Cunhada já vive 1 ano na minha casa, como pedir para sair?

Há um ano minha cunhada precisava de ajuda, por amor ao meu marido e pela minha filha ter oportunidade de conviver com a tia, abri as portas da minha casa.
Dorme num excelente quarto com minha filha e tem todas mordomias da casa, até carro disponível.
Ela ajuda em casa, mas não demonstra vontade de ajudar com mais nada e nem sair daqui.
Interfere na educação da minha filha, mexe nas minhas coisas, pega o meu carro sem pedir (o meu é melhor que o disponibilizei para ela usar). Por mais que tento não querer ser mesquinha, mas já não aguento ver ela esparramada no meu sofá, quando vou para sentar não dá, estou grávida e já não suporto mais.
Falei com o marido mas ele acha que não podemos pedir para sair assim.
Conheço ele, não estou a ver ele se impor nessa situação delicada e vai empurrar com a barriga.
Como falar para ela sair sem magoar meu esposo e sem causa mal estar na família? Ajudem me

Ler
Amo minha Cunhada
Etiquetas
cunhada

20 Comentários

  1. Ensista somente em falar com o seu marido até que ele dê a solução desse problema

  2. Vou te falar a real, essa situação não vai mudar. Seu esposo meio que se vê na obrigação de cuidar da irmã dele e parece que gosta disso. Por mais difícil que seja, já pensou em ver uma kitnet para sua cunhada e falar que com vocês não dá mais para morar? Se imponha no seu casamento, senão daqui uns tempos você será vista como uma empregada em tempo integral. Deus te abençoe e te oriente para tomar a melhor atitude nesse momento

  3. Que situação hein.nesse momento de pandemia não há muito o que fazer, pois o certo era ela arrumar um emprego e ir cuidar da vida dela, mas como nem emprego tem hoje, o que resta é aguardar. Mas assim que as coisas normalizarem, você como dona da casa se posicione perante o seu marido para ele mandar ela caçar um rumo, pois tudo tem limite, e o problema todo pelo visto não é por ela morar com vocês e sim por ser abusada.

  4. Difícil, quem deveria pedir sem criar um clima ruim na família é o seu marido. Tenta convencer ele ou você mesmo fala com ela mesmo criando um clima ruim.

  5. Eu acho que quando esse bebe nascer ela será muito útil, bota ela para fazer as coisas dentro de casa, ajudar com o bebe, eu botaria ela para fazer tudo que é serviço da casa e diria “nao te ajudo porque tenho que cuidar do bebe. prepara o banho dele ppr favor.. ela vai sair fora rapidinho, pode acreditar.

  6. Pense no futuro de sua família com e sem a sua cunhada, porque regras do lar tem que ser firmadas assim que alguém de fora entra na sua casa para não sobrar mal estar. Todo o ser humano ontem mal hábitos que nos incomoda, principalmente dentro do nosso próprio lar. Como a carruagem já andou muito, agora tem que haver um diálogo entre vocês três sobre tudo isso e colocar os pingos no is que nunca foram colocados.

  7. Minha mãe estava nesta mesmo situação com meu primo, quando deu um ano ela já não aguentava mais tanta folga ( isso porque a minha tia mãe desse meu primo não quis que eu passasse um fim de semana na casa deles, mas ok ) Quando deu um ano a minha mãe chegou no quarto dele e disse para ele bem assim ” Olha fulano, já faz um ano que você está aqui. Você tem que ficar com a sua mãe, tem que voltar para sua casa para terminar seus estudos e tal. Não me leve a mal você é sempre bem vindo aqui, mas sua mãe precisa de você, foi muito bom ter você aqui, mas você precisa seguir sua vida” ela foi carinhosa, educada, cortês e muito firme. Não vejo problema em dizer o que você quer principalmente na sua casa.

  8. Agora é fácil, diga que você vai precisar arrumar o quarto com a chegada do bebê e a casa é pequena. Sei lá algo assim.

  9. Tive uma situação assim com minha irmã que depois de casada já estava 7 meses conosco. Minha mãe se incomodava pela falta de privacidade até porque o quarto da minha irmã ao lado do dela. Comecei a mostrar a minha irmã apartamentos para eles escolherem. Por pirraça meu cunhado escolheu um apartamento bem antigo, deixando de lado apartamentos novos que indiquei! Pelo menos sairam. Pelo bem da criança sugiro evitar estressares e quando nascer o bebe quem sabe passes os primeiros meses com tua mãe e mostre ao teu marido se a irmã dele cuidará da casa como você cuida!

  10. Converse com seu marido e diga que terão uma conversa com ela. Marque uma hora ,por exemplo, um cafe da tarde,discontraído. Monte uma mesa ,seja alegre,sirva seu esposo e a ela. Então inicie a conversa assim: ” “fulana” NÓS gostamos muito de você e de ter você conosco,,nossa filha ama ter a tia dela aqui, mas NÓS gostaríamos de ter nosso lar somente entre nós,,ainda mais agora que vem mais um bebê. NÓS queremos saber se você tem algum plano do que fazer ,onde ir. Mas saiba que será bem vinda sempre que quiser nos visitar. ” Sugiro que fale tudo isso sem dar espaço para perguntas e não faça nenhuma pergunta para seu esposo,,semper fala NÓS e olha para ele rsrsr. mantenha a calma e seja doce. Olhe para ela com firmeza e não peça des ulpas,,nse intimide. Você tem que preparar seu esposo para a conversa e diga que está tudo bem e ele não precisa dizer nada. Seja amável com ele.. vai por mim,,tente isso,,alimente o ego deles, porque se você for agressiva,as chances de você consseguir resultado positivo,sao poucas. No final,,pergunte assim: aceita mais café?😄 Boa sorte!

  11. Querendo ou não terá que iniciar um clima ruim. Peça a ela para continuar fazendo as coisas, caso contrário, o carro não ficará mais disponível para ela. Sem o carro, o clima já vai ficar ruim. Cabe a ela sair da sua casa e tomar o rumo dela. Caso não der certo, fale com seu marido ou ela ou vc. Infelizmente tem que ser assim. Deus te abençoe!

  12. Bom acho que se você se posicionar sobre ela sair certamente seu marido vai ficar contra você por ser a irmã dele. e bom ela não pretende sair porque tem de tudo aí e não tem gastos com comida .moradia.. energia essas coisas entt ela ver uma forma de ter tudo e não gastar nada ou seja na minha concepção a saída dela da sua casa vai ocasionar uma briga com seu marido e talvez até a separação. É apenas meu ponto de vista ou seja posso está errada .. mais boa sorte

  13. você tem que ser firme e falar na cara que ela tem 30 dias para sair de casa e tem que falar com o marido escultando para ela depois não ir falar com ele para ele dar o famoso “jeitinho”. se você for ficar nessa de tentar falar de um jeito para que ela não sinta assim ou assado ela vai ficar ai “FOREVER.”

  14. Achei meio contraditório você dizer que ela pega o seu carro sem pedir sendo que depois você fala que você própria disponibilizou. Converse com o seu marido e vocês dois conversem com ela, com educação e respeito porque o mundo dá voltas e um dia vocês podem precisar dela.

  15. Passei por isso, sei muito bem o que é. Mas foi com o meu irmão, e não foi um ano, foram 10 anos. Estava passando por uma convivência tóxica, que quase acabou com meu casamento. Eu simplesmente fiquei cega ou talvez não quisesse ver o que estava acontecendo. Meu esposo e meus filhos me abriram os olhos e dei um jeito na situação. Hoje, graças à Deus, meu irmão foi embora. Mas se não fosse meu esposo eu não teria enxergado toda a folga do parasita do meu, infelizmente, irmão. Converse com seu esposo, explique toda a situação. E faça o quanto antes. Não desejo a ninguém o que eu passei.

  16. Olha, concordo plenamente com suas palavras.
    Acho que isso já passou dos limites. Ajudar uma pessoa é uma coisa, agora você dar sua casa, carro, filha e outra coisa. Seja franca com seu esposo, certeza que se ele te ama, não vai te largar porque você pediu para a cunhada arrumar uma casa e própria vida. Até porque, você deve mostrar para seu esposo que ela é uma adulta e deve ter a própria vida sem depender de vcs. Se ela fosse uma pessoa que requer cuidados médicos, seria outro assunto.

  17. A minha situação é parecida com a sua, eu moro na casa da minha cunhada já faz quase um ano também, mas no meu caso foi porque minha mãe foi morar em sitio e lá não tem faculdade e tbm não tem emprego, e como eu precisava pagar a faculdade logo eu precisava continuar no meu emprego e continuar os estudos, então meu irmão disse que eu poderia ficar na casa deles até porque eu não tinha condições de pagar aluguel e faculdade ao mesmo tempo. Esse tempo todo eu percebo que incomodo bastante mesmo ajudando em casa e ajudando nas tarefas de casa, eu percebo que minha cunhada me quer fora de lá o mais rápido, porém eu não tenho para onde ir e agora graças a Deus consegui comprar um apartamento mas ainda não está pronto. Então minha cunhada terá que me aguentar até eu conseguir me mudar. mas mesmo assim é uma situação difícil mesmo a gente se dando bem, porque eu sei que incomodo mas não tenho para onde ir no momento.

  18. nem eu saberia o que fazer como que eu vou aconselhar voce
    e quem mandou você chamar ela pra morar na sua casa
    agora vai tem que aguenta as consequencia
    quanto aos seus carros esconde as chave ue nao tem mto q te dizer só lamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar