Comecei a ter ejaculações precoces transa após transa.

Pois bem, indo direto ao ponto: não sou um expert quando o assunto é sexo. No meu primeiro relacionamento (que também é meu anterior), transei apenas 1 vez, porém, foram 40 minutos seguidos e sem gozar (tinha que ir antes de a mãe dela chegar). No meu relacionamento atual, a primeira transa estava maravilhosa, mas fomos interrompidos, mas tinha total controle da situação. (Já tínhamos transado uns minutos). Porém em todas as outras vezes que fomos transar, eu simplesmente gozei em menos de um minuto. E na última vez, eu nem precisei pôr o pênis. Eu não sei o que está acontecendo, criei até teoria de que no meu subconsciente eu tinha medo de machucar as garotas, e por isso fazia mais devagar, com calma, nervosismo, e por isso demorei. Mas nas vezes que se sucederam, eu não tinha mais esse medo, colocava mais rápido. Em resumo: estou com a cabeça bem bagunçada e não sei o que fazer. Me sinto constrangido, mal, e não tem sido bom nem para mim nem para minha parceira. O que eu posso fazer?

2 Comentários

  • RICK 30 de janeiro de 2019

    Parece que você pegou um “trauma” por ter sido bruscamente interrompido na primeira vez. Inconscientemente sua mente prioriza ejacular logo para não ter interrupção. Isso se apoia naquela teoria antropológica de que somos animais e os machos precisam propagar seus genes a todo custo.

    Resposta
  • Observador 1 de setembro de 2019

    Muitos Homens tem ejaculação precoce ou brocham ainda pela cultura da procriação: fecundar a mulher. Transa é um contexto onde preliminar é bem importante: caricias mútuas, beijo ser além de molhado e com lingua, mas sentirmos a entrega de ambos ao momento.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *