Problemas Amorosos

Conhecendo pela primeira vez um carinha da internet

Tem esse cara que eu conheci num bate papo da minha faculdade. A gente não se fala muito bem, às vezes falta assunto, mas temos opiniões parecidas e conversamos legal. Nesse final de semana vou sair com meus amigos para um parque da minha cidade, vai ter apresentação de música e eu estava pensando em chamar esse cara para ir junto, sabe, como amigos. Estou meio afim dele, mas não sei como ele se sente em relação a mim. Penso que, pessoalmente, nosso papo possa correr bem, não sei. Antes dele saber como eu era, a gente sempre conversava em clima de paquera mas depois que o adicionei no facebook, a gente meio que esfriou. Não sei se ele não gostou de mim na verdade, era isso que queria testar ver o que ele pensa de mim. Eu tenho algumas neuras em relação a minha aparência, sou gorda e não me considero bonita assim. E, acima de tudo, sou hiper tímida, tenho medo de não conseguir falar direito com ele. O achei bem bonito e ele, mesmo vendo minhas fotos, não me excluiu, nem nada mas talvez não o tenha feito por educação. Pensei em juntá-lo com uma amiga que tenho. Ela não é bonita, mas chama bastante atenção dos homens. Ela também vai junto para essa apresentação de música. Eu pensei em fazer o teste e, reparando que ele não está afim de mim, meio que fazer eles dois ficarem juntos. Para ele não pensar que eu estava gostando dele, sabe. Pra minha vergonha não ser pior não sei. Mas só de imaginar eles juntos me dá ânsia de choro. =/ Talvez eu pare de falar com ele, acho que é o melhor que faço. =/

Um Comentário

  1. Deixe-se de tolices. Apresentá-lo a uma amiga para “refrescar” o seu ego diante de alguma rejeição, é coisa dispensável. Você não é criança que não possa sobreviver a um não.
    E se ele esfriou com você, deve deixar que ele siga o caminho que quiser. Ele pode ser casado, pode ter voltado com alguma ex., pode ter decidido ficar sozinho por agora, enfim ele tem lá motivos e talvez não desejasse comentar. Ora, permita que as pessoas sigam as suas decisões e tome as suas a respeito de si mesma, não “encurtando” as suas possibilidades por conta de um só rapaz.
    Esqueça essa ideia de convida-lo para a apresentação musical. Se afinal já notou que ele virou a parabólica noutra direção, que não a sua, por quê desejaria a ocasião de ver seu convite talvez rejeitado ou de encontrar no rapaz uma certa indiferença, caso por polidez ou por falta do que fazer naquele dia, ele eventualmente comparecesse à apresentação?
    Vá à apresentação com os seus amigos, circule por lá, esteja alegre e deixe o Destino fazer o mais.
    Relaxe. Custa o seu passeio e abra-se para novas coisas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar