Anúncios

Caso ou não caso?

9

Estou em um relacionamento há mais ou menos 3 anos. Sou de uma família muito humilde financeiramente. Não tenho pai (ou seja, não fui registrado e nem conheci o dito cujo, nem sei se morreu ou coisa do tipo). Eu trabalhava juntamente com minha família na agricultura. Na roça. Eu, minha mãe, meus irmãos (são 4 irmãos). Eu sonhava um dia sair da roça, estudar e ter um bom emprego. Minha mãe batalhou muito para que isso fosse possível. Ela já fez de tudo para criar-nos. Já cortou cana-de-açúcar, vendeu espetinho na rua, bombons, etc.
Ocorre que, em 2004, eu com 18 anos e meu irmão com 15 e minhas irmãs e mãe, saímos da pequena cidade que vivíamos e vinhemos para uma cidade maior. Passamos muitos apertos financeiros (o que era natural, pois recebíamos o bolsa família e minha mãe costurava e eu trabalhava em uma sorveteria estudava à noite). Acho que nossa renda familiar era, à poca, R$ 200,00. Morávamos em casa nas piores condições que se possa imaginar. Vivíamos doentes. Todo esse sacrifício para tentar estudar, fazer um curso superior e encontrar um emprego bom um dia. Minha mãe queria só isso de nós realizar nosso sonho. Eu consegui ganhar uma bolsa do PROUNI para o curso de Ciências Contábeis. Graduei-me com todas as dificuldades. Trabalhava durante o dia e à noite estudava. Paralelamente estudava para concursos públicos! Meus sábados e domingos sempre foram para isso (estudar para concursos!).
Em fim, comecei a passar em concurso. E em 2008 passei em um bom concurso cuja remuneração inicial era R$ 4.600,00! Meus irmãos todos já estudavam e sonhavam!
Todos os meus irmãos seguem o meu exemplo, estudam, vivem para os estudos e pensam em mudar de vida. Hoje eu sustento meus irmãos e minha mãe. Sou o tal arrumo de família, por enquanto.
Bom, mas como eu dizia na primeira frase desse desabado, eu estou em um relacionamento a três anos. Conheci a pessoa no mesmo Órgão para o qual fui convocado no bom concurso de 2008!
Ela no início, ao conhecer minha história ficou encantada (dizia). Eu também me encantei por ela. Iniciamos o namoro. Quando estávamos com um ano e meio de relacionamento veio a conversa do casamento. Eu disse a ela que a amava e queria muito casar, mas que, no momento eu não podia, pois eu pagava o empréstimo consignado que fiz para comprar a casa na qual vivo com minha mãe e irmãos. Ela ficou furiosa, mas depois, pareceu aceitar. Continuamos a namorar, mas ela começou a atacar minha relação com minha família.
Em resumo, terminou comigo mais de 10 vezes! Passava uma semana sem falar comigo, depois vinha arrependida (dizia) e eu, por amor, voltava com ela.
O motivo sempre era minha família, pois segundo ela, eu não tenho que sustentar meus irmãos e mãe. Eles têm que procurar o rumo deles. Eu sempre digo a ela que eles estão procurando, estão estudando e todos buscam um lugar ao sol, mas que essas coisas demoram um pouco. Ela não quer entender isso.
Semana passada, terminou mais uma vez e dessa vez destratou meus irmãos, mãe e tudo! Pediu para que eu deixasse meus irmãos e minha mãe e fosse morar com ela e parasse de ajudar financeiramente aqui.
Meu Deus, como ela quer que eu faça isso? Ela ganha muito mais do que eu, é filha de pais de classe média, nunca teve qualquer dificuldade, sempre estudou em escolas particulares, não trabalhou na adolescência.
Meu Deus, não possa abandonar meus irmãos e minha mãe logo agora que eles mais precisam de mim. Quero casar com ela, mas ela não quer que eu continue ajudando aqui em casa. Se eu não ajudar como meus irmãos e minha mãe (hoje idosa e debilitada) vão sobreviver.
Implica com minhas irmãs. Diz que se sente ameaçada. Que não gosta do pessoal daqui de casa.
Eu continuo estudando para concursos (agora para salários muito bons mesmo – acima de 10 mil) e disse a ela, que quando eu passar vou poder ajudar minha família e entrar na sociedade conjugal com ela de “igual para igual”, mas ela não aceita. Não quer que eu ajude de maneira alguma.
Estamos terminados, porque ela veio e terminou. Imagino que ela vai pedir para voltar. O que faço?
Será que mesmo assim, eu devo casar? Devo deixar meus irmãos e minha mãe sem qualquer ajuda financeira e unir-me a essa pessoa?

Anúncios

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

9 Comentários

  1. Bruna Diz

    Acho que você deveria era terminar com ela. Sua família é muito batalhadora e se você é quem é hoje é graças a eles e é mais que sua obrigação ajudá-los. Ela está se mostrando fútil, egoísta e mesquinha e sinceramente? Como uma pessoa assim poderá ser uma boa esposa? Quando tu conseguir muito dinheiro, ela também não irá querer que ajude sua família e você conseguirá ser da high society sabendo que a família que te colocou no mundo e se virou para que você estude está passando necessidades? Acho até ridículo você com essa dúvida, não tem essa de sua família ou ela, ou os dois ou a família.

  2. Isa Diz

    De maneira nenhuma você pode permitir que ela “sonhe” em te pedir isso. Bote uma coisa na sua cabeça, no momento da dificuldade, dos apertos financeiros, ou até mesmo problemas seu, pessoal, quem sempre estará do seu lado, SEMPRE, pra te ajudar, te apoiar, é a sua família. AMORES PASSAM, A FAMÍLIA QUE É ETERNA. Nao vire as costas pra eles, e veja o que você mesmo disse: “Todos os meus irmãos seguem o meu exemplo” ! Lembre-se disso sempre, SUA FAMÍLIA é o que Há de mais valioso! Seus irmaos se espelham em você, e se você virar as costas para eles, isso será uma imensa decepção, até mesmo pra sua mãe que tanto fez por vocês. Passou por dificuldades financeiras, mas mesmo assim nao desistiu dos estudos de vocês, e agora que você está “estruturado financeiramente” chega uma mulher na qual fica terminando e voltando o namoro com você, e ainda tem a coragem de pedir pra você parar de ajudar sua familia! Desculpe, mas isso não é coisa que se faça. E sinceramente, acho que ela tá mais preocupada com o seu dinheiro do que com o próprio sentimento entre vocês.

  3. Cacau Diz

    Primeiro de tudo, meus parabéns! Você é um batalhador! Você é um exemplo de vida! Um exemplo para os seus irmãos e com certeza o maior orgulho da sua mãe! São pouquíssimas as pessoas que têm tanta perseverança, determinação e força de vontade como você, são poucas, meu caro. Além disso, és um cara generoso por ajudar a família e dar motivação aos irmãos mais novos a serem como você. Então sinta-se um cara privilegiado por Deus por possuir essas qualidades invejáveis e raras!
    Segundo, vamos ao seu problema.
    Bom, imagino que você deva amar muito a sua (ex?) namorada. Mas não seja cego com o que está acontecendo. Eu não sei o quanto essa moça lhe ama (e se é que ama de verdade…), mas me parece que ela não é apegada ao namoro de vocês. Me parece que ela é muito mais apegada ao seu dinheiro do que a você, pois vive acabando o namoro por você “gastar” o seu dinheiro ajudando a sua família, ao invés de te apoiar. Como mulher, ela claro que quer se casar com um homem que a dê uma segurança financeira, mas ela sabe que a sua família passa por necessidades e que você ainda precisa ajudar em casa e, mesmo assim, ela não está nem um pouco preocupada com isso, demonstrando ser uma pessoa egoísta. E isso não vai mudar. Ela sempre vai implicar com a sua família, sempre vai questionar a ajuda financeira que você dá à sua família. A verdade é que ela não tá nem aí se sua mãe ou seus irmãos tão passando fome, ela só quer casar e morar numa boa casa. Então você se pergunte agora se quer se casar com uma pessoa assim. Se sim, se prepare porque muitas brigas ainda virão. Se não, no começo você vai sentir saudades dela, mas depois arranja uma outra namorada. E que de preferência seja alguém que se dê bem com a sua família e não critique o fato de você ajudá-los financeiramente. Saiba que essa sua atitude é bela, e, se sua namoradinha implica com isso, então (na minha opinião) ela tem um caráter duvidoso. Eu acho que a sua família (sua mãe e seus irmãos) são mais importantes do que uma namorada egoísta. Boa sorte!

  4. s Diz

    Não, não deve se casar com ela. Não há sintonia na área material entre vocês. E um casamento é também um contrato que tangencia a área econômica. E você se comprometeu com os seus familiares nessa área.
    Portanto, nem mesmo você é livre para casar-se e disponibilizar os seus recursos unicamente em favor do casal.
    Além disso, a moça já deixou claro que não compreende a fundo as dificuldades da sua família e nem o seu compromisso interior para com os seus. Então ela jamais o deixaria em paz com essa história – o que o tornaria rancoroso em relação a ela e cheio de culpas em relação aos seus familiares.
    Porém, se pretende de fato se casar com ela, deve optar e saber que não poderá mais assistir aos seus parentes, ou a sua vida de casado será um inferno – o que poderá inclusive prejudicar filhos se os tiverem.

  5. Athos Diz

    Rapaz…vc ainda tem duvidas de que essa moça não é pra você, ela não te merece, espera que vai aparecer alguem na sua vida , que vai te amar e valorizar o que vc é e entender o que vc faz pela sua familia.Se já está dando poblemas agora imagina depois que vcs casarem, na minha opinião não tem nada a ver com vc tá na cara…cai fora enquanto é tempo, pois a pior coisa é o arrependimento.valeu

  6. WD Diz

    Agradeço a todos que opinaram aqui sobre esse meu momento. Tomei, hoje, a decisão. Foi difícil. Depois da data que postei esse desabafo, como eu previa, ela veio e eu não consegui resistir. Aceitei a volta. Contudo, ontem li aqui as opiniões de vocês que ajudaram-me a fazer o certo. Terminei. Deus me ajude agora. Um forte abraço a todos. Esse espaço é fundamental.

  7. Melissa Diz

    ela esta´ com voce por interesse!!!!!!!!!
    Olha só, Familia temos uma só!
    Namorada vc contra ao montes ai e melhores do q ela!

  8. Chucú Diz

    Amigo isso nem é pergunta que se faça, é claro que você não deve casar com esse traste! Puxa sua mãe deu a vida pra você e seus irmãos terem graduação para ser alguém na vida e você abandonar os que mais te apoiou para ficar com uma criatura ambiciosa e egoísta? Eu não pensaria duas vezes pra chutar essa macumba.