Apanhei a minha filha a masturbar-se

Apanhei a minha filha a masturbar-se

COMPARTILHAR

Ontem a noite quando ia a passar no corredor ouvi um zumbido que vinha do quarto da minha filha de 17 anos e por curiosidade abri a porta para ver o que era. Qual não foi o espanto quando reparei que o barulho era de um vibrador e que a minha filha se estava a masturbar! Ela parou logo e gritou “MÃE SAI”.
O problema foi que mal fechei a porta o zumbido voltou! Como hei de lidar com isto? Será que a minha filha está viciada no vibrador? Ela teve numa relação durante um ano com um rapaz e eles passavam muito tempo fechados no quarto dela mas isso acabou e há meio ano que não anda com ninguém e pouco sai de casa, tenho muito medo que ela esteja a ficar viciada no vibrador!

COMPARTILHAR

27 COMENTÁRIOS

  1. Tenho 15 anos e estou grávida você quer isso para a sua filha? Minha mãe nem sabe disso e estou com medo de contar quanto você ta preocupada com vibrador? Antes masturbar-se com o vibrador do que grávida ou drogada.

  2. Olha amiga masturbar com vibrador não vicia ninguém, alias é muito saudável que a mulher conheça seu corpo e na idade dela mais ainda . Imagino que seja constrangedor encontrar filha nessa situação mas acredito que você seja madura o suficiente para superar essa situação e seguir em frente com naturalidade.

  3. Minha senhora, não seja igual a minha mãe que implicava comigo porque achava DVD´s pornô no meu quarto. Nessa idade os hormônios realmente estão a flor da pele. Não é uma coisa raciocinável querer parar ou não. É um instinto que vem de gerações e está longe de acabar, a senhora deveria saber disso. Como disseram, é melhor elas estar atingindo o orgasmo via brinquedos eróticos do que via pênis que podem passar doenças e ainda engravida-la. Da próxima vez bata na porta e se ver alguma coisa finja que não viu nada.

  4. Eu também peguei a minha filha a masturbar-se foi um choque, não via a minha filha como uma mulher mas sim como uma criança. Depois de apanhar ela se masturbando tive uma conversa com ela de educação sexual e foi muito esclarecedor com ela.

  5. tenho 14 anos e sou sim viciada, eu assumo, tenho uma necessidade enorme de me masturbar, com todo o que vejo e que me interessa! Vou te dar um conselho, não deixe sua filha viciar, pois só quem é viciado sabe o tanto que é difícil para largar , eu estou a 24h sem me masturbar , mais estou quase indo de novo, não deixe isso acontecer com sua filha!

  6. Olá,

    Acho normal sua filha se masturbar, afinal ela esta na fase de se descobrir sexualmente, e os hormônios ( ah estes hormônios) estão à flor da pele como disse a Annalu.
    É importante que você respeite a privacidade dela, porém um diálogo sobre sexo com ela também pode ajudar. Ela esta sexualmente ativa e com a cabeça cheia de duvidas eu presumo. Nada como ela ter esta liberdade com a mãe para esclarece-las. É importante você conversar com ela sobre gravidez e DST. Talvez nada que ela não saiba, mas não custa reforçar. Afinal sexo é bom, mas tem que ser seguro!!!!

    Abraço

  7. Olhe! Se eu fosse mãe, ia fingir que esse episódio não aconteceu porque está mais do que na cara que as duas ficaram constrangidas.
    Mas em todo caso, a sua filha tem 17 anos, e ela está com os hormônios à flor da pele. É natural que queira conhecer seu corpo e experimentar os prazeres do sexo! Claro que esse tema é meio polêmico, mas pense assim: pelo menos ela não está fazendo sexo escondida com um menino por aí, de qualquer jeito, sem nenhuma proteção. Não tem como ela pegar uma doença venérea ou engravidar, certo?
    No mais, uma coisa posso te dizer: a tua filha terá uma vida sexual saudável e satisfatória quando tiver um parceiro: essa prática de “reconhecimento” do próprio corpo auxilia muito na hora do sexo a dois, pois ela vai saber do que gosta e do que não gosta.
    Muitas mulheres com parceiros fixo há anos não sabem o que é um orgasmo pois nunca tiveram um na vida: nem com o parceiro, e nem sozinhas. Ela está no caminho certo.
    Pergunte a ela se está com alguma dúvida sobre sexo, e enterrem o assunto! Finjam que não aconteceu que é melhor pras duas!
    Espero ter ajudado! Fique com Deus! :)

  8. Quem dera todas as adolescentes tivessem o equilíbrio de sua filha… não tá com vagabundo e sim se controlando até achar alguém que a mereça… é difícil aceitar mas é certo…. ame sua filha… você deve sempre amá-la e respeitá-la..

  9. Deixe a sua filha se masturbar é natural na idade dela precisa de se satisfazer sexualmente e por mais teve uma relação com um rapaz durante um ano você diz que passavam maior parte do tempo fechados no quarto dela não sabe se tinham relações sexuais e agora que acabou ela sente falta do rapaz deixe satisfazer se ela precisa

  10. Normal né-Hoje em dia tem meninas de 10 anos fazendo sexo já com homens é homens mais velhos do que elas- não se preocupe com ela
    enquanto estiver em casa estará bom mais se passar disso caso seja com um homem dentro de sua casa ai e diferente.

  11. Ah não tem mal algum ela estar viciada em vibrador, é bem melhor do que está viciada em drogas ou bebidas … e pense pelo lado bom, ela não está por ai transando com qualquer cara !

  12. Esquece isso, ela tem 17 anos ja sabe o que que.
    se ela no momento não que sentir prazer com um homem, mas sim com um vibrador, se conhecer melhor dexa ela
    pode ter certeza que um dia isso passa

  13. Meu deus, quantos comentários absurdos!!!! Sua filha tem 17 anos, é super normal que se toque, assim ela está se descobrindo, descobrindo seu próprio corpo…
    converse com ela, o diálogo é a melhor solução, os meninos de 15, 16 e 17 anos se masturbam todos os dias e mais de uma vez por dia, e nem por isso são ninfomaníacos…
    É um preconceito muito grande e um machismo também, deixe ela se masturbar, apenas diga pra ela fazer isso na hora certa, e que não deixe ninguém na casa perceber o que ela está fazendo, peça que ela seja mais discreta… espero ter ajudado…

  14. sem maldade, o vibrador foi feito exatamente para isso, [quando a pessoa namora quase todos os dias elas fazem sexo, se ela esta solteira bem provável que ela vá sentir falta de sexo! Agora você estar se descabelando por tão pouca coisa? Meu a sua filha está certa, melhor ela ta se satisfazendo com o vibrador, do que sair por ai abrindo as pernas para um e para outro e depois ficando mal falada…

  15. Eu tenho 27 anos e me lembro bem como foi minha adolescencia… também gostava muito de me mesturbar, não vejo mau nisso, essa faze passa. Não é só menino que tem essa nescessidade. Relaxa Mae.

  16. se prefere que a sua filha se masturbe ou pegue uma dst ou fique gravida? só porque vc pegou ela se masturbando allgumas vezes não quer dizer que ela é viciada.Minha recomendação para a senhora é que: não entre mais no quarto da sua filha sem bater,e você tambem vá se masturbar um pouquinho.

  17. eu tenho 16anos e ja me masturbei ja tive medo de fica viciada pois tuda noite me masturbava, exeto nos dias que descia pra mim…. mas aprendi a me controla, nao vou negar foi muto dificil, mas nd q precsasse de uma internaçao… nessa idade o hormonio grita. Deixe sua filha pelo menos ela nao tem chance de ter dst ou gravidez

  18. olha, sua filha é um a adolescente :/ é normal que ela se masturbe..
    mais isso é uma privacidade que voce tem que permitir a ela..
    a vida sexual dela tambem.. muitos jovens teem vergonha de contar pros pais… porisso só oriente ela.. por que se ela tiveer que te contar alguma coisa e sentir confiança em vc ela vai te contar..

  19. vicio de vibrador é muito normal, ela esta simplesmente a explorar as área de prazer sexual,seria pior se ela transasse com qualquer garoto que aparecesse na esquina cara deixa a rapariga, o que tens que fazer é conversar com ela alerta-la acerca da vida adulta que ela terá que enfrentar, e das doença sexualmente transmissíveis que existem por ai. cuida bem da tua filha…

  20. Preferia que sua filha fosse viciada em drogas? Deixe lá ela se masturbar que isso não tem mal nenhum! É perfeitamente normal ela explorar a sua sexualidade. Ao menos não anda na cama com qualquer um sem protecção!

DEIXE UMA RESPOSTA