22 anos e estou sozinho

Tenho 22 anos e sinto me sozinho, estou no trabalho 10 horas por dia, sendo que trabalho 5 dias por semana e as vezes 6, fico o dia todo no trabalho e quando saio não sei o que fazer.
Não tenho amigos com quem sair, não tenho namorada com quem sair, não consigo fazer nada com esta vida de trabalho mas não posso largar o trabalho porque tenho coisas para pagar, estou num ciclo horrível da minha vida e penso que se não aproveitar agora que mais tarde vou ficar sozinho e solteiro como alguns colegas meus de trabalho que têm 40 anos e moram sozinhos no seus apartamentos, eu não quero essa vida mas também é complicado sair a noite sozinho

Ler
Minha mãe sempre pega no meu pé com minhas escolhas
Etiquetas
sozinho

7 Comentários

  1. Falta a você um encontro contigo e com as pessoas à sua volta. Com o tempo você entenderá que nada é mais importante que a gente ser por si: pagar as próprias contas, ir às compras e comprar o que quiser comer e vestir. Desde o porteiro do prédio, colegas, vendedores, transeuntes, são várias as pessoas que interagimos. Logo, onde existe solidão?

  2. Você pode tentar retomar amizades antigas que se perderam com a chegada da vida adulta, tentar se aproximar de pessoas do trabalho e sair com elas a fim de conhecer outras pessoas nessas saídas. Se nenhum deles der certo é importante colocar na balança o que vale mais apena a saída complicada ou a solidão.

  3. Procure comceçar uma atiividade em grupo no tempo que têm livre, por exemplo faça um esporte como karatê ou uma outra luta, ou aprenda um instrumento musical, dança. você será inserido em uma atividade social e fará amigos.

  4. “Se te é impossível ficar só nasceste escravo”, Fernando Pessoa. Tenha medo de más companhias. Muita gente se agarra a companhias ruins por medo de estar só. Aprende a ler. Violão. Pedale. Pratique esportes. E busque companhias satisfatórias. Caso contrário, fique só.

  5. Já pensou em fazer uso das vantagens da modernidade,tipo Tinder e outros aplicativos?

  6. Primeiro você tem que se encontrar consigo mesmo, temos que aprender a gostar da nossa própria companhia primeiro, faz uma caminhada na rua, vai ao cinema, teatro, ou algum lugar que você goste, só para sentir que você não precisa de ninguém para se sentir bem e feliz, quando você entender isso com certeza vai ser mais fácil encontrar companhias que te façam bem, e se puder fazer uma terapia seria bom, as pessoas tem vergonha de terapia mas todos deveriam fazer, as vezes a rotina nos deixa sem ânimo mesmo, boa sorte.

  7. Tenho 56 anos. Trabalhei em escritório de frigorifico por 32 anos.. posso afirmar que minha vida é igual a sua, e aliás.. as vezes ficava 10.. 20.. 1 dia inteiro. trabalhando seguido.
    é cansativo. Más compensa. Foi a melhor época da minha vida. realizei meu sonho de comprar um carro, então nos momentos livres que eu tinha (sempre era um domingo) eu saía comigo mesmo, de carro para algum lugar que eu gostava.
    Ia nos postos de gasolina e ficava falando com os frentistas e comendo algum salgadinho barato..
    Ficava tocando conversa fora.. e esse era o ciclo.
    Paguei para receber amor algumas vezes. não me arrependo disso. Más também não me orgulho.
    Como eu vivia viajando de cidade em cidade, e ficava 1, no máximo 2 anos, Trabalhando em um frigorifico (eu tirava as férias do pessoal) eu não conseguia ter muita relações com as pessoas.
    minha dica é a seguinte..
    Saia. Não precisa ser acompanhado.. vai você mesmo, sozinho.. se conheça melhor.. ande na ruas com os fones ouvindo alguma musica dahora.. ande de bike no final do dia. ame mais você do que ame os outros. quando você ver.. vai ser feliz sozinho.
    ser sozinho não é uma escolha errada. nem muito menos uma coisa ruim..
    é tudo questão de perspectiva. tudo depende do jeito que você encara as coisas que você considera “ruins” na sua cabeça.
    o preço da inteligência é a solidão.
    Faça dela, sua melhor amiga. e sua melhor professora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar