Problemas no Casamento

Desde que meu marido sofreu um infarto nunca mais tivemos relação

Estamos casados vai fazer 14 anos. Temos 2 filhos. Meu marido sofreu um infarto quando eu ainda nem sabia que estava grávida do meu segundo filho. E desde então ele nunca mais tivemos relação. Isso já vai para 3 anos, converso com ele que está difícil assim e ele diz que para ele também pois desdo infarto não tem mais ereção. Só que agora descobri que ele anda entrando em sites porno, inclusive já acordei as 3:00 hs da manhã ele falando com alguém pelo chat. Sendo que o mais triste é que são site de homens transando. Não sei o que faço.

Etiquetas
casamento sem sexo falta de sexo pornografia

6 Comentários

  1. Situação delicada! A leitura que faço desse caso são duas: a) Ele está experimentando diferentes formas de auto estimulação sexual, inclusive vendo pornô gay para ver se o pimbolim dele funciona, pois ele tem noção do problema dele e talvez não esteja sabendo lidar com essa situação, portanto, faz isso escondido de vc, para não se sentir humilhado b) Ele sempre foi bissexual e nunca te contou, portanto, passa algum tempo assistindo esses vídeos para tentar ressuscitar o pimbolim falecido, mas não está conseguindo ter desejo por mulher. Está mais do que na hora de vc marcar um sexólogo, para saber a real do seu marido, pois vc terá que decidir a sua vida, se deseja continuar como assexuada, partir para outro relacionamento ou sugerir para o maridão relação aberta.

  2. Minha filha acorda! Seu marido deve ser gay, se ele não tivesse ereção ele não assistia pornô. Ele não sente mais atração por você e deve gostar de homens, troca de marido. Se em 3 anos vocês já conversaram e nada mudou nunca vai mudar.

  3. Desculpe lhe informar mas seu marido sente atração por outros homens sim. E isso não é uma coisa que você deve achar normal, a não ser que vc tivesse se casado ciente disso. Já que parece que não, que você não se sente bem em saber disso, vc deve se separar sim! Vc está ai vivendo abstinência sexual, deixando de se satisfazer pra agradar ele, respeitando o problema dele e ele vai em sites pra se excitar com pornô gay? Abre o olho e vai viver sua vida, nunca é tarde pra recomeçar, se Deus te deu mais um dia aproveite isso, é mais uma chance q ele ta te dando de vc ser feliz!

  4. Sou homem hétero, casado a 15 anos. E posso lhe dizer convicto que nenhum homem com um problema de ereção , casado e que ame sua esposa ficaria a 3 anos sem procurar ajuda médica. Como vc não relatou não sei se realmente ele já procurou. Mas que circunstancia ele vê esse filme ? quantas vezes vc já ficou sabendo ? a quanto tempo… tudo isso pode mudar muito um julgamento..

    Sou de um tipo de pessoa que não julgo sem ter realmente informações convictas. Mas acusar seu marido de homossexual ou Bissexual é difícil apenas nisto que vc relata. Pois mesmo sem ereção podemos ter momentos incríveis ao lado de uma mulher que amamos… Sei que não deve estar sendo fácil para você…Mas ficar alimentando dúvidas só ira te fazer ficar deprimida .
    Eu conversaria com ele e pediria para procurar ajuda medica, seria o primeiro passo para ver se ele esta usando essa desculpa para justificar a falta de intimidade com vc.
    E quanto ao filmes gay, analise com calma, vc sabe melhor do que qualquer pessoa sobre como é seu marido, analise o comportamento dele, sair fora de horário, chegar fora de horário, se realmente existe amor em seu casamento você vai superar isso …Mas não aceite assim, pois se ele busca “prazer” mesmo que em filmes gay, sinal que morto ele não esta para vida sexual. então pense em vc tb…

  5. A questão da ereção tem forte componente psicológico. Sei que muitos cardiopatas, passam a ter problemas na irrigação sanguinea no pênis, mas o que chamamos de “babar” (liquido seminal) até com certa espessura sai, pela atração que estimula o cérebro e reflete no pênis. Póde ser que ele seja homossexual (no armário) ou bissexual, lembrando que o esfincter e a próstata reagem tanto pelo toque, como ao ver um homem pelado e excitado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar