Apaixonado e confuso

Sempre fui uma pessoa com muita dificuldade de perceber outras pessoas interessadas por mim. Sou gay, e líder num grupo de pessoas que está se organizando agora para uma atividade política. Dentre estas pessoas, conheci um menino muito interessante. Ele é heterossexual (Segundo informações de terceiros), mas quando está comigo se comporta como alguém interessado. Em nossa primeira reunião, ele me chamou atenção. Sempre se colocando a disposição para tudo, se mostrou uma pessoa dedicada. No outro dia, liguei para ele afim de confirmar uma reunião e ele de cara acertou que era eu (Não trocamos muitas palavras – mesmo na reunião) me tratou muito bem como de costume e eis que chega o dia da reunião. Ele curiosamente me olhava as vezes. Ele ficou muito próximo de mim em alguns momentos, próximo tipo encostando em mim (com seu corpo) em situações que não precisaria. Nestes momentos eu me atentei, mas nunca passou disso. Depois deste episódio eu passei a conversar mais com ele no chat privado e ele sempre foi muito atencioso, porém não deu indícios nenhum na conversa (tirando algumas “brincadeirinhas”) de quem queria algo comigo, mas por um acaso acabamos trabalhando juntos em um evento e as proximidades se repetiram. Em uma das ocasiões, chegou um outro moço no local e eu olhei despretensiosamente e ouvi ele dizer “Pare de flertar!”, eu apenas ri. E no ultimo dia, no final dos trabalhos quando fomos nos despedir, ele soltou um “Agora me dá um beijo na boca!” eu apenas olhei e ele disse “Brincadeirinha”,. Porém, nos outros dias seguintes nos encontramos e foi bem normal. apertos de mão distantes, conversas casuais. então não sei se eu quem estou pensando errado, se ele é meio indeciso ou se tem chances de rolar algo.

Etiquetas
apaixonado confuso
0 0 votar
Avaliar Desabafo
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Julinho
2 years ago

Chega junto e testa ele, ele já fez isso com você mas provavelmente ficou em dúvida. Agora tenta você e faz o mesmo com ele

Whz
1 year ago

Exatamente! Está na cara ne

Botão Voltar ao topo