priorizando os formados em universidades cinco estrelas, geralmente as caríssimas ou as públicas, dando preferência para algumas áreas específicas, como engenharia ou tecnologia. Atualmente nem o inglês fluente ou a pós-graduação, impressiona mais o empregador, pois tenho um filho formado em publicidade e propaganda em uma universidade que não é uma das do grupo de preferência do mercado de emprego, mas também não é das piores, pós-graduado em adm, esse sim me endividei muito para pagar o melhor curso do país, inglês fluente, diversos cursos de formação especializada em informática, inclusive em mídias sociais e nem assim ele consegue uma entrevista de emprego. A minha sugestão é trabalhe na área de serviços, pois foi a única que cresceu e que tem boa remuneração, aliás dependendo do que for fazer, vai ganhar bem mais do que várias funções executivas, sem ter que vender a casa, para pagar as dívidas de uma universidade, no fim ganhar menos do que um camelô.

  2. Uma outra opção é serviço público, mas vai ter que estudar muito e devorar apostilas da grossura de uma enciclopédia, pois é pura decoreba, ainda assim vai ganhar menos que mecânico, pois ele só tem curso médio. Dependendo da vai concorrer com centenas de milhares de candidatos, que estão na mesma situação que a dele, outra profissão, que por sinal é a minha é a de trabalhar como representante comercial, que dependendo do produto pode ganhar uma boa grana.

  3. Cara, tenho 27 anos também, moro com minha mãe e não vejo a hora de sair, faço uma facul que acredito que não gosto, vou me graduar apenas por desencargo de consciência futura, lhe dou uma dica, faça um curso de manutenção industrial qualquer coisa, pode ser online ou presencial, e vai faça o que gosta tipo mecânica de motos é top (eu adoro mecânica de veículos antigos, carburação e tals) talvez você faça customização, arrume as motos esportivas clássicas tipo SRAD ou as CB400 que ninguém mais quer mexer, faz umas café racer, regula a carburação das primeiras Hornets, meche nas XJ6 sei lá, trabalhe a preço de “aprendizado” inicialmente, ganhe pouco mas faça o que gosta, após ter uma profissão e dominar ela misturada com um toque de arte que você deve ter ai guardada consigo, cara nenhum lugar que você ir ficará sem emprego. se direcione que vai dar certo e tire essa ideia de Idade da cabeça. QUASE 30? faltam 3 anos, até chegar nessa idade você pode ser o melhor no que escolheu se correr atras do que realmente quer fazer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here