COMPARTILHAR
problemas familiares

Eu odeio minha enteada, me dou muito bem com meu marido mas quando o assunto é essa garota sempre acaba em brigas! Ela é igual à mãe que é interesseira! Só liga para pedir coisas e dinheiro e eu nunca posso dar opinião, ele atende prontamente aos desejos dela e ela já tem um gosto refinado quando vamos ao shopping pede as coisas mais caras da loja sendo que não temos condição, quando meu marido ficou desempregado pagou 6 meses adiantado de pensão porém passou esse tempo e ele não conseguiu emprego então a mãe dessa santinha fez um acordo verbal, o que não se deve confiar mas enfim corria tudo bem, a minha enteada pediu uns ténis caríssimos desses coloridos berrantes ridículos o qual a mãe dela tinha negado categoricamente, mentiu para o pai dela dizendo que estava até passando fome! O coração mole foi lá e comprou (ele sempre me consultou antes de comprar qualquer coisa e dessa vez não me consultou) quando a garota chegou em casa com o ténis proibido a confusão se armou e a mãe dela veio no outro dia em casa fazendo escândalo e disse que ia coloca-lo na justiça pela pensão, eis que veio o processo num valor exorbitante e não tínhamos dinheiro e ele foi preso por 30 dias! Por isso eu odeio as duas!

23 COMENTÁRIOS

  1. casei com uma pessoa que ja tinha uma filha, sinto em lhe dizer mas meu problema é exatamente essa criança.
    hoje ela tem 10 anos e é insuportavelmente nojenta, nao come nada que faco sempre faz gracinha …quando casei com pai dela ela tinha 5 anos ja me provocava horrores usando maldita mãe dela contra min.. tudo ela usava ..ate mesmo um comercial idiota.. tudo ela colocava mãe dela no meio .. claro ki eu sabia ki que era um meio dela fazer me provocar.
    mas infelizmente tenho sangue quente que nem larva… não tenho paciência com nada minha vontade sempre foi de fazer algo ruim contra ela. tipo arrebentar na pancada!!!!
    ela com 10 anos me provoca coloca pai dela contra min!!!! e faz minha filha de gato e sapato.
    depois de um tempo quando percebi ki ela não eria mudar com minhas inúmeras tentativas de ser AMIGA DELA,eu me cansei e comecei jogar como ela…
    ela me provocava eu fazia msm …jogo tudo que é delano lixo o ki seja mais valioso para ela .
    ela nao me obedece nao ajuda em casa nao gosta de banho nãos gosta de estudar .. a vida dela é ficar deitada e assistir e comer assim como mae dela vagabunda…… bom você deve estar se perguntando o que meu marido faz diante de tudo isso … simples ela nao faz nada!!!!!!! ele fica em cima do muro..
    mas quando ele decide escolher um lado é o dela, ela chorou e pronto ele morre por ela . e claro isso me consome plenamente de ódio.
    como pode ver esta claro ki isso nunca vai dar certo.
    mas eu e meu esposo somos muito ligados um no outro… temos uma amor tao grande que essas brigas não nos afeta. e é ai ki eu estou enlouquecendo.
    essa enteada esta com pai porque mãe nao a kis quando menor …hoje claro que com meu surgimento enfrentamos uma briga a 3 anos no tribunal com ela.eu daria tudo para ela ficar com essa menina , mas meu marido nao quer.infelizmente. eu amo demais meu esposo , mas filha dele é uma grande inpecilio na minha vida.eu não falo com minha cunhada e minha sogra por essa criança fazer cabeça deles.
    claro ki não sou nenhuma santa.. mas nunca fiz nada para que fosse tao necessário essas atitudes dela.
    eu nao gosto dela, e nao damos certo. o que devo fazer?
    minha vontade é que ela va embora com mae dela o qunato anttes e me deixar viver em paz .

  2. Eu tenho uma que uma peste moro com meu marido tem 3 anos e mulher é uma PRAGA literalmente. Detesto ela a pudesse eu mataria esse demônio que só veio na terra pra me infernizar.

  3. Minha enteada me trata muito bem. Me respeita, me trata com atenção, me dá presentes. Eu me preocupo com ela, lembro das datas e também a trato bem. Vendo assim, não há nada de errado em nossa relação, exceto por uma coisa: a presença dela me deixa doente. No início, achei que fosse ciúme de ambas as partes, procurei terapia e descobri que não se trata disso. Também não sei explicar. Depois de 3 ou 4 dias eu adoeço. Literalmente. É como se houvesse algo me exaurindo. Então quero fugir, ficar longe de casa. As brigas acabam acontecendo entre eu e meu marido e até já pensei em me separar. Ela nos visita todo mês, então, meu casamento sofre todo santo mês. Não sei mais o que pensar, a quem pedir ajuda. Não a odeio como li em muitos relatos, gosto dela e me preocupo, mas simplesmente não consigo ficar perto dela. É terrível. Durante a estadia dela eu tento não pensar nisso, tento fazer coisas legais e propiciar ao meu marido todas as coisas boas que ele não pôde fazer com a filha. Presto atenção para dar a ela exatamente o mesmo tratamento que dou aos meus próprios filhos, mas há algo que me deixa muito mal. Passo a sentir dores, a ficar deprimida, a ter pensamentos ruins. É algo realmente horrível.

  4. Acho que de todas aqui,eu sou a mais louca!!!
    Isso mesmo,louca,é assim que me sinto,me sinto doente por detestar a filha do homem que mais amo na minha vida!pois ela tem apenas 3 anos,a conheci com 2 anos de idade e estamos juntos a 1 ano e 9 meses,casados a 1 ano.
    Pois em todos os relatos eu percebo que as enteadas são grandes e fazem coisas para merecer a antipatia das madrastas mas..no meu caso,eu repito pra mim mesma todos os dias..meu Deus,ela é só uma criança,uma criança esquisita mas ainda assim só uma criança.
    Quando ele fala em querer a guarda meu mundo desaba..quando ele apenas toca no nome dela,eu fico agitada…e o estranho é que ele tem dois irmãos e ambos são casados e as esposas tmbm não suportam essa criança. ..sinto que muitas pessoas não gostam da menina e meu marido tmbm começou a perceber que quase ninguém gosta da filha dele..ele está muito triste e eu fico com muita pena dele..ja implorei a Deus pra tirar esse sentimento horroroso do meu coração mas eu não consigo. .só quero distância dessa criança e mais nada,eu não proibo ele de ir ver a filha..ele vai vê-la toda semana e paga uma excelente pensão a ela..mas quando se trata de eu ter que estar perto e conviver eu morro por dentro..
    Ela é estranha,não se comunica com as pessoas,come umas 400 gramas de doce por dia,toma banho quando quer,tem um cabelo mal arrumado e horroroso, é boba e só dorme no meio dos adultos,só come o que quer,só veste o que quer, foi pega pela própria mãe se “masturbando” com um pedacinho de pau usado pela mãe para fechar a janela..Já me falou algumas vezes que não gosta de mim e deixa isso bem evidente,pois sequer olha na minha cara,não me dirige a palavra e eu vou procurar um psicólogo para me ajudar a entender como eu devo me posicionar diante desse sentimento horroroso que sinto por essa menina que não consigo nem pronunciar o nome direito. Preciso de ajuda,o que eu faço?

  5. Eu também passo pelo mesmo problema. Tenho uma enteada de 12 anos que se faz de santa na frente do meu marido e pela costas fala mal da gente pra mãe dela. Consegue mentir descaradamente na frente de todos e quer se achar dona de toda situação. Meu marido paga pensão em dia e sempre vem a mãe dela reclamar que ele pode dar mais sendo que ele também tem outras obrigações para pagar. As duas gostam de se aparecer com as condições dos outros e ainda por cima tenho que aturar que minha enteada fique sexta sábado e domingo na minha casa a cada 15 dias. Todas as vezes que isso acontece ela fica so observando eu e meu marido conversando sobre vários assuntos e conta tudo pra mãe dela que e uma desocupa da vida pois nem essa filha quer criar já pediu pro meu marido pegar a guarda da menina mas ele disse que não pois sabe que eu tbm não quero. As vezes tenho vontade de sumir quando fico sabendo que no fim de semana ela vai estar na minha casa. Já me informei com outro advogado pra saber se e possível ela visitar so no domingo e não ficar 3 dias dormindo na minha casa ele disse que parece que e possível e vai me da uma resposta. Peguei um abuso da cara dessa criatura mentirosa e falsa. Por mim não quero saber dela.

    • Eu tambem tenho uma enteada com 11 anos, e entro em panico a data 15 dias, a minha com essa idade é pura inveja. Meu casamento vai muito bem mais a cada 15 dias entra em crise ate as 18 horas do domingo.

  6. Sei bem o q é isso meu marido tem 2filhas uma com 13 e outra com 19,é muito complicado ,a relação se desestrutura total quando elas estão por perto,e mesmo ele estado ciente do caráter delas sempre se esforça para acreditar que elas mudaram e estão bem intenvionadas ,mas no fim é sempre uma decepção ,a mais velha mente compulsivamente sobre tudo,ao ponto de várias pessoas perceberem a necessidade de um psiquiatra,porém meu marido continua dando crédito ela bebe e tem uma vida sexual bastante ativa,mas perto do pai se comporta como se teses 10 anos até a voz muda a outra tbm está indo no mesmo caminho se veste com micro roupas e já tem corpo é jeito de mulher,ao ponto de tds comentarem que uma menina de 13 anos aparente ter 16,as duas não tem higiene nenhuma e quando estão na minha casa fica visível o desleixo ,outra questão é financeira as duas acreditam que são ricas e além da pensão constantemente querem coisas caras,já briguei muito e quase me separei do meu marido,mas entendi q esta situação não terá fim e se eu o amo de verdade terei que ser inteligente e estratégica,estou sempre disposta a ajudar de bom humor,mas desmascarando elas,fico mal por ele e por ter q ser sonsa ,mas tem dado certo e elas não estão conceguindo ter razão pois me tornei alguém amável e preocupada,e finjo q é um prazer estar com elas,mas se deixam algo seja ou mentem de maneira gentil sinalizo,digo olha meu amor vc já é uma mocinha não pode deixar o box sujo quando estiver menstruada e ensino gentilmente como limpar na frente do pai

  7. Moro com meu marido , tenho um filho e ele uma casal, porém minha vida está se tornando um inferno. A garota de 19 anos e porca,mal intencionada, preguiçosa, e quer tudo! Além de ter problemas de desvio de caráter e ainda tenta me agredir fisicamente…Só por Deus pra eu continuar aguentando. Meu marido me disse ontem que eu tenho um bom trabalho e se não estiver contente posso ir embora. Confesso que isso me magoou muito. Acho que ele não gosta de mim por ter falado isso.

    • Bom dia, Dani!!! Estou passando pelo mesmo que você está passando!!! Convivo com uma enteada, que tem 12 anos, é problemática até por demais do que você citou em seu comentário!! Eu me meu marido, pai dela, já brigamos muitos por causa deste fato. As coisas estão acontecendo e indo de mal a pior pelo comportamento dela, que é semelhante ao de uma criança de 05 anos, incluindo ao mesmo todos os atos que tal criança age. Já pensei até em separação porque não aguento mais esse inferno em que estou vivendo!!!! Ela tem mais 02 irmãos: uma de 15 anos e um garoto de 06 anos…Agora, quanto ao teu caso, poxa vida,Dani…Ela tem 19 anos??? E agindo com um comportamento deste??? Por perdão da palavra, além de todos estes problemas que ELA causa entre vocês, ele deveria ser menos inescrupuloso, egoísta,desumano, de não compreender a tua não aceitação dos fatos…ele deveria(se ele te ama de verdade), conversar com você, trocar idéias de determinadas atitudes tomarem e NÃO deixar que tudo ”desande” assim…Te confesso pelo mesmo que para mim vem acontecendo e estou por ”um fio” para pedir a separação…Um conselho: Não prejudique também a sua saúde pelo que está ocorrendo…O mundo têm pessoas ruins e de punhado…Mas Deus faz justiça para quem segue a vida corretamente…e justiça boa para o seu lado!!! Uma ótima semana pra você e boa sorte!!!!

  8. Eu odeio minhas 3 enteadas porem a mais nova de 24 anos é a pior. Ela mente compulsivamente pras todos e principalmente pro pai. Todo ano que vai pra faculdade e ele manda dinheiro todo mês pra ela pagar e adivinhem.. ela nunca nem colocou a bunda na faculdade. Isso vem ocorrendo por 3 anos. Todo ano as mesmas mentiras. O carro dela sempre ta quebrado pra arrancar dinheiro do pai, ela nao para em trabalho nenhum pois sempre chega atrasada e é demitida. Fede feito um gambá pois não toma banho, fuma e bebe feito uma louca. Graças a Deus moramos em cidades diferentes mas toda vez que nos encontramos é uma lamentação da vida.. do mundo.. Nao sei mais o que fazer pra essa praga sair de nossas vidas. Infelizmente se eu amo meu marido terei que aceitar, mas ja estou me cansando. Quando vem nos visitar me trata como lixo, como empregada. Eu peço pra nao fumar dentro de casa e ela apaga o cigarro nos meu moveis, olhando na minha cara e rindo com aqueles dentes sujos. Que odio que me dá, que vontade que eu tenho de pegar um pedaço de pau e quebrar ele todo na cara dela.

  9. Eu odeio minha enteada de 9 anos….odeio mesmo….faz da minha vida um inferno..nem a mae a quer ja ligou para dar para o meu marido varias vezes e eu falei q jamais…mentirosa…invejosa…falsa…tenho uma filha de 4 anos a qual ela faz de trouxa…briga com ela o tempo todo..pega os melhores brinquedos da minha filha qdo vai em casa e deixa a minha com os piores….inventa situaçoes só para q eu brigue com o pai…me pede toda hora para comprae coisas pra ela….igual a mae interesseira pois a mae só visa dinheiro nao pára em emprego ê casada e tem um filho de 2canos o marido é um doce e nem assim para de atormentar nossa vida.
    Meu marido acha q pq minha familia tem condicoes ele precisa dar mais pra outra do q pra minha…aí eu pego mais odio ainda…tenho nojo…tive sindrome do panico e crise de ansiedade de tanto odio…faço terapia…mas parece nao melhorar…ela tem um olhar mau….nao sei se vou suportar…me dou super bem com meu marido..mas esse estorvo me incomoda demais…e agora q estamos nas ferias entao 15 dias direto só a base de remedio pra suportar essa desgraçada…Tenho uma filha e fico muito preocupada por ela crescer perto de uma pessoa de tanta má índole…pois ela tem…a mae curte botecos..empurra os filhos pra casa de parentes nao dá educaçao…e na minha casa o ritmo é bem diferente….Deus me ajude…

    • Olá Vic.
      Infelismente estou na mesma que vc. Mas meu caso é ainda pior.
      Minha enteada mora comigo a 1 ano, e desde então minha vida é um inferno! Ela tem 8 anos.
      A mãe dela é uma pessoa desestruturada, mulher da vida, tem 6 filhos e todos eles ela doou. Fez o mesmo dessa vez.
      Ela veio passas as ferias do ano passado com o pai, e desde então a mãe não a quer mais.
      No começo fiquei feliz pois vi nisso uma forma de me livrar da mejera da mãe dela. Mas as coisas mudaram.
      Estamos em uma briga na justiça, pois agora a mãe quer ter direito de visitar a menina… Meu pesadelo não tem fim.
      Ela é falsa, mentirosa e preguiçosa. Estou em um ponto que não consigo mais nem sequer olhar na cara dela, já nem nos falamos mais….
      Meu marido e eu sempre nos demos muito bem, mas ultimamente isso esta interferindo em nosso casamento. Esta nos abalando. Já pensei ate em morar em casas separadas….
      Não sei até quando conseguirei manter esta vida. Eu o amo muito, mas ela esta destruindo nosso casamento…

  10. Tenho uma enteada,e nao sei o que acontece tem dias quem nem ligo se ela ta em casa ate sinto falta,mais tem dia que nao suporto de jeito nem um nao vejo a hora dela ir embora logo , e que a mae dela e bem folgada axa que a gente tem que ficar com a menina a hora que ala quer e nao e bem assim mais minha relacao e bem bipolar hoje to bem amanha nao suporto sera que isso e normal

  11. Deve ser bom desabafar Como preciso disso estou casada a 8 anos … Tenho 3 enteados ..mais um o mais novo Ta dificil .veio morar conosco depois de aprontar com a Mae com 16 anos bebe muito fuma ..outra queria Morar e casar com uma garota ..veio pra mim casa desde entai acabou cmg .mente tanto Para o pai .. E Toda vez que ten to alertalo dadmentiras da briga .. Estou sofrendo muito e a peste feli

  12. Gente, tenho uma enteada tb e a odeio. Tento não dá vazão p esse sentimento tão cruel q tenho por esta peste, mas confesso q Dsd q casei, há um ano e dois meses, minha vida tem sido um caos por conta dessa praga na minha vida, me dou bem com meu marido, mas não sei se é o suficiente p aturar essa vida por mto tempo.

  13. olha minha querida ,passo por esse problema a 10 anos ,a´t macumba a minha enteada ,digo a peste ,fez pra mim separar do pai dela..a mãe dela é um amor de pessoa ,tem um marido que fala a mesma lingua que ela,digo é companheiro de copo ,de balada e boates da vida.. enão me enche o saco é tudo paz e amor…mas a peste faz chantagem com o pai ,dorme o dia inteiro,com 19 anos de idade,troca a noite pelo dia ..não faz nada pra ajudar a mãe nem dentro de casa..já falei pro meu marido não dar mais nada pra ela,,só se ela fizer alguma coisa na vida tipo um curso ..e ele sabendo disso da dinheiro, presentes e manda ela mentir pra mim que não esta dando nada…só que quando eu descubro o barraco tá armado..já pensei em dar-lhe o pé na bunda ,mas não posso dar esse gostinho pra ela..pq eu e o pai dela nos amamos e sabemos que vamos sofrer..ele tenta contornar a situação ,dizendo que mente pra eu não brigar com elel..mas me sinto traida por ele,resumindo tomara que essa peste dos infernos arrume um namorado rico pra banca-la e suma da nossa vida

  14. Como já disseram aqui, ele tomou uma bela invertida e agora deve começar a lidar com mais isenção em relação aos pedidos da garota, da mãe, em relação à pensão, etc. E se a lição ainda não foi completamente aprendida, deixe que o tempo se encarregue disso.
    E não fale a respeito. O silêncio às vezes vale mais que do mil palavras em certos casos.
    Quanto às duas, prepare-se. Elas não vão desistir. Seja fria em relação a elas para não prejudicar o seu casamento. E qualquer opinião que o seu marido vier a pedir a você, diga demonstrando interesse cauteloso algo como “talvez seja interessante consultar o advogado a respeito antes de tomar alguma decisão.”
    Mas isso apenas se ele pedir a alguma opinião sua.

  15. Querida, o problema não é a menina adolescente que gosta de fazer compras com o dinheiro do pai. Ela é adolescente, e adolescentes gostam de comprar essas coisas mesmo. Como não têm dinheiro, o jeito é ter que pedir aos pais. O verdadeiro problema é o seu marido que não consegue se controlar e acaba dando tudo o que a menina pede. Tente conversar com ele COM CALMA e tranquilidade, dando a sua opinião, expressando o seu ponto de vista e se oferecendo a ajudá-lo no que for preciso para o bem de todos. Diga que sabe que ele ama muito a filha, mas que não pode ficar fazendo todas as vontades da menina, pois o dinheiro é pouco e existem outras prioridades maiores do que um tênis da moda.
    Já que ele está desempregado, encoraje-o a ir procurar algo pra trabalhar, afinal de contas ele tem uma filha e uma mulher que precisam da ajuda financeira dele.
    Fique calma, não se estresse com a filha do seu marido. Pelo contrário, tente ficar amiga da menina e tente conversar com ela, explicando a situação financeira difícil que o pai está passando. Se quer que o problema seja resolvido, então faça alguma coisa também, não fique aí só reclamando. Beijos!

  16. Olá menina nossa que coisa” boa” desculpe meu desabafo mas é muito confortante saber q não é sou eu q tenho este problema ….eu tenho 2 enteadas td mulheres já td maiores com suas próprias vidas ,mas não deixam de atormentar a vida do meu marido financeiramente logico pq amorosamente raramente se quer ligam p ele p dar oi heheh ele esteve adoentado mês passado pensa q elas foram algum dia no hospital ??? muito capaz nem se quer um telefonema .. e semana passada veio uma delas dizendo q quer ajuda do pai p custear a lua de mel dela …. olha minha amiga eu sempre soube da existência destas pestes ,não é fácil não conviver com pessoas assim desumanas movidas pelo dinheiro sem nenhum caráter e nenhum tipo de humanidade ,porém eu agora mãe de 2 filhos dele não me deixo mais entrar e muito menos compartilhar estas brigas fúteis deles ,,, no começo me ariscava a participar mas agora eu não nem ligo o dinheiro é dele as filhas também então nada posso fazer a não ser tentar alerta-lo que ele cada dia esta contribuindo para elas se tornarem estas pessoas q são malvadas e sem coração e isso eu não posso deixar de dizer p ele tipo abrindo os olhos dele eu digo p ele q o dinheiro não traz felicidade não compra amor carinho então a minha parte é essa falar com ele mostrar oq ele esta fazendo e em relação aos meus filhos td dia é uma batalha p mim poder educar e ensina-los q a vida não é feita de coisas materiais e muito menos movidas a dinheiro coisa q a ex não ensinou a suas filhas eu como mãe faço a meus filhos eles tem 3 aninhos gêmeos peq ainda mas nunca quero q eles sejam nem de longe igual aquelas pestes … não se envolva amiga deixe ele ver como são as coisas ele por si vai ver e vc fica de fora e ganha mais admiração por ele …

    • Eu também estou na mesma situação minha entrada tem 15 anos e é a cópia da mãe dela duas mejeras não aguento mais me dou super bem com meu esposo mais quando ela está perto sinto vontade de sumir até ela ir embora … Ela é dicimulada fingida da até nojo não sei o que faço pra ela não ter que vir na minha casa ..

  17. A lição que ele recebeu não há de ser esquecida. Pois apesar da raiva que sente, ele precisava disso a modo de aprender a lidar mais astuciosamente com coisas dessa natureza e não por meio de remorsos ou de culpas, nem tampouco e sobretudo sem antes cercar-se das devidas garantias documentais.
    Não comente mais sobre o episódio, pois o silêncio reforçará a reflexão que ele certamente fará a respeito.
    Quanto às pessoas da ex e da garota, o contrário e um contato mais polido é que seria coisa de espantar. Portanto, não há aí novidades, amiguinha. E já sabendo disso, há de ter uma ‘visão de cima’ quanto a possíveis episódios semelhantes no futuro: ‘guerrinhas de nervos’, informações truncadas, recados ‘arrevesados’, enfim as conhecidas ‘armações’ que mãe e filha de comum acordo, por meio de combinações explícitas ou não entre elas, poderão promover a fim de, frustradas que são ambas, interferir no novo casamento do seu esposo. Deverá manter diante disso a maior isenção emocional possível sempre, a modo de administrar com sabedoria e esperteza as defesas que precisar empreender.
    Deixe o seu esposo um pouco fora dessas contendas. Bem entende que agora é ‘de mulher para mulher’ e que deverá estar preparada emocionalmente, revestindo-se da isenção necessária.
    Seu trunfo é que a esposa agora. E que ‘entre quatro paredes’ quem reina agora é você. Portanto tem muito a seu favor. O resto é saber agir e deixar de agir e/ou calar e falar , tudo na hora certa e do modo certo.
    Se a garota é interesseira, assim como a mãe, não poderá mudá-las. E nem se de a tal trabalho. Vá antes fazer as unhas e prepera-se para receber seu esposo à noite! E não tente proteger o dinheiro dele, querida. Uma parte disso o seu esposo muito provavelmente cede por ‘culpas’. E isso somente o tempo pode fazê-lo enxergar (ou não).
    De toda sorte o que interessa é que arrancam o dinheiro, mas o homem não! No seu leito ele fica e é o que conta!
    Deixe que se vão os anéis, pois os dedos ficam, compreende?

  18. Primeiro que este ódio não irá te levar a lugar algum, segundo, o seu marido tem a responsabilidade de garantir o alimento da filha. No momento recomendo se afastar das duas para não alimentar a sensação de ódio, com a cabeça mais fria converse com o seu marido sobre a atitude do tênis e pondere que as próximas decisões devem ser tomadas com bom senso e sensatez. Ore a Deus para que retire este ódio em seu coração, pois qualquer dia destes você poderá tomar uma atitude que se arrependerá pelo resto da vida.

DEIXE UMA RESPOSTA