Como esquecê-lo?

Passei seis anos em um relacionamento entre namoro e noivado, mas infelizmente acabou. Só que já faz um ano e não consigo esquecer, o porém é que ainda nos encontramos e ficamos juntos…O que faço? Saio de vez ou Peço a resposta definitiva para ele? Estou muito confusa pois tenho medo de me magoar com um possivel não! Como posso esquece-lo e tira-lo da minha cabeça?

2 Comentários

  • Sabichão 3 de janeiro de 2013

    A melhor maneira para esquece-lo é sair com as suas amigas e ir distrair-se! Não faça nada que se vá arrepender mas tente ocupar o seu tempo e conhecer pessoas novas

    Resposta
  • sirlene 13 de março de 2013

    Não, não há como não arriscar-se. Aliás arriscando você já está, caso ele a tenha agora somente por ex-namorada-hoje-amiga-e-que-ainda-d*-pra-ele.
    E nesse caso ele nem sonha em perguntar o que você acha disso e talvez ache que está é tudo muito ok pra você também. Sabe tipo raciocínio de homem? Ah… na cama era bom, então porque a gente ia deixar de continuar saindo pra transar, né?
    E se for isso, minha cara, você está no mato sem cachorro!… Pois pode ser que se falar ‘a seco’ com ele a respeito, ele tome um baque e recue uns 100 km de você.
    Mas a verdade é que você ainda sai com ele para manter ao menos um laço que seja, contanto que ainda tenha algo em que se apoiar para manter a esperança de que ele volte pra você.
    E é bem possível que ele não se mexesse sozinho, não. Pois se ele sai com você sem compromissos, porque se compromissaria?…
    Infelizmente já está estabelecido esse estado de coisas e você teria uma grande tarefa pela frente. Mas se gosta dele, talvez deva tentar.
    Você vai ter que jogar no escuro. Não sabe se ele já está de namoro com outra, ou inclusive se mantém contato com outras ficantes em paralelo com você.
    Vai precisar ignorar isso para ganhar ainda mais coragem.
    E não há meio-termo. Agora é guerra de morte. Por isso deve analisar muito bem se deve tentar algo ou se deve romper definitivamente com essas saídas para sexo apenas, ou mesmo continuar com ele desse modo.
    Se decidiu lutar, mãos à obra. Há muita tarefa pela frente, pois terá um gigante para derrotar: a mania dos homens de temer ‘compromissar-se’.
    Por isso mais do que nunca coloque as emoções de lado e passe a agir com a Razão.
    Pode fazer algo mais ou menos assim. Saia com ele mais umas duas vezes e, você é mulher e vai entender…, deixe-o nocauteado pra valer, mas pra valer mesmo! E após tudo, procure ficar meio calada, meio ausente e como a pensar em borboletas da China. Em seguida, sem muitas cerimônias, encerre tudo com um inexplicável mas inocente: vamos embora?…
    Ele ficará meio ressabiado vendo isso acontecer por umas duas ou três vezes em seguida quando saírem.
    Então negue o encontro seguinte alegando uma coisa bem idiota como o aniversário da sua melhor amiga do pré-primário, que reencontrou na Estação de trem a semana passada, e que ela se casou mas que já se separou e blá bla blá… Enfim encha a a cabeça dele de informações as mais inúteis, fale tchauzinho e diga, te ligo!
    Ele vai pensar: tem coisa aí. Tem romancezinho no ar…
    Mais alguns dias e telefone novamente para saírem. E promova mais uns dois encontros de nocaute pra valer, etc.
    E suma-se dele. Não atenda o telefone, responda um ou outro sms se ele enviar, mas dando quase na cara que você está escondendo alguma coisa!
    Ele deverá pensar que você está sendo de fato disputada por algum rapaz, e que está inclusive meio balançada. E o segredo aí é que ele pense que ‘ainda dá tempo dele impedir isso!’
    Ele deve procurá-la. E então é a hora da ‘sua’ conversa, num momento em que perceber que ele já está muito ansioso e temeroso que você esteja sendo cantada por outro e que pode acabar cedendo afinal.
    Diga que repensou algumas coisas e que não está sendo justa para consigo mesma e para com os seus sentimentos, pois sente que ainda pensa nele, e que não sabe se ele pensa em você. Mas que deseja de todo modo saber se ele voltaria com você, pois precisa decidir a sua vida.
    Use essa expressão: precisa decidir a sua vida.
    Ele vai pensar ‘no outro’ imediatamente!
    E então é a hora da verdade. Resta apenas ouvi-lo.
    Se ele disser ‘quero voltar’ ou ‘já estamos namorando”, ótimo. E se ele disser não sei ou disser não voltaremos, diga que nesse caso não pode mais estar ao lado dele desse modo, que ele não a procure mais e que permita que você se afaste.
    E mantenha! Pois voltar atrás aí sim é que seria acidente com perda total!
    Aguarde por mais algumas poucas semanas. Se ele não der notícias, o amor dele não era suficiente.
    É talvez a sua ultima bala, querida. Se quiser usá-la e acertar o alvo, acertou e muito que bem. E se não, ainda que de modo doloroso, tentou e ao menos ficou livre dessa situação agônica.
    Não precisa decidir nada imediatamente. Pode analisar a questão de muitos outros angulos a partir de agora para saber se deve, e como deveria, empreender alguma tomada de atitude.
    Coração de lado, Razão à frente, amiga. Você é mulher e saberia empreender uma luta com muito cuidado e empenho se o caso.
    E seja lá para o que tiver decidido, boa sorte!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *