Acabei me tornando o que sempre temi.

Talvez se espelhar demais em outras pessoas ou em princípios seja algo extremamente perigoso. Hoje vejo em mim, o reflexo de tudo aquilo que sempre lutei para não ser, e acredito que esse tenha sido o meu erro. Sabe aquela velha história do “você acaba atraindo para si aquilo que mais teme”?
Cresci em uma família de pessoas boas (para os outros), pois cada um tinha um defeito incrível e um dos mais perigosos, que é aquele de ser uma pessoa que se auto sabota. Acho que o egoísmo consigo mesmo é sim uma coisa que se aprende. Eu aprendi. E hoje, me sinto cada vez mais infeliz. Tentando sempre driblar os passos errados dos meus pais, e das experiências próximas, que acabei me colocando em uma situação de perfeição, e isso é péssimo, ninguém é perfeito. Ninguém. Nada me agrada, tenho afastado cada vez mais os poucos amigos que tenho, a vida amorosa nem se fala, sempre foi horrível. E só aumenta a sensação de fracasso. Já me disseram que é pelo fato de me cobrar demais e não me dar o tempo necessário para que as coisas aconteçam comigo. Tentando tanto esse sucesso pessoal, talvez tenha colocado metas muito altas e difíceis de serem alcançadas. Estou me sentindo uma pessoa fracassada em todos os sentidos da vida, e com apenas 22 anos, eu me vejo como um ser humano ranzinza e toxico.

Um Comentário

  1. Às vezes penso da mesmo maneira que vc. Perdi MT dinheiro recentemente por não manter a mente aberta. O que tenho para falar para você é o que falei para mim. Podemos Recomeçar. Avaliar nossos erros. Esquecer as perfeições e só curtir por alguns momentos. Podemos sim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar