Desconfio da minha namorada

Desconfio da minha namorada

COMPARTILHAR

No dia 14 de Fevereiro me apareceu em casa a minha namorada com a qual tenho 1 filho, nos saudamos no quarto e sem levar tempo ela me diz: Amor recebi um 1 presente, 1 fio de ouro, minha mãe ofereceu-me porque papa comprou para ela e não a serviu e então ela passou para mim, lindo nem? E consigo ela trazia uma pulseira que disse ter comprado no mesmo dia que recebeu o presente. Estranhei. No dia seguinte telefonei para a mãe para explicações, e a mãe me confirmou que sim ela é que ofereceu, e eu não falei da pulseira. Fiquei com duvidas e calei a boca. No dia 20 de Fevereiro quando cheguei em casa voltando de trabalho, ela estava se arrumando para ir a escola, eis que me pede para coloca-la os brincos de ouro novinhos, eu aceitei, mas ela não me contou nada da aquisição de tais brincos. Voltou da escola, só perguntou-me se estava chateado ou zangado e eu disse que estava normal como sempre, e ela não disse as razões daquela pergunta. E de la ate hoje não me diz nada sobre os brincos. Será que devo perguntar ela? De salientar que ela vem me falando que o seu ex esta forcando-na para voltarem juntos e que ela não o aceita, e também fala de outros pretendentes que a pressionam. Será que ala esta cedendo para algum deles? Porque será não diz nada sabendo que sou ciumento e ate discutimos por causa do fio? Será que deixo o tempo passar para apurar a veracidade das suspeitas? Será que existe gato, ou ate é possível que a mãe tenha mentido para mim para proteger a filha. Peço ajuda.

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O ciúme que exagerado passa pra doença. O diálogo é o remédio mais efeicaz na resolução de conflitos amorosos. Por isso converse sempre e tal como um dos nossos amigos ja comentou acompanhe ela nos lugares que frequenta. E claro não deixe de aprecia-la

  2. Não adianta ficar supondo.Ou deixa as coisas acontecerem naturalmente e vê no que dá, ou vai em busca da verdade.Contrata um investigador particular…É brincadeira, é claro. Mas tente estar mais próximo dela, acompanhá-la nos lugares que ela frequenta, quem são as amizades dela, os “fura-olho” que a rondam.Sei lá! Ás vezes não é nada, ás vezes é tudo.
    E não seja tão desconfiado, ou neurótico , confie no relacionamento de vcs.Claro que sempre é bom estar de olho aberto, isso é inteligente da sua parte.Mas se exagerar , vai acabar magoando quem vc ama.Então veja se suas desconfianças tem mesmo fundamento.
    Tenho uma amiga que diz: “Meu marido tem o sonho de ser corno!” Porque de tanto ele ficar paranóico com esse negócio de traição, parece que ele não vai se aquietar enquanto não ser traído. Só um conselho…

  3. Você tem um filho com ela. Não seria bom que estalecessem a paz a modo de vivenciarem o relacionamento de vocês de modo sadio e consequentemente beneficiarem à criança?
    Esqueça os fios de ouro, as pulseiras, os brincos, os anéis, as jóias da mãe dela, da avó, ou seja lá de quem forem os tesouros. Se a mãe resolveu presentá-la, que há demais nisso? Se ela guardava alguma jóia que antes não usava, que mal há em usá-las agora?
    Seja como for, você procedeu mal, meu rapaz. Não acreditou na garota e telefonou para fazer perguntas a parentes.
    Creio que a sua atitude de telefonar para apurar os fatos deixou revelado que as reputava liminarmente mentirosas, à sua namorada e à mãe dela, o que sempre parece muito ofensivo em relação a qualquer mulher, em especial quando presentes tais como jóias estão envolvidos.
    Meu amadinho, jóias não querem dizer traições, que podem ocorrer gratuitamente como sabe.
    Quanto aos pretendentes que a sua namorada afirma possuir, ela procede talvez com infantilidade em falar a respeito, tentando talvez valorizar-se por conta disso. E além disso, a auto-estima dela talvez não seja das melhores caso ela precise sempre ter ou falar que é por demais cortejada. Mas são aspectos mutáveis em qualquer pessoa: pessoas amadurecem, a auto-estima pode melhorar sempre. Ela deve ser jovem e precisa amadurecer com o tempo. Seja paciente. A escolha foi sua, você a escolheu.
    Converse com ela moderadamente a respeito, dizendo que não é adequado mencionar pretendentes e/ou notá-los. E como homem, usará de sabedoria e de bom-senso ao falar sobre um tema que ela pode não gostar, pois resvala na maturidade e na auto-estima dela.

DEIXE UMA RESPOSTA