par perfeito

Conflitos religiosos

Desabafa > Desabafos Femininos > Problemas da Vida > Conflitos religiosos

Estou muito confusa, eu era de uma religião desde os meus 15 anos, era uma doutrina maravilhosa que me fazia muito bem,
minha mãe pertence a essa mesma religião, acontece que meu namorado ao qual me relaciono a quase oito anos é de uma outra religião desde criança, só que ele não frequentava, ano passado ele começou a ir novamente, eu fiquei com muito ciúmes, pois ele dedicava muito tempo a ela, acabou que eu acabei entrando para a religião dele, que não segue os mesmos valores e princípios que eu acredito, mas agora que eu entrei não sei como dizer que não quero mais, e também parece que depois que vc se torna membro é difícil sair, também sei que vou sofrer rejeição, dos amigos e etc… enfim não sei o que fazer

Respostas (5)

  • yse

    sinto que ele e testemunha de jeova sai dessa minha filha ele tem que te amar independente da religião

  • claudinha

    Vou te falar uma coisa, eu sou de uma religião e meu marido de outra ambos somos evangélicos, mais é difícil conviver assim, e neste momento quero muito ficar gravida fico pensando pra onde meu filho vai, ele não me obriga a ir e eu também não, mais é muito difícil já vou falar ou você sai da igreja e termina o relacionamento ou ele vai para sua, porque minha amiga é complicado demais você casar ele ir em uma e você em outra, eu não gosto nada e acho que MEU MARIDO vai mais para agradar a família dele, tudo vai desencadeando uma sessão de problemas, vocês se amam entrem em acordo se não você vai viver como eu um martírio. Eu sei bem o que estou falando, converse com ele e outra coisa salvação é individual vá aonde você se sente bem.

  • Naty

    Defenda o que vc acredita.Sempre.Nao faça o que os outros querem que vc faça,so para agrada-los.Nem Jesus agradou a todos,que dira vc.Quem gosta de vc,te aceita e respeita tuas decisoes independente de qualquer coisa.

  • dorinha

    Querida, nem porque está num determinado lugar, fará o que ‘se manda’ alí. Apenas um ato de ‘não fazer’, já é uma opção.
    Acho que deve pedir ao seu namorado que, em contra-partida, frequente também ele a sua Igreja, já que você vai à dele. E com o tempo quem sabe ele não se afeiçoa mais à sua Congregação.
    “A mulher santifica o homem e o homem à mulher”, nos diz a Palavra. Portanto não tema frequentar a igreja dele, apenas ore a Deus pedindo licença para ir até lá e forças para não se comprometer alí.
    Não se esqueça de que Cristo ia aos ‘doentes’ e nem por isso adoecia ou adotava o que eles pensavam. E embora a Palavra nos advirta para que nos afastemos da ‘malignidade’, bem sabe que não estará você indo à igreja dele por desejo, mas até mesmo por dever cristão.

  • KeVy*

    FLORR SE VOCE ENTRO PARA RELIGIAO DELE PORQUE SENTIA CIUMES,E AGORA QUE VOUTAR PRA SUA,ENTAO E MELHOR VOCEE CONVERSA COM ELE POR QUE VOCEE NAO TA INDO NESSA RELIGIAO DE CORAÇAO E NAO TA SE SENTINDO BEM LA..BJAOO*

Deixar uma resposta

Não são aceites comentários que ultrapassem o limite de caracteres ou utilizadores com vários nomes.
Aviso
O conteúdo que estás prestas a ver pode ser considerado ofensivo ou inapropriado. Poderá ser necessária autorização por parte de um adulto. Se não tens mais de 18 anos ou és facilmente ofendido/a clica em Sair.